Os Primeiros Anos

O terceiro na linhagem de líderes do Movimento Chabad foi Rabi Menachem Mendel Schneersohn, popularmente conhecido como o “Tsêmac Tsêdec”, devido ao título de sua volumosa responsa.
Rabi Menachem Mendel nasceu em erev Rosh Hashaná de 5549 (1789). Sua mãe foi Devoraa Leaa, filha do fundador do Movimento Chabad, Rabi Shneur Zalman de Liadi (1745-1812). Rebetsin Devora Lea faleceu três dias após o terceiro aniversário de Menachem Mendel, e a partir desse dia o pequeno órfão foi criado e educado pelo seu ilustre avô.

A prodigiosa capacidade do jovem logo se tornou evidente. Aos doze anos, ele já tinha escrito muitos tratados sobre temas de importância haláchica, e tinha começado a registrar os ensinamentos talmúdicos e chassídicos de seu avô, suplementando-os com seus próprios comentários e explicações.

Ainda na adolescência, foi designado por Rabi Shneur Zalman para engajar-se na pesquisa necessária e resposta às numerosas dúvidas haláchicas que chegavam sem parar dos eruditos da Rússia e restante da Europa.

Quando Rabi Menachem Mendel tinha apenas dezoito anos, o manuscrito de seu famoso discurso chassídico, “Raízes do Preceito da Prece” (Shoresh Mitzvat HaTefilá), o qual ele tentava esconder, foi descoberto pelo seu avô. Rabi Shneur Zalman ficou tão encantado com seu achado que a partir de então reservou mais tempo para estudarem juntos.

Rabi Menachem Mendel contava apenas vinte anos quando foi designado para cuidar da maior parte das atividades comunitárias de Rabi Shneur Zalman.