Os dois estágios seguintes de ignorar o mal são justificados pela presunção de que a essência da alma Divina judia não é afetada pelas fraquezas de sua alma animalesca. Dessa forma, é possível a uma pessoa retificar sua psicologia em geral, enfatizando seu lado Divino e possibilitando de forma ideal que assuma controle total sobre sua personalidade. Como a psicologia secular não pode reconhecer a existência da alma Divina separada, espera-se apenas que muitas escolas de psicologia desaprovem a aparente evasão de se lidar diretamente com estas manifestações das ânsias inferiores que iremos detalhar.

A arte da meditação é o meio pelo qual a alma adquire as asas da consciência necessárias para se elevar acima e além dos confins do seu "eu" inferior, com seu ambiente de pensamentos negativos que assolam a consciência da pessoa. Umas das formas básicas de meditação ensinadas pelo Báal Shem Tov é visualizar-se ascendendo de mundo a mundo. Isso significa compreender níveis mais e mais elevados de bitul (abnegação).

Primeiro, deve-se lembrar da descida inicial da alma no nascimento, das alturas celestiais às profundezas deste mundo, e então, com a certeza da fé que isso é em benefício de uma ascensão maior, começar a escalar a escada da prece meditativa. A meditação judaica não se satisfaz com meras formas de visualização. Ao contrário, deve ser parte da prece a D'us, fazendo-a em Sua presença, e pedindo-Lhe para que o eleve.

Todo elemento da criação tem sua origem espiritual mais elevada, à qual é capaz de subir com a ajuda da meditação. Na prece Perec Shirá, cada faceta da criação entoa sua canção de louvor específica a D'us. O judeu tem um canal judaico, o não-judeu tem seu próprio canal, e assim por diante, em toda a criação. Isso é predicado do reconhecimento inato que o indivíduo tem uma fonte espiritual mais elevada. Esta é a separação inata da pessoa. Cada pessoa é um estrangeiro numa terra estranha. Umas das funções da alma judaica é despertar esta realidade por toda criação.

Esta é a sub-fase da separação dentro da separação.