Em homenagem a 10 de Shevat 5780, que marca 70 anos desde que o Lubavitcher Rebe, Rabi Menachem Mendel Schneerson, assumiu a liderança, apresentamos este artigo sobre a importância do número 70.

Há algo de especial no número 70. Curiosamente, encontramoss esse número surgindo várias vezes nas Escrituras e no Midrash:

  • Setenta nações e idiomas:
    A Torá lista 70 descendentes de Noach após o Grande Dilúvio e nos diz: “Estas são as famílias dos filhos de Noach... as nações foram separadas na terra após o dilúvio.”1 A partir daqui, os sábios aprendem que a humanidade compreende 70 nações, cada uma com sua própria língua.2
  • Setenta membros da famîlia de Yaacov foram ao Egito:
    A Torá nos relata que o número de descendentes de Yaacov que desceram ao Egito era de 70 membros (incluindo Yossef e seus filhos que já estavam no Egito)3.
  • Setenta anciãos:
    Mais de 200 anos depois, D'us disse a Moshê que reunisse 70 anciãos do povo judeu para ficarem juntos com ele.4 Mais tarde, o Sanedrin, Sinédrio, (o Tribunal Superior Rabínico) também teria 70 juízes, mais o chefe do Sanedrin, represenatndo Moshê (70 mais 1).
  • Setenta “faces”da Torá:
    O Midrash nos diz que, devido à profundidade e multifacetação da Torá Divina, existem 70 maneiras ou perspectivas válidas de entender a Torá (que é uma das razões apontadas para os 70 membros do Sanedrin).5
  • Setenta anos de Exílio:
    Por meio do profeta Yirmiyáhu , D'us prometeu que, após a destruição do Primeiro Templo, haveria 70 anos do exílio babilônico, após o qual D'us se lembraria e resgataria Seu povo.6
  • Setenta dias sagrados:
    O Midrash calcula que existem 70 dias sagrados bíblicos em um ano solar (observe que, por decreto rabínico, Pêssach, Shavuot e Sucot são comemorados por um dia extra na em todos os lugares do mundo):
    • 52 Shabatot
    • 7 dias de Pêssach
    • 1 dia de Shavuot
    • 1 dia de Rosh Hashaná
    • 1 dia de Yom Kipur
    • 8 dias de Sucot7
  • Setenta nomes Divinos:
    Nas Escrituras, D'us é referido por muitos nomes. De fato, de acordo com o Midrash, Ele é conhecido por nada menos que 70 nomes diferentes.8
  • Setenta nomes da nação judaica:
    como nação escolhida de D'us, Israel é um reflexo de seu Criador. Assim como D'us é mencionado nas Escrituras com 70 nomes diferentes, o mesmo acontece com o povo judeu.9
  • Setenta nomes de Jerusalém:
    O Midrash continua dizendo que a cidade santa de Jerusalém, local do Templo Sagrado, também é referida por 70 nomes nas Escrituras..10
  • Setenta anos completos na vida de uma pessoa:
    A Torá nos diz que somos ordenados a honrar os idosos.11 Bem, quando começa a "velhice"? O rei David diz: “O tempo de nossa vida é de 70 anos ou, dada a força, 80 anos. . .”12 Isso nos diz que somente aqueles com“ força extra ”atingem e ultrapassam a idade de 70 anos e, portanto, são merecedores de honra.13

O fato de o número 70 ser mencionado tantas vezes nas Escrituras indica a preeminência desse número. Qual é o significado do número 70?

Completude da natureza

Os místicos explicam que a ordem natural é representada pelo número 7. D'us escolheu criar o mundo em 7 dias, resultando em uma semana que consiste em 7 dias, 14 correspondendo aos 7 atributos (Chessed - Bondade, Guevurá - Severidade, Tiferet - Harmonia, Netsach - Perseverança, Hod - Humildade, Yesod - Fundação, Malchut - Realeza).15

Qualquer número vezes 10 representa a integridade desse número. (Dez é um número "completo", porque depois que atingimos o número 10, começamos a contar novamente com 1. Por exemplo, o número 11 é 10 mais 1.) Dez corresponde às 10 sefirot místicas. E 7 vezes 10 representa a conclusão da ordem natural - cada aspecto da natureza é completo e composto pelas 10 sefirot.

Setenta conectado à liderança

O Lubavitcher Rebe explica que o número 70 está especialmente associado à liderança.

Na Mishná que é recitada como parte da Hagadá na noite de Pêssach, o rabino Elazar ben Azariah declara: “Eu sou como um homem de 70 anos.”16 O Talmud explica que a razão pela qual ele declarou que era como um homem de 70 é que ele não tinha de fato 70; na verdade, ele tinha apenas 18 anos. No entanto, apesar da pouca idade, os sábios queriam indicá-lo como o nassi, líder do povo judeu. O rabino Elazar ben Azariah estava relutante devido à sua idade, então ocorreu um milagre e cabelos brancos surgiram em sua barba dando-lhe a aparência respeitável de um homem de 70 anos que estava apto para a posição de liderança.17

O Rebe explica que sua aparição específica aos 70 anos não era aleatória. Pelo contrário, como explicado, o número 70 representa a conclusão ou plenitude da vida de uma pessoa, como o versículo afirma: “O tempo de nossa vida é de 70 anos...”18 Assim, o número 70 representa refinar os 7 atributos (já que cada atributo é composto por 10 sefirot), além de refinar o mundo em geral. Somente alguém que atingiu esse nível de refinamento pessoal e global está apto a ser o nassi. Assim, foi somente depois que o aparecimento do rabino Elazar ben Azariah obteve a aparência de 70 anos de idade que ele ficou satisfeito para estar apto a ser o nassi e líder do povo judeu.19

O que vem após os 70?

Enquanto o número 70 representa a conclusão da ordem natural, ultrapassar o 70 representa alcançar ainda mais alto que a ordem natural, até chegarmos à era messiânica. Que seja rapidamente em nossos dias!