Segure a mão de seu filho pequeno para ele aprender a andar. Mais tarde, solte suas mãos para ele aprender a correr. Por fim, tenha a coragem de incentivá-lo a voar. Criamos nossos filhos para a vida e não para nós. Eles são um presente que D´us nos deu para que possamos ensinar-lhes a viver, amando-nos mutuamente.