Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.
Para visualizar os horários de Shabat clique aqui para configurar a sua localização

Quarta-feira, 2 Outubro, 2019

Horas haláchicas (Zemanim)
Para visualizar horários haláchicos Clique aqui para configurar a sua localização
Jejum de Guedalyá
História Judaica

3 de Tishrei é dia de jejum pranteando o assassinato de Guedalyá ben Achikan, governador da Terra de Israel por um breve período após a destruição do Primeiro Templo. O assassinato de Guedalyá significou o fim da pequena comunidade judaica remanescente na Terra Santa após a destruição, que fugiu para o Egito. (seu assassinato na verdade ocorreu a 2 de Tishrei, mas a comemoração do evento é adiada para o dia seguinte, devido à celebração de Rosh Hashaná).

Rebetsin Devorah Leah, filha de Rabi Shneur Zalman de Liadi e mãe de Rabi Menachem Mendel de Lubavitch (o Tsemac Tsedec), faleceu nesta data apenas três dias após o terceiro aniversário de seu filho.

Leis e Costumes

Lamentando o assassinato de Guedalyá, abstemo-nos de comida e bebida da alvorada ao cair da noite; preces selichot são incluídas na prece matinal.

O período de dez dias começando em Rosh Hashaná e terminando em Yom Kipur é conhecido como "Os Dez Dias de Arrependimento"; este é o período, dizem os sábios do Talmud, sobre o qual o profeta fala quando proclama (Yeshayáhu 55:6): "Busca a D'us quando Ele deve ser encontrado; chama-O quando Ele está próximo." O Salmo 130, Avinu Malkeinu e outras inserções e adições especiais são incluídas em nossas preces diárias durante estes dias.