Enter your email address to get our weekly email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life.
Para visualizar horários do Shabat clique aqui para selecionar sua localização

Sexta-feira, 15 Novembro, 2019

Horas haláchicas (Zemanim)
Para visualizar horários haláchicos Clique aqui para configurar a sua localização
História Judaica

A chuva começou a cair a 17 de Cheshvan de 1656 (2105), inundando a terra e subindo acima das montanhas mais altas. Somente Nôach e sua família sobreviveram na arca construída para esta finalidade por ordem Divina, e um par de cada espécie animal, que haviam entrado na arca com eles.

Segue-se a cronologia do Dilúvio, conforme indicada pelas datas e períodos fornecidos na narrativa da Torá e calculados por Rashi:
17 de Cheshvan: Nôach entra na arca; a chuva começa.
27 de Kislêv: Quarenta dias de chuva terminam; têm início 150 dias do subir das águas, durante os quais a água atinge a altura de 15 cúbitos sobre o pico das montanhas.
1º de Sivan: A água se acalma e começa a descer na proporção de um cúbito a cada quatro dias.
17 de Sivan: O fundo da arca, submerso 11 cúbitos, toca o topo do Monte Ararat.
1º de Av: O pico da montanha aparece na superfície da água.
10 de Elul: Quarenta dias após os picos das montanhas ficarem visíveis, Nôach abre a janela da arca e despacha um corvo.
17 de Elul: Nôach envia a pomba pela primeira vez. Ela retorna logo indicando que não havia local seco onde pudesse pousar.
23 de Elul: A pomba é enviada uma segunda vez, e volta com uma folha de oliveira no bico.
1º de Tishrei: Terceira missão da pomba. Ela alça vôo, mas não retorna à arca.A água foi completamente drenada.
27 de Cheshvan: O solo está totalmente seco. Nôach sai da arca. (Esta cronologia segue a opinião so sábio talmúdico Rabi Eliezer; segundo a interpretação de Rabi Yehoshua, o Dilúvio começou a 17 de Iyar, e todas as datas acima devem ser movidas seis meses adiante.)
O tempo total que Nôach passou na arca: 365 dias (um ano solar; um ano e 11 dias no calendário lunar).