Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.

Artigos Sobre a Saída do Egito

Artigos Sobre Pêssach

Pêssach é um feriado judaico de origem bíblica com oito dias de duração. Marca o nascimento dos judeus como um povo há mais de 3.300 anos, e também seu surgimento como nação, sob a liderança de Moshê (Moisés), devotada a cumprir a vontade de D'us…

20 fatos Sobre o Êxodo Que Todo Judeu Deveria Saber
O feriado judaico de Pêssach celebra o Êxodo do povo judeu do Egito, no ano 2448 (1313 AEC). Todo ano, os judeus se reúnem à mesa de jantar – se possíve…
Por Que Derramamos Vinho no Seder de Pêssach?
Um costume que remonta aos primórdios do século 11 é derramar vinho durante o seder de Pêssach…
Os Últimos Dois Dias De Pêssach
What and How We Celebrate
O sétimo e oitavo dias de Pêssach são celebrados como feriados, Yom Tov, encerrando a celebração de uma semana que começa com o primeiro Seder…
Abrindo a Porta para Eliyahu HaNavi
Tenho poucas lembranças da comida, (certamente não era uma grande comilona), mas o que me marcou muito era a hora da visita de Eliyahu HaNavi...
Pitadas da Hagada
Dê a todos algo para dizer
Quinze explicações curtas e suculentas para acompanhar o seu Seder.
Moshê foi expurgado da Hagadá? 10 Abordagens
Why isn’t Moses part of the Haggadah’s Exodus narrative?
Kezayit
Kezayit; quanto é isto?
Guia do Viajante em Pêssach
Você decidiu passar Pêssach longe de casa? Talvez esteja viajando com a família indo para outro local, num hotel ou resort. Seja qual for a razão, as dicas a seguir e as orientações haláchicas o ajudarão a sentir-se em casa...
E Lembrarás,Todos os Dias de Tua Vida
Ben Zoma entendia que quando a Torá diz para relembrar a história do Êxodo “todos os dias da sua vida”, significa que você tem de mencionar isso toda noite, e não apenas pela manhã...
Uma Porta Para o Inconsciente
O sétimo dia de Pêssach é marcado pelo evento importante – popular até na cultura moderna – que ocorreu nesse dia há 3328 anos: a Abertura do Mar Vermelho...
A Mitsvá Comestível
Matsá é mais que um alimento, é a maneira pela qual revivemos o Êxodo. É também a única mitsvá que podemos realmente comer e digerir. Segundo a Cabalá, a matsá...
49 Passos Para o Nosso Refinamento
O que você esperaria que crescesse num campo não cultivado? Espinhos e ervas daninhas. Seria um milagre se crescesse uma plantação aproveitável. Se uma loja for deixada sem ninguém atendendo, o estoque pode ser...
Transformando Imperfeições
Pêssach nos lembra do grande evento histórico que tão firmemente nos uniu a D’us, o Criador do Céu e da Terra. A liberdade da escravidão no Egito, enviada pelo Céu, foi um preâmbulo e preparação para o próximo grande evento...
Quatro Perguntas Para o Corpo e Para a Alma
Eu nunca tinha imaginado que o Seder tinha uma estrutura tão rica, profunda e espiritual. Portanto agora, ao nos aproximarmos de Pêssach, eu gostaria de desafiar você e outros a ajudar a mim e a outros a ter o melhor da experiência...
A Longa Caminhada até a Liberdade
Há 3.300 anos, um grupo de escravos foi libertado e começou aquilo que Nelson Mandela chama de "A Longa Caminhada até a Liberdade".
15 Etapas para a Libertação Interior
O Seder de Pêssach é uma oportunidade que nos dá o poder de acessar a liberdade em nossa vida pessoal e coletiva. Consiste de um programa intenso de quinze passos, um projeto para a libertação psicológica, emocional e espiritual.
Terminando o Trabalho
Quem de nós não possui antepassados que morreram ou assistiram perecer parentes no holocausto? E quando em seu coração você escutar o clamor deles indagando: "Então, meu filho, valeu a pena?" Qual será sua resposta?
Por que mergulhar o carpás (vegetal) no seder?
Ótima pergunta! De fato, em um nível básico, é exatamente por isso que mergulhamos – para que você faça a pergunta “porquê?”
Um Só Povo
Contam que em 1954, Ben Gurion visitou os EUA para se reunir com o Presidente Eisenhower. Em um de seus encontros o então Secretário de Estado, John Fuster Dulles…
A Ciência da Sobrevivência Judaica
Há mais de três mil anos, um grupo de escravos judeus foram libertados do Egito. Desde então, nessa época do ano, revivemos sua história em Pêssach, a Festa da Liberdade...
Por que o Mar se Abriu?
Uma lição sobre por que os judeus precisaram viajar através do Mar Vermelho
Como podemos acessar este reservatório de potencial? Como o nosso mar pode ser terra seca? Há somente uma maneira. E sabemos disso pelo encontro no Mar Vermelho.
Sobrevivendo a Pêssach no Gulag Siberiano
Foleh Kahan estava cumprindo uma sentença de três anos pelo crime de “atos prejudiciais contra o Estado”. Isso, no entanto, era um libelo. A verdade era que ele era um judeu religioso que tinha cometido o”crime” de guardar seu Judaísmo...
A Matsá Mágica do Maharal
Em vez de “pão da aflição”, o Maharal classifica a matsá como “pão simples”. Desprovida de aditivos, preservativos, nem adoçantes; é apenas farinha e água. A palavra oni, literalmente “homem pobre”, é comparada a esse tipo de pão, pois a pessoa empobrecida nada tem exceto o absolutamente básico.
Meditações Místicas sobre a Keará
O Seder de Pêssach é repleto de significados revelados e ocultos. Segue um breve resumo da dimensão mística da travessa do Seder, a keará.
Convidados Indesejados
Antes de mais nada, tente lembrar-se de que esta não é uma reunião social ou uma festa. É um Seder de Pêssach e uma ocasião para você, sua família e amigos se reunirem para comemorar e relatar nossa história como escravos e o miraculoso êxodo do Egito.
O Homem Matsá
Na Cabalá, o você espiritual é o verdadeiro você, portanto é feita uma forte ênfase em desinflar o ser superficial a fim de permitir que o ser mais profundo aflore para brilhar.
Seja coerente em seus princípios
A Torá nos adverte a não trazer a oferenda pascal enquanto ainda possuímos chamêts. Isto ensinou um princípio vital aos israelitas em vias de ser libertados e seus descendentes: Não tente manter ideologias mutuamente contraditórias.
Ira Divina: A Torá é Um Livro Violento?
Temos o direito, não a obrigação, de desafiar D'us por toda experiência sofrida que passamos. Ao mesmo tempo lembrar que se não houvesse vida não haveria morte. Sem júbilo não haveria sofrimento.
Você é Um Quadrado ou Um Círculo?
A verdadeira humildade leva a pessoa à verdadeira grandeza.
Na Cabalá existe até uma metáfora do “quadrado dentro do círculo” e do “círculo dentro do quadrado”, porque o linear e o circular da existência estão interligados em um todo sem fim.
A Consciência da Liberdade
Por que os filhos se rebelam?
Durante 3.300 anos, a cada vez que Pêssach chegava, uma nação teimosa estava determinada a reviver a liberdade. Sob os olhos vigilantes da Inquisição, no Arquipélago Gulag de Stalin, até no Gueto de Varsóvia, você podia ouvir a mesma pergunta sendo feita todo ano: “Por que esta noite é diferente de todas as outras?” E a resposta : “Porque nesta noite fomos libertados!”
Multiplicando as Pragas
…e como os seres humanos afetam seu meio ambiente
O mundo inteiro fora de você foi projetado como palco para o mundo dentro de você. E o mundo dentro de você foi projetado para transformar o mundo fora de você. Os dois nasceram num só pensamento do Criador. E assim, os dois estão intimamente ligados.
Curando Um Povo Dividido
Tributo ao 110º aniversário do Rebe
A parte maior da matsá pode estar ausente da nossa mesa do Seder, mas é o nosso Aficoman; nossa matsá pode estar dividida, mas ainda somos uma matsá. Milhões de judeus podem estar ausentes da mesa do Seder, mas eles jamais serão esquecidos. E o mais importante, não podemos concluir nosso Seder se não trouxermos de volta o pedaço maior da matsá que foi levado da mesa do Seder.
Uma Escravidão Chamada Liberdade
Entrelaçado na magnífica tapeçaria de símbolos, costumes e cerimônias do Sêder de Pêssach está o insuperável tema da liberdade...na realidade, a ausência de escravidão em si não cria uma condição de liberdade...
Uma Experiência Única
As pessoas compartilham coisas, idéias, histórias, experiências – tudo que faz parte da aventura de ser uma pessoa. É por isso que fico um tanto descrente assim que as pessoas começam a dizer: "Você sabe o que há de único em nossa fé, que ninguém mais tem?"...
O Êxito do Êxodo
Pêssach é um feriado judaico de origem bíblica com oito dias de duração. Marca o nascimento dos judeus como um povo há mais de 3.300 anos, e também seu surgimento como nação, sob a liderança de Moshê (Moisés), devotada a cumprir a vontade de D'us...
Livros que Revolucionaram o Mundo
Suponho que cada um de nós tenha seus próprios candidatos para livros que nos mudaram e nos ensinaram a ver o mundo de maneira um pouco diferente...
Meu Faraó de Plástico
Pêssach está chegando. Logo estarei sentado à mesa do Sêder com a família e amigos, quando surgirá a mesma pergunta de todos os Dias Festivos: "O que estamos celebrando? Por que estamos todos aqui?"...
Escravidão Mental
"E se D’us não tivesse tirado nossos antepassados para fora do Egito, nós, nossos filhos, e os filhos de nossos filhos ainda estaríamos como escravos do faraó no Egito" (Hagadá de Pêssach)
Uma Luz Sobre os 4 Filhos
Todo ano, fazemos o Sêder de Pêssach. Todo ano, temos os Quatro Filhos fazendo suas perguntas. Todo ano, o Filho Perverso faz a pergunta amarga no Sêder e recebe uma resposta desagradável. Por que ele não aprende?
No Deserto, Tudo Dava Certo
A história de Pêssach é bem conhecida: o povo judeu era escravo do Faraó no Egito... Moshê (Moisés) o libertou da servidão para receber a Torá no Monte Sinai... e, após quarenta anos no deserto, entrou na Terra Prometida...
Uma Mensagem de Liberdade
Adaptado de uma carta do Rebe – 11 de Nissan de 5713
Com a aproximação de Pêssach, podemos novamente rememorar aquele grande evento no alvorecer de nossa história. Nosso povo foi libertado do cativeiro egípcio a fim de receber a Torá como homens e mulheres livres...
Caçadores de Liberdade
Entendendo muito bem a psicologia humana (óbvio, pois Ele a criou), D'us jamais deixou a tarefa de tirar o exílio de nossas psiques inteiramente em nossas mãos. Ele construiu determinados estágios no ano que nos tiram de nossas restrições ao tirar nossas restrições para fora de nós.
O Nasi
Costumamos celebrar a inauguração do Tabernáculo a cada ano, através da leitura, em cada um desses doze dias, de versos da Torá, que descrevem as ofertas de Nasi do dia.
A Humildade de Moshê
Moshê estava cuidando do rebanho de seu sogro. D'us revelou-se a ele numa sarça ardente no Monte Horev (Sinai) e instruiu-o a libertar os Filhos de Israel.
A Abertura do Mar
De repente o mar estava diante deles, e os exércitos do faraó estavam fechando o cerco atrás. O Egito estava vivo e o mar, também, parecia alheio ao destino da nação recém-nascida.
Este Ano em Jerusalém
Os atos de bondade que fizeram nascer Jerusalém a sustentam até o dia de hoje. Ao contrário de qualquer outra cidade, ela representa um estado de conscientização ao qual todos podemos aspirar.
Abra a Porta
Liberdade é algo que todos almejam na vida...
Chamêts e Matsá
É em virtude do singular ato de redenção que somos obrigados a servir D'us e cumprir Seus Mandamentos.
Sentaremos Aqui Amanhã
Se os jovens não tiverem abertura, amanhã poderão não estar mais aqui...
Reflexões pós Pêssach
Minha própria escolha seria a história que os judeus em todo o mundo leram na noite de Pêssach, a história do Livro do Êxodo que conta como nossos ancestrais, há 33 séculos, foram libertados da escravidão e começaram aquilo que Nelson Mandela chamou de "a longa caminhada até a liberdade"...
Você Tem Medo de Si Mesmo?
Toda a história e mistério do Judaísmo começa na Torá com o seguinte episódio: “D’us disse a Avraham: ‘Anda de tua terra e da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que Eu te mostrarei. E farei de ti uma grande nação."
Tripla Inspiração
A inspiração chega em todos os formatos e tamanhos. Há algumas semanas, durante um farbrenguen no Chabad do Norte de Nevada, Rabi Shlomie Chein que estava nos visitando contou a história de um cocheiro que pensava ter um emprego mundano, sem inspiração...
A Síndrome do Nilo
O Profeta Yechezkel descreve o faraó (famoso por causa de Pêssach) como "o crocodilo gigante que agachado em seus rios, proclama: ‘Meu rio é meu, e eu fiz a mim mesmo…’
A Síndrome do Faraó
É fácil ser pejorativo sobre o faraó quando se considera o assunto superficialmente. Aqui ele vê uma nação inteira sendo guiada por um pilar de fogo sobre o chão do mar transformado em terra firme, entre duas paredes de água que se comportam como muralhas de pedra – até Indiana Jones teria de pensar duas vezes…
Limpeza da Primavera
Ao tentar nos equiparar com nossos vizinhos, todos desejamos ter a casa mais limpa e mais impecável para Pêssach. Mas talvez estejamos nos esquecendo de algo mais importante... Devemos nos lembrar que estávamos e ainda nos encontramos no estado de Galut.
O Mundo Não é Cor de Rosa
A lição que eu espero que você esteja gradualmente assimilando é que quando vítimas estão sofrendo, aqueles que podem ajudá-las têm a obrigação de fazê-lo.
A Longo Prazo
Quando há esperança no coração...
Aproximar Jovens Distantes
Os jovens se alimentam de amor, apoio, compreensão e...respostas.
Não Vamos Passar por Cima
Há importantes lições a serem compreendidas e "passadas a limpo".
Você, Sob Medida
Quem está satisfeito com suas conquistas espirituais está condenado a cair de nível...
Pós-Pêssach
A mensagem que nos acompanha o ano inteiro
Mas o Sêder é apenas o início. É como se estivéssemos ali… A esta altura, o passado e o presente se juntam num desafio às categorias normais do tempo. O serviço do Sêder não é só recordação, mas principalmente renovação.
O Presente da Identidade
Platão escreveu que a virtude é conhecimento, e a ignorância é a fonte do mal. Para os judeus, no entanto, a fonte primária do mal é a perda da memória, não a falta de conhecimento.
Habilidades Comunicativas da Hagadá de Pêssach
Aprendemos que toda aula deve terminar com a afirmação de um relacionamento de boa vontade entre professor e aluno, uma harmonia que é mais profunda quando fundamentada em uma prévia troca de elogios e feedback positivo.
Conte a História
O Seder de Pêssach é uma oportunidade que nos proporciona a energia para acessar a liberdade em nossa vida coletiva e pessoal. Consiste de um intenso programa com quinze etapas, um projeto rumo à libertação psicológica, emocional e espiritual.
Derramar Vinho
Por que é costume derramar um pouco de vinho enquanto as Dez Pragas são mencionadas?
Punição
embora os egípcios estivessem apenas cumprindo a Vontade Divina a fim de que os judeus tivessem que suportar exílio e servidão, mesmo assim, a razão pela qual foram punidos é que cada indivíduo egípcio foi culpado de sua opressão pessoal aos judeus.
Os Dez níveis
As três matsot, os seis símbolos e a própria travessa do sêder somam 10 elementos no total e representam as 10 sefirot (níveis cabalísticos), através das quais a luz Divina será revelada no mundo.
Por que Milagres Não Acontecem?
"Por que a gente vê tantos milagres acontecerem na saída dos judeus do Egito, e hoje, nenhum?"
O Poder da Fé
A fé é mais forte que o ato de "ver"; se encontra em um nível muito mais elevado que a simples visão.
Farinha e Água
Ambos chamêts e matsá são feitos de farinha e água. Entretanto, o chamêts cresce, simbolizando uma atitude de egoísmo inflado e orgulho exagerado.
Amor Mútuo
D'us sempre se orgulha das virtudes do povo judeu e o louva, e o povo, por sua vez, sempre louvou a grandeza de D'us. Rabi Levi Yitschac de Berdishev dá um exemplo disto através da forma distinta como D'us e seu povo referem-se à festa de Pêssach.
Liberdade no Passado e Presente
Em cada geração uma pessoa é obrigada a considerar-se como tendo realmente saído do Egito.
Uma Mensagem de Liberdade
Adaptado de uma carta do Rebe – 11 de Nissan de 5713
Pêssach, assim, é um processo contínuo de auto-libertação. A festa e suas práticas são símbolos de um conflito constantemente renovado num judeu: criar a liberdade de viver seu potencial espiritual.
Sobre Piolhos e Homens
Com certeza, D'us está nos eventos que, aparentemente para desafiar a natureza, chamamos de milagres. Mas Ele também está na própria natureza. A ciência não desaloja D'us, mas O revela, de maneiras ainda mais intrincadas e maravilhosas, o projeto da própria natureza.
Deixando o Egito
Extraído de “Keeping in Touch”, adaptado das obras do Lubavitcher Rebe.
Cada um de nós tem uma alma que é "uma verdadeira parte de D’us". Este é o âmago de nosso ser, nosso verdadeiro "eu". Mas encontramo-nos no Egito, pois há forças, tanto externas quanto internas, que nos impedem de fazer contato com este potencial espiritual e dar-lhe expressão.
Esta página em outros idiomas