Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.
Para visualizar horários do Shabat clique aqui para selecionar sua localização

Terça-feira, 1 Outubro, 2019

Horas haláchicas (Zemanim)
Para visualizar horários haláchicos Clique aqui para configurar a sua localização
Rosh Hashaná
Leis e Costumes

Ao acender velas e fazer kidush na véspera do 2º dia de Rosh Hashaná, uma "nova fruta" (i.e., uma que não tenha ainda sido comida nesta estação) é colocada sobre a mesa; a fruta é então comida após o kidush. Isso é para nos deixar aptos a fazer a bênção Shehecheyanu, louvando a D'us por "nos conceder a vida, nos sustentar e nos trazer a esta estação" (como os dois dias de Rosh Hashaná são considerados como "um longo dia", a bênção Shehecheyanu, recitada nas festas pelas mulheres quando acendem as velas e pelos homens no kidush, exige uma fonte adicional de júbilo).

Como fizemos ontem no 1º dia de Rosh Hashaná, novamente tocamos o shofar cem vezes, em várias combinações de tekiah (um toque longo), shevarim, (três soluços interrompidos) e teruah (um stacato de notas breves), em cumprimento da mitsvá fundamental de Rosh Hashaná. O shofar serve para anunciar nossa coroação de D'us como Rei do Universo, como um chamado ao arrependimento e para evocar a lembrança do sacrifício de Yitschac.

Como já fizemos a bênção Shehecheyanu no toque do shofar de ontem, aquele que toca o shofar deve vestir uma roupa nova.

O período de dez dias começando em Rosh Hashaná e terminando em Yom Kipur é conhecido como "Os Dez Dias de Arrependimento"; este é o período, dizem os sábios do Talmud, sobre o qual o profeta fala quando proclama (Yeshayáhu 55:6): "Busca a D'us quando Ele deve ser encontrado; chama-O quando Ele está próximo." O Salmo 130, Avinu Malkeinu e outras inserções e adições especiais são incluídas em nossas preces diárias durante estes dias.