Versículo 11:13
"De onde teria eu carne para dar a todo este povo..."

Moshê era incapaz de rebaixar-se a uma tarefa de fornecer carne a Israel; sua alma era elevada demais para lidar com assuntos tão mundanos. (Rabi Sholom Dovber de Lubavitch)


A multidão se acotovelava junto à mesa onde Rabi Sholom Dovber de Lubavitch estava sentado. Era Simchat Torá de 5679 (1918), o Rebe estava fazendo um farbrenguen (reunião chassídica), e todos desejavam ouvir as palavras do Rebe.

Logo a mesa, não aguentando a crescente pressão, desabou.

Não desejando atrapalhar o discurso do Rebe, os chassidim cuidadosamente ergueram a mesa desmontada pedaço por pedaço, e passaram-nos de mão em mão para fora do aposento. Apenas quando concluiu suas palavras foi que o Rebe percebeu o que tinha acontecido e exclamou surpreso: "Onde está a mesa?"

"Vou contar-lhes uma história," disse ele.

"Rabi Levi Yitschac de Berditchev tinha concluído seu estudo de shechitá (leis referentes ao abate ritual) e preparava-se para abater sua primeira galinha. Pegou a ave com a mão esquerda, e preparou-a diligentemente para proceder o bate. Com grande concentração recitou a bênção sobre a mitsvá que estava para cumprir pela primeira vez. Neste ínterim, a galinha decidiu que, sob as circunstâncias, estava na hora de correr para salvar a vida...

"O Berditchever concluiu a bênção e exclamou (o Rebe citou em iídiche com acento polonês): 'Vi is di hin?' - Onde está a galinha?"