Bênção de Graças após a Refeição do Shabat e das Festas

Introdução

SHIR HAMAALOT. BESHUV A-DO-NAI ET SHIVAT TSIYON, HAYÍNU KECHOLEMIM. AZ YIMALÊ SECHOC PÍNU, UL-SHO-NÊNU RINÁ. AZ YOMERÚ VAGOYIM: "HIGDIL A-DO-NAI LAASSOT IM ÊLE." HIGDIL A-DO-NAI LAASSOT IMÁNU, HAYÍNU SEMECHIM. SHUVÁ, A-DO-NAI, ET SHEVITÊNU, CAAFIKIM BANÊGUEV. HAZORE’IM BEDIM‘Á, BERINÁ YICTSÔRU. HA-LOCH YELECH UVACHÔ, NOSSÊ MÊSHECH HAZÁRA; BO YAVÔ VERINÁ NOSSÊ ALUMOTAV.

LIVNÊ CÔRACH MIZMOR SHIR, YESSUDATÔ BEHARERÊ CÔDESH. OHEV A-DO-NAI SHAARÊ TSIYON MICOL MISHKENOT YAACOV. NICH-BADOT MEDUBAR BACH, IR HA’E-LO-HIM, SÊLA. AZKIR RAHAV U’VAVEL LEYODEAI; HINÊ FELÊSHET VE’TSOR IM CUSH: "ZÊ YÚLAD SHAM." UL’TSIYON YEAMAR: "ISH VE’ISH YÚLAD-BÁ", VE’HU YECHONENÊHA ELYON. A-DO-NAI YISPOR BICHTOV AMIM: "ZÊ YÚLAD SHAM, SÊLA." VESHARIM KECHOLELIM, COL MA‘YANAI BACH.

AVARECHÁ ET A-DO-NAI BECHOL ET; TAMID TEHILATÔ BEFI. SOF DAVAR, HACOL NISHMÁ; ET HA’E-LO-HIM YERÁ VEET MITSVOTAV SHEMOR, KI ZÊ COL HAADAM. TEHILAT A-DO-NAI YEDABER PI; VIVARÊCH COL BASSAR SHEM CODSHÔ LEOLAM VAED. VAANÁCHNU NEVARECH Y-A, MEATÁ VEAD OLAM. HALELU’Y-Á.


Antes de abluir os dedos, recita-se:
ZÊ CHÊLEC ADAM RASHÁ ME’E-LO-HIM, VENACHALAT IMRÔ ME’E-L.

Depois de abluir os dedos e passá-los sobre os lábios, recita-se:
VAYDABER ELAI: "ZÊ HASHULCHAN ASHER LIFNÊ A-DO-NAI."

Ao fazer a Bênção de Graças com um quórum de três homens (ou mais), o condutor faz o zimun – convite aos presentes (sem quórum, inicia-se com a primeira bênção de Bircat Hamazon neste ponto.

RABOTAI NEVARECH.

Os outros respondem:
YEHI SHEM A-DO-NAI MEVORACH MEATÁ VEAD OLAM.

O condutor repete a resposta e continua:
Com um quórum de três:
BIRSHUT MARANAN VERABANAN VERABO-TAI, NE-VA-RECH SHEACHÁLNU MISHE-LÔ.

Os outros respondem:
BARUCH SHEACHÁLNU MISHELÔ UVTUVÔ CHA-YÍ-NU.

Com um quórum de dez ou mais:
BIRSHUT MARANAN VERABANAN VERABO-TAI, NE-VA—RECH E-LO-HÊ-NU, SHEA-CHÁL—NU MISHELÔ.

Os outros respondem:
BARUCH E-LO-HÊ-NU SHEA-CHÁLNU MISHE-LÔ UVTUVÔ CHA-YÍNU.

O condutor repete a resposta e o Bircat Hamazon tem início.

1ª bênção

BARUCH ATÁ A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU, MÊLECH HAO-LAM, HAZAN ET HAOLAM CULÔ BETUVÔ, BECHEN, BE-CHÊS-SED UVRACHAMIM. HU NOTEN LÊCHEM LECHOL BASSAR, KI LEOLAM CHASDÔ. UVTUVÔ HAGADOL IMÁ-NU TAMID, LO CHASSER LÁNU, VEAL YECHSAR LÁNU MAZON LEOLAM VAED, BAAVUR SHEMÔ HAGADOL. KI HU E-L ZAN UMFANÊS LACOL, UMETIV LACOL, UMECHIN MAZON LECHOL BERIYOTAV ASHER BARÁ. CAA-MUR: "POTÊACH ET YADÊCHA UMASBÍA LECHOL CHAI RATSON." BARUCH ATÁ A-DO-NAI, HAZAN ET HACOL.


Bendito és Tu, ó Eterno, nosso D'us , Rei do Universo, que alimenta o mundo inteiro com Sua bondade, com graça, com benevolência e com misericórdia. Ele dá alimento a toda a carne, pois Sua benevolência dura para sempre. Por Sua grande bondade que está sempre conosco, nunca nos falta, e que não nos falte, alimento para todo o sempre, por Seu grande nome. Pois Ele é um . D'us que nutre e sustenta a todos, faz bem a todos e providencia alimento para todas Suas criaturas, as quais criou. Como está dito: "Tu abres Tua mão e satisfazes todo ser vivo com favor." Bendito és Tu, ó Eterno, que alimenta a todos.

2ª bênção

NÔDE-LECHÁ, A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU, AL SHEHIN-CHÁL-TA LAAVOTÊNU ÊRETS CHEMDÁ, TOVÁ URCHAVÁ; VEAL SHEHOTSETÁNU, A-DO-NAI E-LO-HÊ-NU, MEÊRETS MITSRÁYIM, UFDITÁNU MIBET AVADIM; VEAL BERI-TE-CHÁ SHECHATÁMTA BIV-SA-RÊNU, VEAL TORATECHÁ SHE-LIMAD-TÁNU, VEAL CHUKÊCHA SHEHO-DA‘TÁNU; VEAL CHAYIM CHEN VACHÊSSED SHECHONANTÁNU; VEAL ACHILAT MAZON, SHAATÁ ZAN UMFARNÊS OTÁNU TAMID, BECHOL YOM, UVCHOL ET, UVCHOL SHAÁ.

Nós Te agradecemos, o Eterno, nosso D'us , porque deste como herança a nossos antepassados uma Terra almejada, boa e ampla; e porque nos tiraste, ó Eterno, nosso D'us , da terra do Egito e nos libertaste da casa da servidão; bem como para Tua aliança que Tu selaste em nossa carne, e para Tua Torá que nos ensinaste, e por Teus estatutos que nos fizeste conhecer; e pela vida, graça e benevolência que derramaste sobre nós; e pelo alimento com o qual nos nutres e sustentas constantemente, todo dia, em toda estação, e a toda hora.

Em Chanucá e Purim inserem-se os seguintes textos no meio da segunda bênção:

Veal hanissim, veal hapurcan, veal ha-gue-vu-rot, veal hateshuot, veal hanif-laot, sheassíta laavotênu, bayamim hahêm, bizman hazê.

[Nós Te agradecemos] pelos milagres, pela redenção, pelos poderosos feitos e atos de salvação, bem como pelas maravilhas que Tu fizeste por nossos antepassados naqueles dias, nesta época.

Em Chanucá

Bimê Matityáhu ben Yocha-nan cohen gadol, Chashmonaí uvanav, kesheamedá mal-chut Yavan harshaá al ame-chá Yisrael, lehashki-cham To-ratêcha, ul’ha-a-vi-ram me-chu-kê retso—nêcha; ve’Atá, be-ra-chamêcha harabim, amádta lahêm beet tsa-ratam: ráv-ta et rivam, dánta et dinam, nacámta et nicma-tam; mas-sár-ta guiborim be-yad chalashim, verabim beyad meatim, utme’im beyad tehorim, ursha’im beyad tsadikim, vezedim beyad ossekê Toratêcha. Ulchá assíta shem gadol vecadosh baola-mêcha, ul’a-me-chá Yisrael assí—ta teshuá guedolá ufurcan, keha-yom hazê. Veachar cach báu va-nê-cha lidvir Be-tê-cha, ufinu et Hecha-lêcha, vetiharu et Mic-da—shêcha; vehid-lícu nerot bechatsrot cod-shêcha, veca-veú shemo-nat yemê Chanucá êlu, leho-dot ul’halel leshimechá hagadol.


Nos dias dos Hasmoneus, Matityáhu, filho de Yochanan, o sumo sacerdote e seus filhos, quando o poder iníquo da Grécia se levantou contra Teu povo Israel, para fazê-los esquecer Tua Torá e forçá-los a transgredir os estatutos de Tua vontade; Tu, em Tua abundante misericórdia, Te ergueste por eles na hora de tribulação: Tu combateste seu combate, Tu julgaste sua causa, Tu vingaste sua vingança; Tu entregaste os fortes na mão dos fracos, os muitos na mão dos poucos, os impuros na mão dos puros, os malvados na mão dos justos, e os iníquos na mão dos que se ocupam com Tua Torá. Para Ti mesmo fizeste um grande e santo nome em Teu mundo, e a Teu povo Israel, Tu deste grande ajuda e redenção, como neste dia. Depois disso, Teus filhos entraram no Santuário interno de Tua Casa, limparam Teu Templo e purificaram Teu Santuário; acenderam velas em Teus pátios sagrados, e fixaram estes oito dias de Chanucá, a fim de agradecer e louvar Teu grande nome.

Em Purim

Bimê Mordechai ve’Ester, be’Shushan habirá, keshe-a-mad ale-hêm Haman ha-ra-shá, bikesh le-hashmid, la-ha-rog, ul’abed et col hayhudim, mi-náar vead zaken, taf venashim, beyom e-chad, bishloshá assar lechô-desh shenêm assar, hu chôdesh Adar, ushlalam lavoz; ve’Atá, be-ra—chamêcha harabim, hefár-ta et atsatô, ve-kil-cálta et ma-cha—shavtô, vaha-she-vôta lo gue—mulô be-ro-shô; vetalu otô veet banav al haets.


Nos dias de Mordechai e Ester, em Shushan, a capital, quando se ergueu contra eles Haman, o malvado, e procurou aniquilar, matar e fazer perecer todos os judeus, do jovem ao velho, crianças e mulheres, num só dia, no 13º dia do 12º mês, que é o mês de Adar, e saquear seus bens [como despojos de guerra]; Tu, em Tua abundante misericórdia, destruíste sua idéia, frustraste seu intento e reverteste sua retribuição sobre sua própria cabeça; e enforcaram-no e a seus filhos na árvore.

VEAL HACOL, A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU, ANÁCH—NU MODIM LACH, UMVARECHIM OTACH; YITBARECH SHIMCHÁ BEFI COL CHAI TAMID, LEOLAM VAED, CACATUV: "VEACHALTÁ, VESSAVÁ‘TA, UVERACHTÁ ET A-DO-NAI E-LO-HÊ-CHA, AL HAÁRETS HATOVÁ ASHER NÁTAN-LACH." BARUCH ATÁ, A-DO-NAI, AL HAÁRETS VEAL HAMAZON.

E por tudo isso, ó Eterno, nosso D'us, nós Te agradecemos e Te bendizemos; abençoado seja Teu nome pela boca de tudo o que vive, continuamente e para todo o sempre, como está escrito: "Tu comerás e ficarás satisfeito e abençoarás o Eterno, teu D'us , pela boa Terra que Ele te deu." Bendito és Tu, ó Eterno, pela Terra e pelo alimento.

3ª bênção

RACHÊM, A-DO-NAI E-LO-HÊ-NU, AL YISRAEL AMÊCHA, VEAL YERUSHALÁYIM IRÊCHA, VEAL TSIYON MISHCAN KEVODÊCHA, VEAL MALCHUT BET DAVID, MESHI-CHÊ-CHA, VEAL HA’BÁYIT HAGADOL VEHACADOSH, SHE-NIC-RÁ SHIMCHÁ ALAV. E-LO-HÊ-NU, AVÍNU, ROÊNU, ZONÊNU, PARNESSÊNU, VECHALKELÊNU, VEHARVI-CHÊ-NU; VEHAR-VACH LÁNU, A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU, MEHERÁ, MICOL TSAROTÊNU. VENÁ AL TATSRICHÊNU, A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU, LO LIDÊ MATENAT BASSAR VADAM, VELÔ LIDÊ HALVAATAM; KI IM LEYADECHÁ, HAMELEÁ, HAPETU-CHÁ, HAKEDOSHÁ, VEHA-RECHA-VÁ, SHELÔ NEVOSH VELÔ NICALÊM LEOLAM VAED.


Tem piedade, ó Eterno, nosso D'us, de Israel, Teu povo, e de Jerusalém, Tua cidade, e de Tsiyon, a sede de Tua glória, e do reino da Casa de David, Teu ungido, e da grande e santa Casa, que é chamada por Teu nome. Ó nosso D'us, nosso Pai, nosso Pastor, nutre-nos, sustenta-nos, mantém-nos e alivia-nos; e dá-nos alívio, ó Eterno, nosso D'us, brevemente, de todas nossas tribulações. Nós Te imploramos, não nos deixes ter necessidade, ó Eterno, nosso D'us, das dádivas dos mortais, ou de seus empréstimos; mas só de Tua mão, plena, aberta, santa e ampla, para que nunca sejamos envergonhados ou humilhados.

Em Shabat insere-se o seguinte texto no meio da terceira bênção

RETSÊ VEHACHALITSÊNU, A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU, BE-MITS-VO-TÊCHA, UVMITSVAT YOM HASHEVIÍ, HA’SHABAT HAGADOL VEHACA-DOSH HAZÊ; KI YOM ZÊ GADOL VE-CA-DOSH HU LEFANÊCHA, LISHBOT BO VELA-NÚ-ACH BO BEAHAVÁ, KEMITS-VAT RETSONÊCHA. UVIR-TSO-NE-CHÁ, HA-NÍACH LÁ-NU, A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU, SHELÔ TE-HÊ TSA-RÁ, VEYAGON, VAA-NACHÁ BE-YOM MENUCHA-TÊ—NU. VE-HAR‘ÊNU, A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU, BENECHA-MAT TSIYON IRÊCHA, UV’VINYAN YERUSHALÁYIM, IR COD-SHÊCHA, KI ATÁ HU BÁAL HAYSHUOT U’VÁAL HA-NE-CHAMOT.

Consente em fortificar-nos, ó Eterno, nosso D'us, com Teus mandamentos e com o preceito do sétimo dia, este grande e santo Shabat; pois este dia é grande e sagrado diante de Ti, para que possamos descansar e repousar nele com amor, de acordo com o preceito de Tua vontade. Em Teu favor, concede-nos tal repouso, ó Eterno, nosso D'us, para que não haja desgraça, mágoa ou lamentação no dia de nosso descanso. Deixa-nos contemplar, ó Eterno, nosso D'us, o consolo de Tsiyon, Tua cidade, e a reconstrução de Jerusalém, Tua Cidade Santa, pois Tu és o Dono das salvações e o Mestre dos consolos.

Em Rosh Chôdesh, Yom Tov ou Chol Hamoed insere-se o seguinte parágrafo no meio da terceira bênção:

E-lo-hê-nu, v’E-lo-hê avotênu: yaalê, veyavô, veya-guía, veyeraê, veyeratsê, veyi-shamá, veyi-pa-ked, ve---yi---za---che-r zichro-nênu uficdonênu, vezichron avotênu, vezichron Mashiach ben David avdê-cha, vezichron Yerushaláyim, Ir Cod-shêcha, vezichron col amechá Bet Yisrael lefa-nêcha, lifletá, letová, lechên, ul-chês-sed, ulrachamim, ulchayim tovim, ulshalom, beyom…
Em Rosh Chôdesh: …Rosh ha’Chôdesh hazê...
Em Pêssach: …Chag ha’Matsot hazê…
Em Shavuot: …Chag ha’Shavuot hazê…
Em Sucot: …Chag ha’Sucot hazê…
Em Shemini Atsêret e Simchat Torá: …Shemini Atsêret ha’Chag hazê…
Em Rosh Ha’Shaná: …ha’Zicaron hazê…
Em Yom Tov: …be’Yom Tov, micrá côdesh hazê...
Zochrênu, A-do-nai E-lo-hê-nu, bo letová; ufocdênu vo livrachá; veho-shiênu vo lecha-yim tovim. Uvid-var yeshuá verachamim, chus vecho-nênu, verachêm alênu ve-hoshiênu, ki Elêcha enênu, ki E-l Mêlech chanun verachum Áta.


Nosso D'us e D'us de nossos antepassados: possa levantar-se, vir, chegar, ser vista, aceita, ouvida, lembrada e recordada nossa lembrança e nossa recordação, e a lembrança de nossos antepassados, e a lembrança de Mashiach, descendente de David, Teu servo, e a lembrança de Jerusalém, Tua Cidade Santa, e a lembrança de todo Teu povo, a Casa de Israel, perante Ti, trazendo libertação, bem-estar, graça, benevolência e misericórdia, boa vida e paz nesse dia…
Em Rosh Chôdesh: …de Rosh Chôdesh...
Em Pêssach: …da Festa das Matsot…
Em Shavuot: …da Festa de Shavuot…
Em Sucot: …da Festa de Sucot…
Em Shemini Atsêret e Simchat Torá: …da Festa de Shemini Atsêret…
Em Rosh Ha’Shaná: …da Lembrança…
Em Yom Tov: …nesse dia bom, que é chamado santificado...
Lembra-Te de nós, ó Eterno, nosso D'us, nesse dia, para o bem; recorda-Te de nós nele para nos abençoar; e salva-nos nele para uma vida boa. Por Tua promessa de salvação e misericórdia, poupa-nos e seja pleno de graça para conosco, tem misericórdia de nós e salva-nos, pois nossos olhos se dirigem a Ti, porque Tu és um D'us e um Rei pleno de graça e misericórdia.

UVNÊ YERUSHALÁYIM, IR HA’CÔDESH, BIMHERÁ VEYA-MÊ-NU. BARUCH ATÁ A-DO-NAI, BONÊ BERACHAMAV YERUSHALÁYIM. AMÊN.

E reconstrói Jerusalém, a Cidade Santa, breve em nossos dias. Bendito és Tu, ó Eterno, que em Sua compaixão reconstrói Jerusalém. Amên.

4ª bênção

BARUCH ATÁ A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU, MÊLECH HAO-LAM, HA’E-L, AVÍNU, MALKÊNU, ADIRÊNU, BOREÊNU, GO—A—LÊ-NU, YOTSERÊNU, KEDOSHÊNU, KEDÔSH YAACOV, ROÊ-NU, ROÊ YISRAEL, HA’MÊLECH HATOV, VEHAMETIV LACOL, BECHOL YOM VAYOM. HU HETIV LÁ-NU, HU METIV LÁNU, HU YETIV LÁNU; HU GUE-MA-LÁ-NU, HU GOMELÊNU, HU YIGMELÊNU LAAD, LECHEN, ULCHÊS-SED, ULRACHAMIM, ULRÊ-VACH, HATSALÁ VE-HATS-LA-CHÁ, BERACHÁ VISHUÁ, NECHAMÁ, PARNASSÁ VE-CHAL—CALÁ, VERACHAMIM, VECHAYIM, VESHALOM, VE-CHOL TOV. UMICOL TUV LEOLAM AL YECHAS-SE—RÊNU.

Bendito és Tu, ó Eterno, nosso D'us, Rei do Universo, Todo Poderoso, nosso Pai, nosso Rei, nosso Onipotente, nosso Criador, nosso Salvador, nosso Autor, nosso Santo, ó Santo de Yaacov, nosso Pastor, ó Pastor de Israel, ó Rei que é bondoso, e age com benevolência para com todos, dia após dia. para Ele agiu para conosco, age para conosco e agirá para conosco com benevolência; Ele derramou, derrama e derramará sobre nós benefícios para sempre, [dando-nos] graça, benevolência, misericórdia e alívio, liberdade e prosperidade, bênção e salvação, consolo, subsistência e alimento e misericórdia e vida e paz e todo o bem. E de qualquer espécie de bem não nos deixe jamais ter carência.

HA’RACHAMAN HU YIMLOCH ALÊNU LEOLAM VAÊD.
HA’RACHAMAN HU YITBARECH BASHAMÁYIM UVAÁRETS.
HA’RACHAMAN HU YISHTABACH LEDOR DORIM; VEYIT-PAER BÁNU LAAD ULNÊTSACH NETSACHIM, VEYIT’HADAR BÁNU LAAD UL’-O-LEMÊ OLAMIM.
HA’RACHAMAN HU YEFARNESSÊ-NU BECHAVOD.
HA’RACHAMAN HU YISHBOR OL HAGOYIM MEAL TSAVA-RÊ-NU, VE’HU YOLICHÊNU COMEMIYUT LEAR-TSÊNU.
HA’RACHAMAN HU YISHLACH BERACHÁ MERUBÁ BEVÁ-YIT ZÊ, VEAL SHULCHAN ZÊ SHEACHÁLNU ALAV.
HA’RA-CHAMAN HU YISHLACH LÁNU ET ELIYÁHU HANAVI, ZACHUR LATOV, VIVASSER LÁNU BESSOROT TOVOT, YESHU-OT VENE-CHA-MOT.
(Os chassidim acrescentam: HA’RACHAMAN HU YE-VARECH ET ADONÊNU MORÊNU VE’RA-BÊ-NU.)
HA’RACHA-MAN HU YEVARECH ET AVI MORI, BÁAL HABÁYIT HAZÊ, VEET IMI MORATI, BA’LAT HABÁYIT HAZÊ; OTAM, VEET BETAM, VEET ZAR‘AM, VEET COL ASHER LAHÊM; OTÁ-NU, VEET COL ASHER LÁNU; KEMÔ SHE-BERACH ET AVO-TÊNU, AVRAHAM, YITSCHAC VE’YAACOV, BACOL MICOL COL; KEN YEVARECH OTÁNU, CU-LÁNU YÁ-CHAD, BIVRA-CHÁ SHELEMÁ, VENOMAR AMÊN.

O Misericordioso reinará sobre nós para todo o sempre. O Misericordioso será abençoado no Céu e na Terra. O Misericordioso será louvado por todas as gerações; glorificado entre nós por toda a eternidade e honrado entre nós para todo o sempre. Possa o Misericordioso nos conceder uma subsistência honrada. Possa o Misericordioso quebrar o jugo dos povos sobre nossa nuca, e nos guiar de cabeça erguida para nossa Terra. Possa o Misericordioso mandar uma bênção plena sobre esta casa, e sobre esta mesa à qual comemos. Possa o Misericordioso nos mandar Eliyáhu, o profeta, que seja lembrado para o bem, que nos trará boas novas, salvação e consolação.
(Os chassidim acrescentam: Possa o Misericordioso abençoar o Rebe, nosso Mestre.) Possa o Misericordioso abençoar meu honrado pai, chefe desta casa, e minha honrada mãe, dona desta casa; a eles, seu lar, seus descendentes e tudo o que é seu; a nós e tudo o que é nosso; como Ele abençoou nossos Patriarcas, Avraham, Yitschac e Yaacov, cada um com sua própria bênção abrangente; assim mesmo possa Ele abençoar a todos nós juntos, com uma bênção perfeita, e digamos "Amên".

MI’MAROM YELAMEDU ALAV VEALÊNU ZECHUT, SHE-TEHÊ LEMISHMÊRET SHALOM. VENISSÁ VERACHÁ MEET A-DO-NAI, UTSDACÁ ME’E-LO-HÊ YISH‘ÊNU; VENIMTSÁ CHEN VESSÊ-CHEL TOV, BEENÊ E-LO-HIM VEA-DAM.

Do Alto, possa haver [tal defesa de nossos] méritos, tanto por ele como por nós, que nos leve à paz duradoura. Possamos receber uma bênção do Eterno e caridade do D'us de nossa salvação; e possamos encontrar graça e boa compreensão aos olhos de D'us e do ser humano.

Em Shabat: HA’RACHAMAN HU YANCHILÊNU LEYOM SHECULÔ SHABAT, UMNUCHÁ LECHAYÊ HAOLAMIM.

Que o Misericordioso nos faça herdar o dia que será inteiramente Shabat e repouso para vida eterna.

Em Rosh Chodesh: HA’RACHAMAN HU IECHADÊSH ALÊNU ET HACHODESH HAZE LETOVÁ VELIVRACHÁ.

Que o Misericordioso renove para nós este mês para o bem e para benção.

Em Yom Tov: HA’RACHAMAN HU YANCHILÊNU LEYOM SHECULÔ TOV.

Que o Misericordioso nos faça herdar o dia que será inteiramente bom.

Em Sucót: HA’RACHAMAN HU IAKÍM LÁNU ET SUCÁT DAVID HANOFELET.

Que o Misericordioso restabeleça para nós a Sucá caída de David.

Em Rosh Hashaná: HA’RACHAMAN HU IECHADÊSH ALÊNU ET HASHANÁ HAZOT LETOVÁ VELIVRACHÁ.

Que o Misericordioso renove para nós este ano para o bem e para benção.

HA’RACHAMAN HU IEZAKÊNU LIMOT HAMASHÍACH ULECHAIÊ OLAM HABÁ. MAGDÍL (Em Shabat, Rosh Chodesh, Yom Tov e Chol Hamoêd substitui-se por: MIGDÓL) IESHUOT MALCÓ, VEOSSÉ CHESSED LIMSHICHÓ LE’DAVID UL'ZAR'Ó AD OLÁM. OSSÉ SHALOM BIMROMÁV HU IAASSÉ SHALOM ALÊNU, VEAL COL YISRAEL VE'IMRÚ AMÊN.

Que o Misericordioso nos conceda o privilégio de alcançar os dias de Mashiach e a vida do Mundo Vindouro. Ele dá grande salvação
(Em Shabat, Rosh Chodesh, Yom Tov e Chol Hamoêd substitui-se por:"Ele é torre de salvação") para Seu rei e faz benevolência ao Seu ungido, a David e seus descendentes eternamente. Ele que faz a paz em Seus Céus, que faça a paz por nós e por todo Israel, e digam Amên.

IERÚ ET A-DO-NAI KEDOSHÁV KI ÊN MACHSSOR LIREÁV. KEFIRÍM RASHU VERAÊVU VEDORESHÊ A-DO-NAI LÓ IACHSSERÚ CHOL TOV. HODÚ L'A-DO-NAI KI TOV, KI LEOLÁM CHASDO. POTÊACH ET IADECHA, UMASBÍA LECHOL CHÁI RATSON. BARUCH HAGUÉVER ASHER YIVTÁCH B'A-DO-NAI, VEHAIÁ A-DO-NAI MIVTACHÓ.

Temam a A-do-nai, vocês Seus sagrados, pois quem O teme não carece de nada. Os jovens leões padecem de necessidades e passam fome, mas àqueles que buscam a A-do-nai, nenhum bem lhes faltará. Dêem graças a A-do-nai, pois Sua bondade é eterna. Tu abres a Tua mão e satisfazes o desejo de todo o que vive. Bendito é o homem que confia em A-do-nai e será A-do-nai a sua segurança.

Se o Bircat Hamazon foi recitado sobre um copo de vinho, o condutor diz a seguinte (berachá) benção: BARUCH ATÁ A-DO-NAI E-LO-HÊ-NU MELECH HAOLÁM BORÊ PERÍ HAGÁFEN.