ב"ה

Tsav

Parashá
Artigos
Pêssach na Época do Templo
Todo judeu tinha de oferecer o sacrifício pascal no Templo de Jerusalém por ocasião de três festas - Pêssach, Shavuot e Sucot. Pêssach era aquela que reunia o maior número de peregrinos...
Datas Chassídicas
11 de Nissan
Neste marco importante do nascimento do Rebe, devemos parar e refletir sobre a atitude e o legado do Rebe. Porém somente a reflexão não é suficiente...
Festas Judaicas
Pessach Casher Ve Sameach!
Pêssach comemora a libertação do povo judeu da escravidão no Egito. Durante esta festa é proibido o consumo de alimentos fermentados e há a obrigação de comer matsá.
Notícias
Saiu no New York Times!
Em 1º de janeiro de 2000, o The New York Times publicou uma Edição do Milênio, Era um tema especial mostrando três primeiras páginas...
Artigos
Uma Mensagem de Liberdade
Pêssach, assim, é um processo contínuo de auto-libertação. A festa e suas práticas são símbolos de um conflito constantemente renovado num judeu: criar a liberdade de viver seu potencial espiritual. Esta é uma das razões pelas quais somos conclamados a lembrar nossa libertação do Egito em toda geração e todos os dias.
Dentro de um pedaço de pão (e todas as outras coisas criadas) há uma "expressão da boca de D'us" - as letras da fala Divina que são o instrumento de sua criação. Quando o corpo humano anseia por pão físico, é apenas um reflexo do desejo de sua alma pela expressão Divina que é a "alma" do pão.
— Rabino DovBer, o Maguid de Mezeritch
Imprimir revista
Novo em <>

A Ciência e o Milagre

Irã Ataca Israel

Am Israel Chai!

Frango com Laranja para Pessach

191º Dia de Guerra