Pergunta:

Por que trançamos a chalá assada para as refeições do Shabat?

Resposta:

Boa pergunta. A maioria das chalot é trançada com três ou seis rolos de massa. Recentemente ouvi uma interessante explicação para os pães de seis tranças. O Shabat representa a ideia de unidade. Os seis dias da semana são o paradigma da diversidade. São como as seis direções em nosso mundo tridimensional - norte, sul, leste, oeste, para cima e para baixo. Durante esses dias estamos numa busca lá fora, repleta de ação e iniciativa, tentando dominar nosso ambiente.

O Shabat, por outro lado, representa o ponto interior. O Shabat aponta para dentro, e está repleto de união e paz que vem junto com a união. É por isso que saudamos uns aos outros com “Shabat Shalom”, Shabat de paz e unidade. O Shabat também representa a interioridade de absorver a bênção dos seis dias de trabalho e dirigi-los aos nossos lares e nossas vidas.

Talvez o trançamento da chalá, que é comida à mesa do Shabat, também represente esta ideia de unidade: como atamos tudo junto, mesclando toda a diversidade em nossas vidas para uma harmonia pacífica e uma unidade que somente o Shabat pode trazer.

As duas chalot juntas são portanto um símbolo dos doze pães que eram colocados em todo Shabat sobre a Mesa no Santuário do Templo Sagrado. Este é apenas um possível motivo, e certamente não é mandatório usar chalot com seus tranças.