Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.
Para visualizar horários do Shabat clique aqui para selecionar sua localização

Shabat, 30 Maio, 2020

Horas haláchicas (Zemanim)
Para visualizar horários haláchicos Clique aqui para configurar a sua localização
2º dia de Shavuot
História Judaica

Avraham ben Avraham, o famoso “Ger Tzedek” (Justo Convertido) de Vilna, nasceu como Valentin Potozki, filho do Conde Potozki, um dos mais ricos proprietários de terra na Polônia. Quando estudante em Vilna conheceu o Judaísmo e resolveu se converter – uma ofensa capital na maioria dos países da Europa cristã na época. Fugiu para Amsterdã onde se converteu secretamente ao Judaísmo, assumindo o nome de Avraham ben Avraham (Avraham filho de Avraham).

Anos depois retornou a Vilna, onde foi reconhecido como o filho desaparecido do Conde Potozki e foi preso pela Igreja. Recusou-se a renunciar à sua fé e foi condenado à morte. Foi queimado em praça pública em 2 de Shavuot de 1749.

Leis e Costumes

Fora da Terra de Israel, Shavuot é observado por um segundo dia atualmente. Recita-se Yizkor e faz-se caridade em memória dos pais falecidos.

Yizcor é recitado hoje após a leitura da Torá.

Devido à santidade do Shabat, o acendimento de velas (de uma chama pré-existente) para Simchat Torá deve ser feito após o anoitecer.

Uma vez por mês, quando a lua aumenta no céu, recitamos uma bênção especial chamada Kidush Levaná, “a santificação da lua”, louvando o Criador pela Sua obra maravilhosa a que chamamos astronomia. KIdush Levaná é recitada após o anoitecer, geralmente na noite do sábado. A bênção é concluída com canções e danças, porque nossa nação é comparada à lua, que aumenta e diminui, como temos feito no decorrer da história. Quando abençoamos a lua, renovamos nossa confiança de que muito em breve, a luz da presença de D'us preencherá toda a terra e nosso povo será redimido do exílio. Embora Kidush Levaná possa ser recitada até três dias antes do renascimento da lua, a Cabalá nos diz que é melhor esperar uma semana inteira, até o sétimo dia do mês. Quando se passaram 15 dias, a lua começa a diminuir mais uma vez e a época para recitar a bênção já passou.