Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.

Ki Tissá

Parashá Ki Tissá
Procurando sua Auto-Estima?

Os primeiros versículos da porção dessa semana, Ki Tissá, transmitem a instrução de D'us a Moshê sobre como contar o povo judeu. Cada pessoa deveria contribuir com uma moeda para caridade, e então as moedas eram contadas...
Atualidades
Brit Milá na Amazônia
Não é todo dia que duas pessoas decidem fazer Brit Milá na Amazônia. Mas no final de fevereiro isto de fato ocorreu. Isaac Portela, com 41 anos e Saatchel Benesby, de 16, viajaram de Porto Velho a Manaus a fim de serem circuncidados pelo famoso Mohel da Argentina, David Katche.
Comportamento
O Bezerro de Ouro que Você e Eu Construímos

O problema da idolatria não está no anseio e na necessidade por um poder que leve alguém a adorar um ídolo; este anseio e essa necessidade são, na verdade, positivos, até sagrados. Está em aceitar a noção de que um objeto sem vida e sem valor carrega dentro de si o cumprimento do anseio de alguém – é isto que transforma a idolatria numa busca sem sentido e com frequência destrutiva.
Parashá Ki Tissá
Moshê Quebra as Tábuas
Ao entrar no acampamento, eles avistaram o bezerro de ouro e a celebração e as danças que o acompanhavam. "Não posso outorgar-lhes as tábuas", pensou Moshê...
P & R
Kipá o Tempo Todo

Estava me perguntando: quando é a hora “apropriada” para usar uma kipá o tempo todo? Como ainda não sou totalmente casher, observante do Shabat, etc., sinto que pareceria hipócrita usar kipá o tempo todo – especialmente quando estou ainda ativo no Shabat, ou quando vou com minha família comer num restaurante não-casher.
Parashá Ki Tissá
O Verdadeiro Líder

Os comentaristas explicam que o povo não pretendia criar um substituto para D’us. Em vez disso, eles colocaram um falso líder – o bezerro – no lugar de Moisés, o qual erroneamente acreditaram que os tivesse abandonado. Assim, o pecado arquétipo do povo como um todo é o de seguir uma falsa liderança.

Nossos sábios nos levam a perguntar: depois de um dia cheio de trabalho e atividades, onde fica aquele ninho onde vamos repor todas as energias e nos renovar? Este aconchego do lar se chama família. Nele depositamos todas as nossas emoções. É nele que somos o que somos, sem grife ou fachadas. É na família que somos verdadeiros. Lembre-se: um filho nunca é velho demais para beijar um pai. Se você tem seus pais ou responsáveis ainda vivos, cuide deles, beije-os, porque isso vai fazer um bem enorme para eles e para você.


— Kolel Rio
Imprimir revista