Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!

Tehillim do Dia - Salmos

Capítulos 135-139

Mostrar conteúdo em:
Salmo 135
Este Salmo recorda os milagres do Êxodo e da jornada de Israel através do deserto, testemunhando que Deus criou o Universo, supervisiona e guia a história. Ele conclui que não vale a pena adorar nada exceto o Eterno.
  1. Louvado seja o Eterno! Louvai Seu Nome, servos do Eterno, louvai-O!
  2. Vós, que estais em Sua morada, nos átrios da casa de nosso Deus,
  3. louvai-o, porque Ele é bom. Entoai louvores a Seu Nome, e isto vos trará alegria.
  4. A Jacob escolheu para Si o Eterno, sim, a Israel como Seu tesouro entre todos os povos.
  5. Sei que grandioso é o Eterno, incomparavelmente acima de todos os deuses.
  6. O que Lhe aprouve Ele o fez, tanto no céu como na terra, no mar e em todos os abismos.
  7. Das extremidades da terra faz subir as nuvens; faz relâmpagos precederem as chuvas, e libera o vento de seus reservatórios.
  8. Ele foi Quem feriu os primogênitos no Egito, tanto dos homens quanto dos animais;
  9. foi também Quem realizou prodígios e enviou sinais de admoestação em ti, ó Egito, contra o Faraó e todos que o serviam;
  10. Ele destroçou muitas nações e exterminou reis poderosos, como
  11. Sichon, rei dos Amoreus, Og, rei de Bashan, e os de todos os reinos de Canaã;
  12. e sua terra deu como herança a Israel, Seu povo.
  13. Por todo o sempre há de subsistir Teu Nome, e a fama de Tua grandeza na memória de todas as gerações.
  14. Pois o Eterno julgará Seu povo, e enternecer-se-á em relação a Seus servos.
  15. Os ídolos das nações são de prata e ouro, produzidos pela mão dos homens.
  16. Eles têm boca mas não falam; têm olhos mas não vêem;
  17. têm ouvidos mas não escutam; e não há alento de vida em qualquer deles.
  18. A eles se assemelham os que os fabricam, e os que neles depositam sua confiança.
  19. Quanto a ti, casa de Israel, bendize o Eterno; casa de Aarão, bendize o Eterno,
  20. casa de Levi, bendize o Eterno; e vós todos, que temeis somente ao Eterno, bendizei-o.
  21. De Tsión seja bendito o Eterno que habita em Jerusalém. Louvado seja o Eterno. Haleluiá!



Salmo 136
Os 26 versículos deste Salmo aludem à misericórdia Divina, pois 26 gerações antes que a Torá fosse outorgada, Deus proveu a todos os seres vivos a partir de Sua misericórdia. Depois da outorga da Torá, o ser humano começou a conquistar seu merecimento ao cumprir os mandamentos. Além disto, o valor numérico do Nome Inefável – que representa a misericórdia Divina – é 26.
  1. Rendei graças ao Eterno porque ele é bom; porque eterna é Sua misericórdia.
  2. Louvai ao Deus dos deuses, porque eterna é Sua misericórdia.
  3. Rendei graças ao Senhor de todos os senhores, porque eterna é Sua misericórdia;
  4. Àquele que sozinho realizou grandes maravilhas, porque eterna é Sua misericórdia.
  5. Àquele que com sabedoria criou os céus, porque eterna é Sua misericórdia;
  6. Àquele que estendeu a terra sobre as águas, porque eterna é Sua misericórdia;
  7. Àquele que criou os grandes astros, porque eterna é Sua misericórdia;
  8. O sol para reinar no dia, porque eterna é Sua misericórdia;
  9. a lua e as estrelas para governarem à noite, porque eterna é Sua misericórdia;
  10. Àquele que feriu os primogênitos dos egípcios, porque eterna é Sua misericórdia;
  11. e que de seu meio retirou Israel, porque eterna é Sua misericórdia;
  12. com a força do braço e mão poderosa, porque eterna é Sua misericórdia;
  13. Àquele que em doze partes dividiu o Mar Vermelho, porque eterna é Sua misericórdia,
  14. e através dele fez passar a Israel, porque eterna é Sua misericórdia;
  15. e ao Faraó e seu exército precipitou naquele mar, porque eterna é Sua misericórdia;
  16. Àquele que pelo deserto conduziu Seu povo, porque eterna é Sua misericórdia;
  17. Àquele que abateu reis poderosos, porque eterna é Sua misericórdia;
  18. e as vidas destes exterminou, porque eterna é Sua misericórdia;
  19. de Sichón, rei dos Amoreus, porque eterna é Sua misericórdia;
  20. de Og, rei de Bashán, porque eterna é Sua misericórdia;
  21. e sua terra doou como herança, porque eterna é Sua misericórdia;
  22. a Seu povo, Israel, porque eterna é Sua misericórdia;
  23. Àquele que de nós se lembrou quando estávamos indefesos, porque eterna é Sua misericórdia,
  24. e nos salvou dos nossos adversários, porque eterna é Sua misericórdia;
  25. é Ele quem fornece alimento a todos os seres vivos, porque eterna é Sua misericórdia.
  26. Rendei graças ao Deus dos céus, porque eterna é Sua misericórdia.



Salmo 137
Deus permitiu ao Rei David ter visões proféticas da destruição dos dois Templos. Mas a destruição e o exílio para terras estrangeiras e distantes não autoriza o judeu a promover causas e culturas estrangeiras. Apesar de suas errar pelo mundo, a missão do judeu permanece arraigada ao coração de Jerusalém, promovendo a Torá, seus mandamentos e o conhecimento de Deus no mundo. Se não agir assim, todas suas prodigiosas habilidades podem muito bem ser esquecidas.
  1. Às margens dos rios da Babilônia, nos sentávamos e chorávamos, lembrando de Tsión.
  2. Sobre seus salgueiros, penduramos nossas harpas,
  3. pois os que nos capturaram nos exigiam canções, e nossos atormentadores pretendiam que os alegrássemos, dizendo: “Cantai para nós algum dos cânticos de Tsión.”
  4. Como poderíamos entoar o cântico do Eterno em terra estranha?
  5. Se eu me esquecer de ti, ó Jerusalém, que perca minha destra a sua destreza!
  6. Que se cole minha língua ao palato, se não me lembrar sempre de ti, se não mantiver a recordação de Jerusalém acima da minha maior alegria.
  7. Quanto aos filhos de Edom, lembra contra eles o dia da destruição de Jerusalém, porque diziam: “Arrasai-a, arrasai-a até seus alicerces.”
  8. Ó filha da Babilônia, destinada estás a ser devastada; bem-aventurado será aquele que retribuir a ti todo o sofrimento que nos infligiste.
  9. Sim, bem-aventurado será aquele que teus filhos esmagar contra uma rocha.



Salmo 138
Vive na realidade quem vive consciente de que Deus é onipotente e intimamente próximo dos que O procuram. Vivem num mundo de fantasia os iludidos com a falsa sensação do poder e da invencibilidade humanas.
  1. De David. De todo meu coração hei de agradecer-Te e, na presença dos poderosos, canções de louvor entoarei para Ti.
  2. Ante Teu sagrado santuário hei de prostrar-me e render graças a Teu Nome por Tua bondade e Tua fidelidade, pois alargaste Tua promessa acima de todo o limite.
  3. Quando a Ti clamei, me atendeste e revigoraste minha alma.
  4. Ao ouvir Tuas palavras, agradecer-Te-ão e louvarão todos os reis da terra.
  5. E cantarão nos caminhos do Eterno, exaltando a imensidão de Sua glória.
  6. Mesmo das alturas, o Eterno se apercebe dos humildes e adverte os arrogantes.
  7. Mesmo que eu atravesse atribulações, serei por Ti reanimado; contra a cólera de meus inimigos estenderás Tua Destra e ela me salvará.
  8. Possa o Eterno me favorecer. Ó Eterno, perpétua é Tua misericórdia; não abandones, pois, a obra de Tuas mãos!



Salmo 139
A Onisciência e Onipotência de Deus são absolutas. Ele conhece intimamente os pensamentos mais recônditos de cada ser humano. Ele sabe perfeitamente se a pessoa é um piedoso sincero ou um impostor.
  1. Ao mestre do canto, um salmo de David. Ó Eterno, Tu perscrutas meu íntimo e me conheces totalmente.
  2. Sabes quando me sento ou levanto e antecipas meu pensamento onde quer que eu esteja.
  3. Estás comigo quando repouso ou caminho, e Te são conhecidos todos os meus passos.
  4. Antes que eu venha a pronunciar uma palavra, ela já é conhecida pelo Eterno.
  5. De todos os lados e em todos os tempos me amparas e sobre mim estendes Tua mão protetora,
  6. embora eu não possa compreender como nem porquê.
  7. Para onde eu poderia ir se me quisesse afastar de Teu espírito? Como poderia fugir de Tua Presença?
  8. Se aos céus eu ascendesse, lá Te encontraria, e se às profundezas me lançasse, também lá estarias.
  9. Se com as asas da aurora eu me puser a voar, e se aos confins dos mares eu me dirigir,
  10. Tua Mão me continuará a conduzir e Tua Destra a me sustentar.
  11. Se eu disser: “Certamente a escuridão me há de ocultar”, eis que à minha volta se iluminará a noite.
  12. De Ti nada encobrem as trevas e para Ti brilha a noite como o dia, pois luz e trevas são para Ti iguais
  13. Minha mente foi por Ti criada, e no seio de minha mãe me formaste.
  14. Louvar-Te-ei por me teres tão maravilhosamente plasmado, pois admiráveis são todas as Tuas obras como bem o sabe minha alma.
  15. De Ti não esteve oculta minha essência quando em segredo fui gerado; nos recônditos da terra fui moldado.
  16. Teus olhos fitaram meu ser ainda disforme, pois em Teu livro estão registradas todas as criaturas que, a seu tempo, serão criadas. Para o Eterno, entretanto, todas são como se fossem somente uma.
  17. Quão valiosos são para mim Teus pensamentos e quão vastos!
  18. Se pretendesse contá-los, perceberia serem mais numerosos que os grãos da areia, pois, mesmo ao terminar, continuaria a estar contigo, ó Eterno!
  19. Se destruísses os malévolos, ir-se-iam de mim os sanguinários,
  20. que pronunciam Teu Nome para intrigas e O usam em vão.
  21. Repudio os que Te odeiam e combaterei os que contra Ti se levantarem.
  22. Eu os abomino e verdadeiramente os considero meus inimigos.
  23. Analisa-me, ó Eterno! Perscruta meu coração, testa-me e esquadrinha meus pensamentos.
  24. E se vires em mim um mau caminho, guia-me ao caminho certo.



Salmo 135
Este Salmo recorda os milagres do Êxodo e da jornada de Israel através do deserto, testemunhando que Deus criou o Universo, supervisiona e guia a história. Ele conclui que não vale a pena adorar nada exceto o Eterno.
  1. Haleluiá, halelu et shem Adonai, halelu avdê Adonai.
  2. Sheomedim bevêt Adonai, bechats’rot bet Elohênu.
  3. Halelu Iá ki tov Adonai, zamerú lishmo ki naím.
  4. Ki Iaacov bachar lo Iá, Yisrael lisgulato.
  5. Ki ani iadáti ki gadol Adonai, vaadonênu micol elohim.
  6. Col asher chafets Adonai assa, bashamáyim uvaárets, baiamim vechol tehomot.
  7. Maale nessiym mic’tse haárets, berakim lamatar assa, môtse rúach meotserotav.
  8. Shehica bechorê Mitsráyim, meadam ad behema.
  9. Shalach otot umofetim betochêchi Mitsráyim, befar’ó uvchol avadav.
  10. Shehica goyim rabim, veharag melachim atsumim.
  11. Lessichon mélech haemori, uleog mélech habashan, ulechol mamlechot Kenáan.
  12. Venatan artsam nachala, nachala leyisrael amo.
  13. Adonai shimchá leolam, Adonai zichrechá ledor vador.
  14. Ki iadin Adonai amo, veal avadav yitnecham.
  15. Atsabê hagoyim kessef vezahav, maasse iedê adam.
  16. Pe lahem velo iedabêru, enáyim lahem velo yir’u.
  17. Oznáyim lahem velo iaazínu, af en iesh rúach befihem.
  18. Kemohem yihiu ossehem, col asher botêach bahem.
  19. Bet Yisrael barechú et Adonai, bet Aharon barechú et Adonai.
  20. Bet halevi barechú Adonai, yir’ê Adonai barechú et Adonai.
  21. Baruch Adonai mitsión, shochen Ierushaláyim, halelu Iá.

Salmo 136
Os 26 versículos deste Salmo aludem à misericórdia Divina, pois 26 gerações antes que a Torá fosse outorgada, Deus proveu a todos os seres vivos a partir de Sua misericórdia. Depois da outorga da Torá, o ser humano começou a conquistar seu merecimento ao cumprir os mandamentos. Além disto, o valor numérico do Nome Inefável – que representa a misericórdia Divina – é 26.
  1. Hodú ladonai ki tov, ki leolam chasdo.
  2. Hodú lelohê haelohim, ki leolam chasdo.
  3. Hodú laadonê haadonim, ki leolam chasdo.
  4. Leossê niflaot guedolot levado, ki leolam chasdo.
  5. Leossê hashamáyim bitvuná, ki leolam chasdo.
  6. Lerocá haárets al hamáyim, ki leolam chasdo.
  7. Leossê orim guedolim, ki leolam chasdo.
  8. Et hashémesh lememshélet baiom, ki leolam chasdo.
  9. Et haiarêach vechochavim lememshelot baláila, ki leolam chasdo.
  10. Lemakê Mitsráyim bivchorehem, ki leolam chasdo.
  11. Vaiotse Yisrael mitocham, ki leolam chasdo.
  12. Beiad chazacá uvizrôa netuiá, ki leolam chasdo.
  13. Legozer iam suf ligzarim, ki leolam chasdo.
  14. Veheevir Yisrael betocho, ki leolam chasdo.
  15. Venier par’ó vecheilo veiam suf, ki leolam chasdo.
  16. Lemolich amo bamidbar, ki leolam chasdo.
  17. Lemakê melachim guedolim, ki leolam chasdo.
  18. Vaiaharog melachim adirim, ki leolam chasdo.
  19. Lessichon mélech haemori, ki leolam chasdo.
  20. Uleóg mélech habashan, ki leolam chasdo.
  21. Venatan artsam lenachalá, ki leolam chasdo.
  22. Nachalá leyisrael avdo, ki leolam chasdo.
  23. Shebeshiflênu záchar lánu, ki leolam chasdo.
  24. Vayifrekênu mitsarênu, ki leolam chasdo.
  25. Noten léchem lechol bassár, ki leolam chasdo.
  26. Hodú leel hashamáyim, ki leolam chasdo.

Salmo 137
Deus permitiu ao Rei David ter visões proféticas da destruição dos dois Templos. Mas a destruição e o exílio para terras estrangeiras e distantes não autoriza o judeu a promover causas e culturas estrangeiras. Apesar de suas errar pelo mundo, a missão do judeu permanece arraigada ao coração de Jerusalém, promovendo a Torá, seus mandamentos e o conhecimento de Deus no mundo. Se não agir assim, todas suas prodigiosas habilidades podem muito bem ser esquecidas.
  1. Al naharot bavel, sham iashávnu gam bachínu bezoch’rênu et Tsión.
  2. Al aravim betocha talínu kinorotênu.
  3. Ki sham sheelúnu shovênu divrê shir vetolalênu simchá, shíru lánu mishir Tsión.
  4. Ech nashir et shir Adonai al admat nechar.
  5. Im eshcachêch Ierushaláyim, tishcach iemini.
  6. Tidbac leshoni lechiki im lo ezkerêchi, im lo aalê et Ierushaláyim al rosh simchati.
  7. Zechor Adonai livnê edom et iom Ierushaláyim, haomerim áru áru ad haiessod ba.
  8. Bat bavel hasheduda, ashrê sheieshalem lach et guemulech shegamalt lánu.
  9. Ashrê sheiochez venipêts et olaláyich el hassála.

Salmo 138
Vive na realidade quem vive consciente de que Deus é onipotente e intimamente próximo dos que O procuram. Vivem num mundo de fantasia os iludidos com a falsa sensação do poder e da invencibilidade humanas.
  1. Ledavid, odechá vechol libi, négued Elohim azamerêca.
  2. Eshtachave el hechal codshechá veode et shemêcha, al chasdechá veal amitêcha, ki higdálta al col shimchá imratêcha.
  3. Beiom caráti vataanêni, tar’hivêni venafshi oz.
  4. Iodúcha Adonai col malchê árets, ki shameú imrê fícha.
  5. Veiashíru bedarchê Adonai, ki gadol kevod Adonai.
  6. Ki ram Adonai veshafal yir’ê, vegavôha mimerchac ieiedá.
  7. Im elech bekérev tsará techaiêni, al af oievai tishlach iadêcha, vetoshiêni ieminêcha.
  8. Adonai yigmor baadi, Adonai chasdechá leolam, maassê iadêcha al téref.

Salmo 139
A Onisciência e Onipotência de Deus são absolutas. Ele conhece intimamente os pensamentos mais recônditos de cada ser humano. Ele sabe perfeitamente se a pessoa é um piedoso sincero ou um impostor.
  1. Lamenatsêach ledavid mizmor, Adonai chacartáni vateda.
  2. Ata iadáta shivti vecumi, bánta lereí merachoc.
  3. Orchi veriv’í zeríta, vechol derachai hiscánta.
  4. Ki en milá bilshoni, hen Adonai iadáta chula.
  5. Achor vakédem tsartáni, vatáshet alai capêcha.
  6. Peliá dáat mimêni, nisgueva lo uchal la.
  7. Ana elech meruchêcha, veána mipanêcha evrach.
  8. Im essac shamáyim sham áta, veatsía sheól hinêca.
  9. Essa chanfê sháchar, eshkená beacharit iam.
  10. Gam sham iadechá tanchêni, vetochazêni ieminêcha.
  11. Vaomar ach chóshech ieshufêni, velaila or baadêni.
  12. Gam chóshech lo iach’shich mimêca, velaila caiom iair cachashechá caora.
  13. Ki ata caníta chiliotai, tessukêni bevéten imi.
  14. Odechá al ki noraót niflêti, niflaim maassêcha venafshi iodáat meod.
  15. Lo nich’chad atsmi mimêca, asher ussêti vasséter rucámti betachtiót árets.
  16. Galmi raú enêcha veal sifrechá culam yicatêvu, iamim iutsáru velo echad bahem.
  17. Veli ma iakeru reêcha El, me atsemu rashehem.
  18. Esperem mechol yirbun, hekitsôti veodi imach.
  19. Im tictol Elôha rashá, veanshê damim súru mêni.
  20. Asher iomerúcha limzimá, nassu lashav arêcha.
  21. Halo messan’êcha Adonai esná, uvitcomemêcha etcotat.
  22. Tachlit sin’á senetim, leoievim háiu li.
  23. Chocrêni El veda levavi, bechonêni veda sar’apai.
  24. Ur’e im dérech otsev bi, unchêni bedérech olam.


© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.

A Parashá
ParasháMikêts
Esta página em outros idiomas