Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.

Tehillim do Dia - Salmos

Capítulos 113-118

Mostrar conteúdo em:
Salmo 113
Os seis Salmos seguintes são de louvor com o nome de Halel, recitados a cada festa, e servem para comemorar os momentos de salvação nacional. Estes Salmos contêm temas fundamentais da fé judaica: Êxodo, divisão do Mar Vermelho, outorga da Torá no monte Sinai, a futura ressurreição dos mortos e a vinda do Messias. Estas orações retratam Deus como o Senhor do Universo, que conduz e modela a história da humanidade conforme seu projeto.
  1. Haleluiá! Louvado seja o Eterno! Louvai Seu Nome, ó servos do Eterno!
  2. Seja bendito Seu Nome, desde agora e para todo o sempre.
  3. Do nascimento do sol a seu ocaso, seja o Nome do Eterno louvado.
  4. Muito acima de todas as nações está o Eterno, e acima dos céus Sua glória.
  5. Quem é como o Eterno, nosso Deus, que habita nas alturas
  6. e vê o que se passa nos céus e na terra?
  7. Do pó Ele levanta o pobre, e do monturo, o indigente,
  8. para fazê-los sentar com os nobres, com os exaltados nobres de Seu povo.
  9. Somente Ele pode transformar uma mulher estéril em alegre mãe de vários filhos. Louvado seja o Eterno! Haleluiá!



Salmo 114
Este Salmo continua o anterior, e louva a Deus por erguer os necessitados e despossuídos. Israel foi elevado desta maneira quando deixou o Egito e arriscou sua vida, entrando no mar por ordem Divina.
  1. Quando saiu Israel do Egito e a Casa de Jacob de um ambiente de língua estranha à sua,
  2. tornou-se Judá seu sagrado povo e Israel Seu domínio.
  3. Viu-os o mar e fugiu; retrocedeu seu fluxo o Jordão.
  4. Como cabritos saltaram os montes, como cordeiros os outeiros.
  5. O que te pôs em fuga, ó mar, e o que te fez retroceder, ó Jordão?
  6. Por que como cabritos saltastes, ó montes, e vós como cordeiros, ó outeiros?
  7. Diante da Presença do Eterno eu tremi, diz a terra, diante da Presença do Deus de Jacob,
  8. que converte o rochedo num lago e o penhasco numa fonte.



Salmo 115
O Salmo anterior trata do temor reverencial inspirado pelos milagres de Deus. Aqui, o salmista descreve os resultados desta inspiração. Embora Israel tenha permanecido imbuído de fé, nossos opressores logo escarneceram: “Onde está o seu Deus?” Assim, oramos para Deus intervir novamente nos assuntos do ser humano, menos por amor a nós, e mais por ele mesmo.
  1. Não a nós, ó Eterno, não a nós, mas a Teu Nome, concede glória, por Tua benevolência e por Tua fidelidade.
  2. Por que diriam as nações: “Onde está o seu Deus?”
  3. Nos céus está nosso Deus, e tudo que lhe aprouver Ele fez.
  4. Quanto a seus ídolos, são apenas ouro e prata, obras de mãos humanas.
  5. Eles têm boca, mas não conseguem articular sequer um som; olhos têm, mas não conseguem enxergar;
  6. têm ouvidos que não escutam, narinas que são incapazes de sentir cheiros,
  7. mãos que não apalpam, pés que não se movem, e som algum pode ser emitido por suas gargantas.
  8. Que passem a ser como eles os que os constróem e todos que os veneram e neles confiam.
  9. Israel, porém, confia somente no Eterno, que é seu Amparo e seu Escudo.
  10. Ó Casa de Aarão, confia no Eterno, que é teu Amparo e teu Escudo.
  11. Ó vós, que temeis o Eterno, Nele depositai vossa confiança, pois Ele é vosso Amparo e vosso Escudo.
  12. De nós se lembra o Eterno e nos concede Sua benção. Ele abençoará a Casa de Israel; a Casa de Aarão há de abençoar;
  13. abençoará aos que temem o Eterno, tanto aos pequenos como aos grandes.
  14. Que o Eterno vos multiplique, a vós e a vossos descendentes.
  15. Que sejais benditos pelo Eterno, que fez os céus e a terra.
  16. Do Eterno são os céus, mas aos homens Ele entregou a terra.
  17. Nem os mortos nem os que descem à região do silêncio podem louvar ao Eterno.
  18. Mas nós bendiremos ao Eterno, desde agora e para todo o sempre. Louvado seja o Eterno! Haleluiá!



Salmo 116
O salmista previu a solidão de Israel no exílio. As nações iriam zombar dele, dizendo: “Vossas orações e rogos são inúteis, pois Deus voltou um ouvido surdo para vós.” Assim, ele compôs este Salmo para encorajar os exilados, abatidos, e seguro de que “Ele ouvirá a minha voz e as minhas súplicas.”
  1. Amo ao Eterno porque Ele ouve minha voz e minhas súplicas.
  2. Para mim inclinou Seu ouvido e eu invocarei Seu Nome enquanto viver.
  3. Cercaram-me os laços da morte; as angústias da sepultura me envolveram, aflição e ansiedade se apoderaram de mim.
  4. Invoquei o Nome do Eterno: “Salva minha vida, ó Eterno!”
  5. Piedoso e benevolente é nosso Deus; Ele é misericordioso.
  6. Ele protege os que são simples; cheguei a estar prostrado, mas Ele me salvou.
  7. Volta a ter sossego, alma minha, pois o Eterno para contigo foi bondoso.
  8. Tu livraste, ó Eterno, minha alma da morte, meus olhos das lágrimas, meus pés de andarem sem repouso e tropeçarem.
  9. Continuarei entre os vivos, andando perante a face do Eterno.
  10. Mantive Nele minha confiança mesmo quando falei: “Grande é minha aflição.”
  11. Em desespero, cheguei a dizer: “Mentiroso e indigno de confiança é todo ser humano.”
  12. Como poderei retribuir ao Eterno por todos os benefícios que me tem feito?
  13. Tomarei o cálice da salvação e invocarei Seu santo Nome.
  14. Na presença de todo o seu povo cumprirei os votos que fiz ao Eterno.
  15. Preciosa é, a Seus olhos, a morte de Seus devotos.
  16. Agradeço-Te, ó Eterno; sou Teu servo, filho de Tua serva; quebraste as cadeias que me prendiam.
  17. A Ti trarei oferendas de agradecimento e invocarei Teu Nome.
  18. Na presença de todo o Seu povo hei de pagar meus votos ao Eterno, nos átrios de Sua casa, no meio de ti, ó Jerusalém! Louvado seja o Eterno! Haleluiá!



Salmo 117
Este Salmo de somente dois versículos, é o menor capítulo das Escrituras. Esta brevidade simboliza a ordem mundial que prevalecerá após o advento do Messias.
  1. Louvai ao Eterno, ó vós, todas as nações! Louvado seja Ele por todos os povos!
  2. Porque imensa é Sua constante bondade para conosco, e para sempre durará Sua fidelidade. Louvado seja o Eterno! Haleluiá!



Salmo 118
Este Salmo expressa gratidão e confiança. Assim como David foi levado de seus problemas para um reinado marcado por glórias e realizações, assim também Israel pode esperar pela redenção Divina dos apuros do exílio e da opressão.
  1. Agradecei ao Eterno porque Ele é bom e eterna é Sua misericórdia.
  2. Que proclame Israel: “Eterna é Sua misericórdia.”
  3. Que também proclame a casa de Aarão: “Eterna é Sua misericórdia.”
  4. Que proclamem todos os que temem ao Eterno: “Sua misericórdia é infinita!”
  5. Invoquei o Eterno no momento de angústia e Ele me ouviu e me livrou das atribulações.
  6. O Eterno está comigo, por isso nada temerei; o que me pode fazer o ser humano?
  7. O Eterno está comigo e me ampara, por isso posso enfrentar os meus inimigos.
  8. Melhor é confiar no Eterno do que nos seres humanos.
  9. Melhor é Nele confiar do que em príncipes.
  10. Cercaram-me todas as nações, mas em Nome do Eterno as destrocei.
  11. Voltaram a cercar-me, envolveram-me de todos os lados, mas em Nome do Eterno as destrocei.
  12. Cercaram-me como abelhas com seus ferrões, mas foram extintos como o fogo que queima os espinhos, pois em Nome do Eterno os destrocei.
  13. Com violência me empurraram para me fazer cair, mas o Eterno me amparou.
  14. O Eterno é minha força e meu cântico, e Ele foi minha salvação.
  15. Vozes de júbilo e salvação são escutadas das tendas dos justos, porque proezas realizou a Destra do Eterno.
  16. Exalta-se a Destra do Eterno e proezas realiza.
  17. Não morrerei! Viverei e hei de relatar os feitos do Eterno.
  18. Ele severamente me puniu, mas não me entregou à morte.
  19. Os portais da justiça abri para mim; por elas entrarei para louvar ao Eterno.
  20. Esta é a porta do Eterno, pela qual entrarão os justos.
  21. Quero agradecer-Te porque me escutaste e Te tornaste minha salvação.
  22. A pedra, inicialmente rejeitada pelos edificadores, veio a tornar-se a pedra angular,
  23. pois assim o determinou o Eterno. Maravilhoso é isto para nós!
  24. Este é o dia com que nos brindou o Eterno e nele nos alegraremos e nos regozijaremos!
  25. Rogo, ó Eterno, salva-nos e faze-nos prosperar!
  26. Bendito é aquele que vem em Nome do Eterno. Nós o bendizemos da casa do Eterno.
  27. O Eterno é nosso Deus, é Quem nos ilumina. Trazei a oferenda e atai-a aos ângulos do altar.
  28. Tu és meu Deus e eu Te exaltarei; meu Deus és Tu e sempre Te louvarei.
  29. Agradecei ao Eterno, porque Ele é bom e eterna é Sua misericórdia.



Salmo 113
Os seis Salmos seguintes são de louvor com o nome de Halel, recitados a cada festa, e servem para comemorar os momentos de salvação nacional. Estes Salmos contêm temas fundamentais da fé judaica: Êxodo, divisão do Mar Vermelho, outorga da Torá no monte Sinai, a futura ressurreição dos mortos e a vinda do Messias. Estas orações retratam Deus como o Senhor do Universo, que conduz e modela a história da humanidade conforme seu projeto.
  1. Haleluiá, halelu avdê Adonai, halelu et shem Adonai.
  2. Iehí shem Adonai mevorach meat vead olam.
  3. Mimizrach shémesh ad mevoô, mehulal shem Adonai.
  4. Ram al col goyim Adonai, al hashamáyim kevodo.
  5. Mi cadonai Elohênu hamagbihi lashávet, hamashpili lir’ot bashamáyim uvaárets.
  6. Mekimi meafar dal, meashpot iarim evion.
  7. Lehoshivi im nedivim, im nedivê amo.
  8. Moshivi akéret habáyit, em habanim semecha, halelu Iá.

Salmo 114
Este Salmo continua o anterior, e louva a Deus por erguer os necessitados e despossuídos. Israel foi elevado desta maneira quando deixou o Egito e arriscou sua vida, entrando no mar por ordem Divina.
  1. Betset Yisrael mimitsráyim, bet Iaacov meam loez.
  2. Haieta Iehudá lecodsho, Yisrael mamshelotav.
  3. Haiam raa vaianos, haiarden yissov leachor.
  4. Heharim rakedu cheelim, guevaot kivnê tson.
  5. Ma lecha haiam ki tanus, haiarden tissov leachor.
  6. Heharim tirkedú cheelim, guevaot kivnê tson.
  7. Milifnê adon chúli árets, milifnê Elôha Iaacov.
  8. Hahofechi hatsur agam máyim, chalamish lemaieno máyim.

Salmo 115
O Salmo anterior trata do temor reverencial inspirado pelos milagres de Deus. Aqui, o salmista descreve os resultados desta inspiração. Embora Israel tenha permanecido imbuído de fé, nossos opressores logo escarneceram: “Onde está o seu Deus?” Assim, oramos para Deus intervir novamente nos assuntos do ser humano, menos por amor a nós, e mais por ele mesmo.
  1. Lo lánu Adonai lo lánu, ki leshimchá tem cavod al chasdechá al amitêcha.
  2. Láma iomeru hagoyim aiê na Elohehem.
  3. Velohênu vashamáyim, col asher chafets assa.
  4. Atsabehem késsef vezahav, maassê iedê adam.
  5. Pe lahem velo iedabêru, enáyim lahem velo yir’ú.
  6. Oznáyim lahem velo yishmáu, af lahem velo ierichun.
  7. Iedehem velo iemishun, raglehem velo iehalêchu, lo iegu bigronam.
  8. Kemohem yihiu ossehem, col asher botêach bahem.
  9. Yisrael betach badonai, ezram umaguinan hu.
  10. Bet Aharon bitchú vadonai, ezram umaguinam hu.
  11. Yir’ê Adonai bitchú vadonai, ezram umaguinam hu.
  12. Adonai zecharánu ievarech, ievarech et bet Yisrael, ievarech et bet Aharon.
  13. Ievarech yir’ê Adonai, haketanim im haguedolim.
  14. Iossef Adonai alechem, alechem veal benechem.
  15. Beruchim atem ladonai, osse shamáyim vaárets.
  16. Hashamáyim shamáyim ladonai, vehaárets natan livnê adam.
  17. Lo hametim iehalelu Iá, velo col ioredê duma.
  18. Vaanáchnu nevarech Iá meata vead olam, halelu Iá.

Salmo 116
O salmista previu a solidão de Israel no exílio. As nações iriam zombar dele, dizendo: “Vossas orações e rogos são inúteis, pois Deus voltou um ouvido surdo para vós.” Assim, ele compôs este Salmo para encorajar os exilados, abatidos, e seguro de que “Ele ouvirá a minha voz e as minhas súplicas.”
  1. Ahávti ki yishma Adonai et coli tachnunai.
  2. Ki hita ozno li, uveiamai ecra.
  3. Afafúni chevlê mávet, umtsarê sheól metsaúni, tsara veiagon emtsa.
  4. Uvshem Adonai ecra, ána Adonai maleta nafshi.
  5. Chanun Adonai vetsadic, velohênu merachem.
  6. Shomer petayim Adonai, daloti veli iehoshía.
  7. Shuvi nafshi limnucháichi, ki Adonai gamal aláichi.
  8. Ki chilátsta nafshi mimávet, et eni min dim’á, et ragli midéchi.
  9. Et’halech lifnê Adonai beartsot hachayim.
  10. Heemanti ki adaber, ani aníti meod.
  11. Ani amárti vechofzi, col haadam cozev.
  12. Ma ashiv ladonai col tagmulóhi alai.
  13. Cos ieshuot essa, uvshem Adonai ecra.
  14. Nedarai ladonai ashalem, negda na lechol amo.
  15. Iacar beenê Adonai, hamávta lachassidav.
  16. Ána Adonai ki ani avdêcha, ani avdechá ben amatêcha, pitáchta lemosserai.
  17. Lecha ezbach zévach toda, uvshem Adonai ecrá.
  18. Nedarai ladonai ashalem, negda na lecho amo.
  19. Bechats’rot bet Adonai, betochêchi Ierushaláyim, halelu Iá.

Salmo 117
Este Salmo de somente dois versículos, é o menor capítulo das Escrituras. Esta brevidade simboliza a ordem mundial que prevalecerá após o advento do Messias.
  1. Halelú et Adonai col goyim, shabechúhu col haumim.
  2. Ki gavar alênu chasdo, veemet Adonai leolam, halelu Iá.

Salmo 118
Este Salmo expressa gratidão e confiança. Assim como David foi levado de seus problemas para um reinado marcado por glórias e realizações, assim também Israel pode esperar pela redenção Divina dos apuros do exílio e da opressão.
  1. Hodú ladonai ki tov, ki leolam chasdo.
  2. Iomar na Yisrael, ki leolam chasdo.
  3. Iomeru na vet Aharon, ki leolam chasdo.
  4. Iomeru na yir’e Adonai, ki leolam chasdo.
  5. Min hametsar caráti Iá, anáni vamerchav Iá.
  6. Adonai li lo irá, ma iaasse li adam.
  7. Adonai li beozerai, vaani er’e vessoneai.
  8. Tov lachassot badonai mibetôach baadam.
  9. Tov lachassot badonai mibetôach bindivim.
  10. Col goyim sevavúni, beshem Adonai ki amilam.
  11. Sabúni gam sevavúni beshem Adonai ki amilam.
  12. Sabúni chidvorim, doachu keesh cotsim, beshem Adonai ki amilam.
  13. Dacho dechitáni linpol, vadonai azaráni.
  14. Ozi vezimrat Iá, vaihi li lishua.
  15. Col rina vishua beaholê tsadikim, iemin Adonai ôssa cháyil.
  16. Iemin Adonai romema, iemin Adonai ôssa cháyil.
  17. Lo amut ki echie, vaassaper maassê Iá.
  18. Iassor yisseráni Iá, velamávet lo netanáni.
  19. Pitchu li shaarê tsédec, ávo vam ode Iá.
  20. Zé hasháar ladonai, tsadikim iavôu vo.
  21. Odechá ki anitáni, vatehi li lishua.
  22. Éven maassu habonim, haieta lerosh pina.
  23. Meet Adonai háita zot, hi niflat beenênu.
  24. Ze haiom assa Adonai, naguíla venismecha vo.
  25. Ána Adonai hoshía na; ána Adonai hatslícha na.
  26. Baruch habá beshem Adonai, berachnuchem mibet Adonai.
  27. El Adonai vaiáer lánu, isru chag baavotim ad carnot hamizbêach.
  28. Eli ata veodêca, Elohai aromemêca.
  29. Hodu ladonai ki tov, ki leolam chasdo.


© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.

A Parashá
ParasháVaerá
Esta página em outros idiomas