Um chassid que já fora rico e tinha perdido toda sua fortuna foi ver Rabi Shneur Zalman de Liadi.

"Se D'us escolheu afligir-me com pobreza," lamentou ele, "aceito o julgamento Divino. Mas como pode aceitar o fato de que não posso pagar minhas dívidas? Que sou incapaz de juntar o dote que prometi para minha filha que logo irá se casar? Nunca falhei em meus compromissos. Por que o Todo Poderoso está fazendo isso comigo? Por que está me causando tamanha humilhação?

"Rebe!" gritou o chassid. "Preciso pagar minha dívidas! Preciso dar o que prometi para minha filha!"

Rabi Shneur Zalman sentou-se com a cabeça entre as mãos num estado de d'veikut (apego meditativo a D'us). Dessa maneira ele escutou os chorosos apelos do chassid. Após um longo tempo, Rabi Shneur Zalman ergueu a cabeça e disse com grande sentimento: "Você parece muito preocupado com aquilo que precisa. Por que não está tão preocupado com aquilo para o qual você é necessário...?"