Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.
ב"ה
Para visualizar horários do Shabat clique aqui para selecionar sua localização

Shabat, 20 Março, 2021

Horas haláchicas (Zemanim)
Para visualizar horários haláchicos Clique aqui para configurar a sua localização
História Judaica

Trinta dias após o falecimento de Moshê a 7 de Adar, Yehoshua despachou dois batedores – Caleb e Pinchas – para o outro lado do Rio Jordão até Jericó, para estudarem a viabilidade da batalha dos israelitas com a primeira cidade na sua conquista da Terra Santa. Em Jericó, eles foram ajudados e escondidos por Rahab, uma mulher que vivia dentro dos muros da cidade. (Rahab mais tarde casou-se com Yehoshua).

Leis e Costumes

Na Leitura Nasi de hoje lemos sobre o presente levado pelo nasi da tribo de Efraim, Elishama ben Amihud, para a inauguração do Mishcan.

Uma vez ao mês, à medida que a lua aumenta no céu, recitamos uma bênção especial chamada Kiddush Levanah, “A santificação da lua”, louvando o Criador pela sua maravilhosa obra que chamamos de astronomia. Kiddush Levanah é recitada após o anoitecer, geralmente na noite de sábado. A bênção é concluída com canções e danças, porque nossa nação é comparada à lua, pois ela aumenta e diminui, como temos feito no decorrer da história. Quando abençoamos a lua, renovamos nossa confiança de que muito em breve, a luz da presença de D’us preencherá a terra e nosso povo será redimido do exílio. Embora Kiddush Levana possa ser recitada até 3 dias após o ressurgimento da lua, a Cabalá nos diz que é melhor esperar uma semana inteira, até o sétimo dia do mês. Uma vez que tenham se passado 15 dias, a lua começa a diminuir novamente e a época para recitar a bênção passou.