Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.
ב"ה
Para visualizar horários do Shabat clique aqui para selecionar sua localização

Shabat, 5 Dezembro, 2020

Horas haláchicas (Zemanim)
Para visualizar horários haláchicos Clique aqui para configurar a sua localização
Yud-Tes Kislev - "Rosh Hashanah of Chassidism"
História Judaica

Rabi DovBer, conhecido como "O Maguid de Mezeritch", foi o discípulo e sucessor do fundador do Chassidismo, Rabi Israel Báal Shem Tov. Rabi DovBer liderou o Movimento Chassídico de 1761 até seu falecimento em 10 de Kislêv de 1772.

A 19 de Kislêv de 5559 (1798), Rabi Shneur Zalman de Liadi – importante discípulo de Rabi DovBer de Mezeritch e fundador do Chassidismo – foi libertado de seu encarceramento na Fortaleza de Pedro e Paulo em S. Petersburgo, onde foi mantido por 52 dias sob acusações de que seus ensinamentos ameaçavam a autoridade imperial do Czar. Mais que uma libertação pessoal, este foi um divisor de águas na história do Chassidismo, introduzindo uma nova era na revelação da "alma interior" da Torá, sendo celebrado até hoje como o "Rosh Hashaná da Chassidut".

No mesmo dia em que Rabi Shneur Zalman foi libertado da prisão, nasceu-lhe uma neta – filha de seu filho Rabi DovBer e sua esposa Rebetsin Sheina. A menina recebeu o nome de Menuchá Rachel – "Menuchá" significa tranqüilidade (Rachel era o nome de uma filha de Rabi Shneur Zalman que faleceu ainda jovem.) Em 1845, Rebetsin Menuchá Rachel realizou o desejo de toda sua vida: morar na Terra Santa. Se estabeleceram em Hebron quando ela e o marido Rabi Yaacov Culi Slonim (falecido em 1857), lideraram um grupo de chassidim. Famosa por sua sabedoria, piedade e erudição, ela atuou como Matriarca da comunidade chassídica em Hebron até seu falecimento, aos 90 anos, em 1888.

Leis e Costumes

Esta noite, comecando com as preces noturnas Maariv, comecamos a inserir um pedido pela chuva “v’ten tal u’matar” – na 9ª bênção da Amidah (na Terra Santa, o pedido pela chva é inserido começando em 7 de Cheshvan).

A data é celebrada com farbrenguens (reuniões chassídicas) e um maior apego aos caminhos e ensinamentos do Chassidismo. Tachanun (súplicas) e preces similares são omitidas. Começamos novamente o ciclo anual do estudo diário do Tanya, a obra magna de Rabi Shneur Zalman como parte do programa de estudo diário, o "Chitas".