Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.

Tetsavê

23-24 de fevereiro, 2013
Purim
Purim comemora a salvação do povo judeu da destruição planejada pelo perverso Haman. A história é relatada na Meguilá de Ester.
Perguntas e Respostas
As Mulheres Têm Algo a Esconder?

Como a Torá é nosso objeto mais sagrado, é tão sagrada, especial e preciosa, jamais a deixamos exposta desnecessariamente. O mesmo ocorre com nosso corpo. O corpo é a divina criação de D'us. É a casa sagrada da alma. A maneira de manter nosso respeito pelo corpo é conservando-o coberto. Não porque é vergonhoso, mas porque é tão belo e precioso.
Misticismo
Como o Upgrade de meu IPhone Redefiniu o Significado da Minha Vida

Ora, durante quase três anos eu tinha passado o tempo todo com aquele aparelho morno de metal firmemente seguro em minha mão, em segurança no meu bolso, no painel do carro, ou perto do meu travesseiro, medindo cada movimento meu a ponto de reportar meus padrões de sono pela manhã. E agora o vendedor estava dizendo que eu tinha de deixá-lo ir.
Purim
Por que comemos Oznê Haman?

Os judeus sempre podem encontrar uma comida para contar uma história. Neste caso, é o Hamantaschen. A parte externa do Hamantaschen é apenas massa pura. O verdadeiro sabor está escondido lá dentro. Por baixo da camada externa comum, o coração do Hamantaschen está repleto de doçura.
Por Que É Chamado o Jejum de Esther?

Sua explicação foi que Esther era a única que poderia ter jejuado naquele dia. O restante do povo talvez tenha sentido que deveria estar jejuando, mas não tinham permissão, pois precisavam de toda a força possível para se defender contra as perversas hordas de Haman.
Perguntas e Respostas
Posso Agradecer a D'us Por Uma Fruta Híbrida?

Ouvi dizer que D'us não quer que criemos frutos híbridos. Portanto minha pergunta é, se D'us não está feliz com essa fruta, eu deveria fazer uma bênção antes de comê-la?
Família
Opinião Judaica Sobre o Divórcio

Quando um casal se casa numa cerimônia judaica, suas almas se tornam uma. É como uma operação espiritual que pega seres separados e os funde num novo todo. A cerimônia judaica de divórcio é o reverso disso. É uma amputação espiritual, separando uma parte da alma unida da outra, criando dois seres separados.

Tenha sua opinião. Não siga a maioria cegamente e sim a sua consciência. Não se preocupe com o que os outros pensam de você. Isto, é problema deles e não seu.


— Kolel Rio
Imprimir revista