Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.

Bamidbar

Comportamento
Nem Todo Mundo Foi Criado Igualmente

Sob esta escala de valores, as diferenças individuais se tornam irrelevantes, porque cada indivíduo, apesar de todas as outras considerações, está limitado de maneira igual pelo valor. O valor universal, ensina o Judaísmo, é que todas as pessoas foram criadas para servir a D’us.
Perguntas e Respostas
Como D’us Decide o que é Certo e Errado?

Todos precisam de uma sinagoga à qual não vão. Toda história escrita tem um antagonista. Todo jogo apresenta um desafio. E D’us criou o mal. Como declarou o Profeta Yeshayáhu com toda a clareza: “Ele forma luz e cria escuridão, faz a paz e cria o mal” (Yeshayáhu 45:5). Sua vontade cria o bem e seu desdém cria o mal.
Calendário Judaico
O Judeu e o Tempo

Iniciar os dias com as noites é uma metáfora da própria vida que começa na escuridão do útero, se lança para o brilho da luz e por fim se acomoda na escuridão do túmulo, que, por sua vez, é seguida por uma nova alvorada que virá no Mundo Vindouro.
Ética e Sabedoria
Sábios Pensamentos
A quê a vida pode ser comparada? A um balde que é atirado num lago. Quando entra na água, está vazio. Porém, quando é retirado pelo dono, retorna cheio. Assim também, quando entramos no mundo, não temos mitsvot em nosso nome. Mas quando regressamos, temos uma vida inteira repleta de bons pensamentos, palavras bondosas e ações nobres. - Cohelet Rabá
Cartas do Rebe
Mezuzá - A Proteção do Lar
A situação atual clama pela proteção de todo lar judaico. A verdadeira proteção é aquela que somente D’us proporciona, como está escrito; “D’us guarda a cidade.” Para assegurar essa Divina vigilância, o lar deve ser conduzido em todos os aspectos de acordo com a vontade Divina.
Calendário Judaico
O Mês de Sivan

No mês de Sivan a festa de Shavuot comemora a outorga da Torá.

Nossos sábios nos ensinam que se alguém é afligido por algum problema, deve meditar sobre o ocorrido, rever seus comportamentos e aceitar o problema como um chamado Divino às suas atitudes. Normalmente, atribuímos nosso sofrimento a fatores externos e não a nosso desvio de conduta. Reconheça esse chamado. Tudo o que D´us faz é para o nosso bem e Ele está sempre disposto a relevar nossos erros, desde que nos arrependamos.


— Kolel Rio
Imprimir revista