Minha compaixão é tolerante e consistente? É confiável ou caprichosa? Ela prevalece entre as outras forças de minha vida? Tenho a capacidade de ser compassivo mesmo quando estou ocupado com outras atividades ou apenas quando me convém? Estou disposto a levantar-me e lutar por alguém?

Exercício do dia:Em meio ao seu dia ocupado, reserve um momento para chamar alguém que precisa de uma palavra compassiva. Defenda alguém que esteja precisando de simpatia, mesmo que não esteja numa situação muito popular.