Na semana passada, tentei marcar uma reunião com um importante dignitário do mundo dos negócios. No entanto, fui informado que a reunião não poderia ser agendada porque ele estaria viajando. No dia seguinte, descobri que ele não havia viajado e estava de fato ali. Não pude acreditar! Ele perdeu a credibilidade ou nossa reunião não era tão importante para ele?

Quando Yaacov é informado que Yossef ainda está vivo, seus filhos discretamente contaram ao pai que haviam mentido sobre sua morte. Yossef não foi realmente atacado por um animal 22 anos atrás. Por tantos anos contaram a Yaacov essa versão da história, e agora o roteiro mudou. Ele não podia acreditar neles! Suas palavras eram críveis? Ou ele não era um pai suficientemente bom para ouvir a verdade anos atrás?

Depois de um tempo ele acabou aceitando a nova história e foi ao encontro de Yossef. Simplesmente ver seu filho o revigorou com alegria, e as perguntas se dissiparam. O porquê, onde e como às vezes nunca são revelados em nossas vidas.

Gerald Cotton era dono de uma criptomoeda e foi para o túmulo com a senha secreta de mais de 250 milhões de dólares. Antonio Stradivari fabricava violinos com acústica incrível, mas nunca ensinou seu método de produção para poder ser reproduzido. Existem milhares de fatos e de segredos em “toda a história” e em nossas próprias vidas, que jamais foram revelados. Talvez não devemos realmente saber?

D'us atrasou e proibiu que a verdade fosse revelada sobre Yossef, e talvez até mesmo em nossa vida pessoal.

Os irmãos fizeram um pacto de que ninguém revelaria a verdade e incluíram D'us nesse grupo. Se D'us fez parte disso, então somente Ele pode revelar a verdade. Isso é exatamente o que D'us fez. Ele manteve segredo por 22 anos, como forma de punição pelos 22 anos que Yaacov não honrou seu pai, Yitschac. Agora, seu próprio filho, Yossef, não iria honrá-lo. No entanto, mesmo após esse período, os detalhes da venda de Yossef nunca lhe foram revelados.

É possível que, se Yaacov tivesse ouvido a história completa antes, teria explodido de raiva. Em vez de aceitar a história, poderia ter amaldiçoado seus próprios filhos e possivelmente perderia ainda mais filhos.

Chegou a hora certa, 22 anos mais tarde, quando sua dor e luto se acalmaram, e Yaacov foi capaz de reconhecer que tudo o que ocorre em nossas vidas é por providência divina. Tudo é orquestrado por D'us.

Às vezes, as perguntas são deixadas para nunca serem respondidas.