[email protected], por Rabino Yossef Zukin

Dia 24 de Tevet é a data do Yahrzeit (aniversário de falecimento) do primeiro Rebe da Chassidut Chabad, Rebe Shneor Zalman

Após uma visita à cidade de Shklov (onde ele tinha ido por causa da controvérsia entre os Chasidim mais antigos e seus oponentes), o rabino Shneor Zalman de Chabad decidiu voltar para casa. Seus opositores conspiraram para atirar pedras no Rebe quando ele partisse.

Quando os Chasidim ficaram sabendo deste plano reuniram-se para decidir sobre o que fazer para proteger o Rebe. Um deles, um jovem de 18 anos de idade, forte e robusto - chamado David, levantou-se e declarou que iria acompanhar o Rebe e certificar-se que nenhum mal se abateria sobre ele.

Quando chegou a hora de ir embora, uma multidão raivosa e armada com pedras cercaram a carruagem do Alter Rebe de maneira ameaçadora. O jovem David, em defesa do Rebe, arrancou uma árvore do chão e encarou o grupo ameaçador: "Eu vou matar qualquer um de vocês que se atrever a levantar a mão contra este Tsadik sagrado" ele rugiu. A multidão recuou, acreditando totalmente que iria cumprir sua ameaça. David então acompanhou o Rebe até os limites da cidade, sem serem molestados.

Assim que se encontraram fora da cidade de Shklov o Alter Rebe saiu da carruagem, disse para o rapaz, "David! Você realmente foi responsável por salvar minha vida. Você viverá até os 120 anos!"

Um século mais tarde, um dia antes de fazer 120 anos de idade David chamou a Chevra Kadisha, a sociedade funerária. Embora fosse um homem muito idoso, ele ainda desfrutava de boa saúde. Juntos, ele e seus convidados fizeram um Lechaim para celebrar a vida e seu aniversário.. No dia seguinte, em seu 120º aniversário, David entregou a sua alma ao Criador.


Nota biográfica:

Rabino Shneur Zalman [18 Elul 1745- 24 Tevet 1812], um dos principais discípulos do Maguid de Mezeritch, é o fundador do movimento Chassidut-Chabad. Ele é o autor do Shulchan Aruch HaRav e do Tanya, bem como muitas outras grandes obras, tanto na lei judaica como de ensinamentos místicos.

*"Uma História para Viver" foi traduzida livremente com permissão do Rabino Yerachmiel Tilles - Tsfat - Israel