Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.

Tehillim do Dia - Salmos

Capítulos 79-82

Mostrar conteúdo em:
Salmo 79
As nações destruíram o Templo para blasfemar contra Deus e causaram uma dor a Israel que transcende a humilhação pessoal. Oramos a Deus para restaurar logo a honra de Israel – e, assim, a Sua própria – aos olhos de um mundo em dúvida.
  1. Um salmo de Assaf. Ó Deus, os povos invadiram Tua possessão, profanaram o Teu sagrado santuário, converteram Jerusalém em montes de escombros.
  2. Deixaram os cadáveres dos Teus servos para se tornarem alimento para as aves de rapina, e a carne dos Teus devotos para as feras da terra.
  3. Seu sangue derramaram como água por toda Jerusalém e nem sequer havia quem os pudesse enterrar.
  4. Nos tornamos objetos de escárnio para nossos vizinhos, zombaria e desprezo para os que nos rodeiam.
  5. Até quando, Eterno, ficarás irado? Será eterna Tua cólera? Até quando Teu zelo queimará como fogo?
  6. Derrama Tua ira sobre os povos que não Te reconhecem e sobre os reinos que não invocam o Teu Nome.
  7. Porque destruíram Jacob e assolaram a sua morada.
  8. Não Te recordes contra nós das iniqüidades do passado; apressa-Te em proporcionar-nos a Tua misericórdia, pois estamos muito enfraquecidos.
  9. Socorre-nos, ó Deus da nossa salvação, pela glória do Teu Nome! Salva-nos e expia os nossos pecados pelo amor do Teu Nome!
  10. Para que não indaguem as nações: “Onde está o seu Deus?” Que vejam as nações diante de nossos olhos a vingança do sangue derramado dos Teus servos.
  11. Que Te alcance o gemido do encarcerado, e pela grandeza do Teu poder salva-o da morte.
  12. Retribui a nossos vizinhos sete vezes mais desgraças que aquelas com que Te desonraram, ó Eterno!
  13. Então, nós, Teu povo, o rebanho de Teu campo, louvar-Te-emos eternamente, e de geração em geração cantaremos Tua glória.



Salmo 80
Como sugerido pelo cabeçalho deste Salmo, é um testemunho sobre os exílios futuros de Israel. Ele recorda ao povo judeu sua gloriosa relação anterior com Deus, e garante que será restaurada. Os três apelos quase idênticos (versículos 4, 8 e 20) são as petições dos três principais exílios: o exílio das Dez Tribos, o exílio da Babilônia e o atual exílio romano.
  1. Ao mestre do canto, com “Shoshanim”, “Edut”, um salmo de Assaf.
  2. Dá ouvidos, ó Pastor de Israel, que conduzes José como a um rebanho; revela-Te ante nós, ó Tu, que habitas entre os querubins!
  3. Apresenta-Te ante Efraim, Benjamim e Menashê, desperta Teu poder e vem salvar-nos.
  4. Restaura-nos, ó Deus, e faze sobre nós resplandecer Tua face, e então seremos salvos.
  5. Eterno, Deus dos Exércitos, até quando ignorarás as preces do Teu povo?
  6. Deste-lhe lágrimas por pão e os fizeste beber copioso pranto.
  7. Fizeste-nos lutar com nossos vizinhos, e nossos inimigos zombam de nós.
  8. Restaura-nos, ó Deus dos Exércitos! Faze sobre nós resplandecer Tua face, e então seremos salvos.
  9. Uma vinha trouxeste do Egito, e expulsaste povos para plantá-la.
  10. Lhe preparaste terreno, e ela fincou raízes e encheu a terra.
  11. Sua sombra encobriu montanhas, e seus galhos se tornaram cedros vigorosos.
  12. Até o mar estendeu seus ramos, e até o rio seus brotos.
  13. Por que destruíste suas cercas e deste modo a despojam todos os transeuntes?
  14. Devasta-a o javali da floresta, devoram-na todos que rastejam pelo campo.
  15. Ó Eterno dos Exércitos, rogamos que retornes! Dos céus, observa o que se passa e tem consideração por esta vinha,
  16. pela cepa plantada por Tua mão, pelo broto que para Ti fortaleceste.
  17. Ela está queimada pelo fogo e cortada; ante Tua repreensão ela perece.
  18. Concede Tua ajuda àquele que está à Tua Destra, ao filho do homem que para Ti fortaleceste.
  19. Nós não nos apartaremos de Ti; preserva pois nossa vida, para que Teu Nome possamos invocar.
  20. Restaura-nos, ó Eterno, Deus dos Exércitos, e faze sobre nós resplandecer Tua face, e então seremos salvos!



Salmo 81
Não importa o quanto uma pessoa submergiu: Deus sempre espera seu arrependimento e vire uma nova página. Assim como nos libertou da escravidão no Egito, Ele também está pronto para afrouxar os grilhões do pecado que nos prendem ao nosso estado inferior. Precisamos apenas começar e tomar a resolução de fazer a Sua vontade.
  1. Ao mestre do canto, sobre “Guitit”, de Assaf.
  2. Erguei canções de júbilo a Deus, que é a nossa fortaleza; fazei soar alegres vozes ao Deus de Jacob.
  3. Entoai um salmo e fazei ressoar o pandeiro, a agradável harpa e o saltério.
  4. Soprai o “Shofar” na lua nova, no tempo fixado como dia da nossa festa.
  5. Pois este é um estatuto para Israel, um dia de juízo para o Deus de Jacob.
  6. Ele o estabeleceu para José como testemunho, quando este saiu para governar na terra do Egito, onde ouviu uma língua que não conhecia.
  7. Deus disse: “Livrei seu ombro da carga, e do caldeirão da servidão retirei suas mãos.
  8. Na angústia clamaste e Eu te livrei; com voz de trovão te respondi e provei-te junto às águas de Merivá.
  9. Ouve, povo Meu, Eu te advertirei, ó Israel, se Me escutares!
  10. Não haverá deuses estranhos em teu meio nem adoração a ídolos.
  11. Eu sou o Eterno, teu Deus, que te fez subir da terra do Egito; abre bem a tua boca, e te satisfarei.
  12. Mas o Meu povo não escutou a Minha voz, e Israel não Me quis.
  13. Assim, deixei-os seguir segundo a obstinação dos seus corações, para que atendessem seus próprios conselhos.
  14. Ah, se Me escutasse o Meu povo, se Israel trilhasse Meus caminhos!
  15. Num instante Eu abateria os seus inimigos, e contra os seus adversários alçaria Minha mão.”
  16. Aos inimigos de Israel que odeiam o Eterno mas não o declaram abertamente, seu castigo será eterno,
  17. enquanto a Israel Ele nutrirá com o melhor dos alimentos, e com o mel que emana da rocha o saciará.



Salmo 82
O tema deste Salmo – eqüidade e justiça – é um pré-requisito para a existência da terra. Esta mensagem não se limita aos tribunais. Na sua vida pessoal, cada ser humano deve se comportar como juíz de si próprio, pois suas opiniões e decisões sobre as pessoas podem afetar suas vidas.
  1. Um salmo de Assáf. O Eterno está presente na assembléia Divina onde se profere a justiça; Ele, entre os juízes, promulga Sua sentença.
  2. Vós, porém, ó juízes, até quando sentenciareis perversamente, favorecendo os malévolos?
  3. Fazei justiça ao desfavorecido e ao órfão; procedei corretamente para com o aflito e o desamparado.
  4. Libertai o oprimido e o indigente; salvai-os das mãos dos ímpios.
  5. Eles, os juízes, porém, nada sabem e nada querem compreender; vagueiam pelas trevas da ignorância e da insensibilidade; abalam assim os fundamentos que sustentam a terra.
  6. Eu disse: “Vós, ó juízes, sois como os anjos; todos vós sois filhos do Altíssimo!”
  7. Porém, como todo ser humano, também haveis de morrer; e como qualquer príncipe haveis de sucumbir.
  8. Levanta-Te, ó Eterno, e julga Tua terra, pois a Ti pertencem todas as nações!



Salmo 79
As nações destruíram o Templo para blasfemar contra Deus e causaram uma dor a Israel que transcende a humilhação pessoal. Oramos a Deus para restaurar logo a honra de Israel – e, assim, a Sua própria – aos olhos de um mundo em dúvida.
  1. Mizmor leassaf, Elohim báu goyim benachalatêcha, timeú et hechal codshêcha, sámu et Ierushaláyim leiyim.
  2. Natenu et nivlat avadêcha maachal leof hasha-maáyim, bessar chassidêcha lechaito árets.
  3. Shafechú damam camáyim, sevivot Ierushaláyim veen cover.
  4. Hayínu cherpá lish’chenênu, láag vakéles lisvivotênu.
  5. Ad ma Adonai teenaf lanétsach, tiv’ar kemo esh kin’atêcha.
  6. Shefoch chamatechá el hagoyim asher lo iedaúcha, veal mamlachot asher beshimchá lo caráu.
  7. Ki achal et Iaacov, veet navêhu heshámu.
  8. Al tizcor lánu avonot rishonim, maher iecademúnu rachamêcha, ki dalônu meod.
  9. Ozrênu Elohê yish’enu al devar kevod shemêcha, vehatsilenu vechaper al chatotênu lemáan shemêcha.
  10. Láma iomeru hagoyim aiê Elohehem, yivada bagoyim leenênu nicmat dam avadêcha hashafuch.
  11. Tavo lefanêcha encat assir, kegódel zeroachá, hoter benê temuta.
  12. Vehashev lish’chenênu shiv’atáyim el checam, cherpatam asher cherefúcha Adonai.
  13. Vaanáchnu amechá vetson mar’itêcha nodê lechá leolam, ledor vador nessaper tehilatêcha.

Salmo 80
Como sugerido pelo cabeçalho deste Salmo, é um testemunho sobre os exílios futuros de Israel. Ele recorda ao povo judeu sua gloriosa relação anterior com Deus, e garante que será restaurada. Os três apelos quase idênticos (versículos 4, 8 e 20) são as petições dos três principais exílios: o exílio das Dez Tribos, o exílio da Babilônia e o atual exílio romano.
  1. Lamenatsêach el shoshanim, edut leassaf mizmor.
  2. Roe Yisrael haazína noheg catson Iossef, ioshev hakeruvim hofía.
  3. Lifnê Efráyim uviniamin umenashe orerá et guevuratêcha, ulchá lishuáta lánu.
  4. Elohim hashivênu, vehaer panêcha venivashêa.
  5. Adonai Elohim Tsevaót, ad matai ashánta bitfilat amêcha.
  6. Heechaltam léchem dim’á, vatash’kêmo bid’maót shalish.
  7. Tessimênu madon lish’chenênu, veoievênu yil’agú lámo.
  8. Elohim Tsevaót hashivênu, vehaer panêcha venivashêa.
  9. Guéfen mimitsráyim tassía, tegaresh goyim vatitaêha.
  10. Piníta lefanêha vatash’resh shorashêha, vatemale árets.
  11. Cassu harim tsilá, vaanafêha arzê El.
  12. Teshalach ketsirêha ad iam, veel nahar ionecotêha.
  13. Láma paráts’ta guederêha, vearúha col overê dárech.
  14. Iecharsemêna chazir miiáar veziz sadai yir’êna.
  15. Elohim Tsevaót shuv na, habet mishamáyim ur’e, ufcod guéfen zot.
  16. Vechaná asher nateá ieminêcha, veal ben imáts’ta lach.
  17. Serufa vaesh kessuchá, migaarat panêcha iovêdu.
  18. Tehi iadechá al ish ieminêcha, al ben adam imáts’ta lach.
  19. Velo nassog mimêca, techaiênu uvshimchá nicrá.
  20. Adonai Elohim Tsevaót hashivênu, haer panêcha venivashêa.

Salmo 81
Não importa o quanto uma pessoa submergiu: Deus sempre espera seu arrependimento e vire uma nova página. Assim como nos libertou da escravidão no Egito, Ele também está pronto para afrouxar os grilhões do pecado que nos prendem ao nosso estado inferior. Precisamos apenas começar e tomar a resolução de fazer a Sua vontade.
  1. Lamenatsêach al haguitit leassaf.
  2. Harnínu lelohim uzênu haríu lelohe Iaacov.
  3. Seú zimra utnu tof, kinor naim im nável.
  4. Tic’ú vachodesh shofar, bakésse leiom chaguênu.
  5. Ki choc leyisrael hu, mishpat lelohê Iaacov.
  6. Edut bihossef samó betseto al érets Mitsráyim, sefat lo iadáti eshma.
  7. Hassirôti missével shichmo, capav midud taavórna.
  8. Batsara caráta vaachaletsêca, eenchá besséter ráam, evchonchá al mê meriva, sêla.
  9. Shema ami veaída bach, Yisrael im tishma li.
  10. Lo yihie vecha el zar, velo tishtachave leel nechar.
  11. Anochi Adonai Elohêcha hamaalchá meérets Mitsráyim, harchev pícha vaamal’êhu.
  12. Velo shama ami lecoli, veyisrael lo áva li.
  13. Vaashalechêhu bishrirut libam, ielechu bemoa-tsotehem.
  14. Lu ami shomêa li, Yisrael bidrachai iehalêchu.
  15. Kim’at oievehem achnía veal tsarehem ashiv iadi.
  16. Messaneê Adonai iecháchashu lo, vihi itam leolam.
  17. Vaiaachilêhu mechélev chitá, umitsur devash asbiêca.

Salmo 82
O tema deste Salmo – eqüidade e justiça – é um pré-requisito para a existência da terra. Esta mensagem não se limita aos tribunais. Na sua vida pessoal, cada ser humano deve se comportar como juíz de si próprio, pois suas opiniões e decisões sobre as pessoas podem afetar suas vidas.
  1. Mizmor leassaf, Elohim nitsav baadat El, bekérev Elohim yishpot.
  2. Ad matai tishpetú ável, ufnê reshaim tis’ú, sêla.
  3. Shiftú dal veiatom, ani varash hatsdícu.
  4. Paletú dal veevion, miiad reshaim hatsílu.
  5. Ló iadeú veló iavínu, bachashechá yit’haláchu, yimótu col mossedê árets.
  6. Ani amárti elohim atem uvnê elion culchem.
  7. Achen keadam temutun, ucheachad hassarim tipôlu.
  8. Cuma Elohim, shoftá haárets, ki ata tinchal bechol hagoyim.


© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.

A Parashá
ParasháSucot
Texto:
Esta página em outros idiomas