Examine a dignidade de sua compaixão. Para que a compaixão seja completa (e amplie os outros aspectos da compaixão), ela deve reconhecer e apreciar a soberania individual. Deve elevar a auto-estima e cultivar a dignidade humana - tanto sua própria dignidade como a dignidade do próximo beneficiado pela sua compaixão.

Minha compaixão é expressa de maneira dignificante? Eu manifesto e enfatizo majestade em minha compaixão? Ela traz à tona a dignidade dos outros? Eu reconheço o fato de que quando experimento compaixão dignificante, ela se refletirá reciprocamente naquele que recebe compaixão?

Exercício do dia:Ao invés de apenas fazer caridade, ajude o necessitado a ajudar a si mesmo, de maneira a fortalecer sua própria dignidade.