Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato

A Quarta Bênção de Bilam

A Quarta Bênção de Bilam

Eventos que Acontecerão na Época de David e Mashiach

 E-mail

"A irrevogável declaração de Bilam, filho de Beor, e a irrevogável declaração do homem com boa visão. Irrevogável declaração daquele que ouve as falas de D'us, e conhece a mente do mais Elevado. O que vê a visão do Todo Poderoso, prostrando-se enquanto lhe está sendo revelada."

Bilam revela aqui um novo aspecto de sua grandeza profética, de que sua habilidade de amaldiçoar deriva de seu "conhecimento da mente do mais Elevado" - ou seja, ele podia discernir o momento exato da ira Divina.

Além disso, Bilam louvava a si mesmo de que conhecia a "mente do mais Elevado", pois estava prestes a fazer revelações referentes a assuntos ocultos que transpirariam desde a época do Rei David até o fim dos dias.

"Eu o vejo, porém não agora; percebo-o, mas não perto."

Vejo o Rei David erguendo-se, mas não agora (pois ainda se passarão mais quatrocentos anos até o nascimento de David), e eu percebo o Rei Mashiach nesse futuro longínquo.

"Uma estrela partiu de Yaacov, e um cetro [governante] ergueu-se de Israel."

Bilam descreveu Mashiach como uma estrela que traça sua órbita de um extremo do universo a outro, para simbolizar que Mashiach reunirá os exilados de todos os cantos da terra.

As palavras "e um governante ergueu-se de Israel" podem referir-se ao Rei David ou a Mashiach.

"E perfurará os cantos de Moav, e solapa todas as nações, descendentes de Shet."

David perfurará todos os cantos de Moav, ele subjugará a terra de Moav. Mashiach solapará as nações, inclusive Moav, e essas serão subservientes ao povo judeu.

"E Edom será uma posse e Seir também se tornará propriedade do seu inimigo, e Israel a herdará."

Bilam profetizou que o exílio edomita (nosso exílio atual) será finalmente terminado por Mashiach.

"Outro governará de Yaacov e ele destruirá quaisquer vestígios da cidade [de Roma]."

Mashiach destruirá todos os remanescentes da casa de Essav.

"E ele previu [a punição] de Amalec, e ele declamou sua parábola e disse: O primeiro a lutar contra os judeus [após o Êxodo] foi Amalec, e seu fim será a destruição eterna."

Bilam descreveu profeticamente o destino de duas nações - uma, Amalec, que escolheu ser inimiga do Todo Poderoso e do povo judeu; e a outra, a família de Yitrô, sogro de Moshê, (descrita no próximo versículo), que escolheu unir-se a D'us. Amalec recusou-se a se arrepender, mesmo depois de ter perdido a guerra contra os judeus, e foi condenado à destruição eterna. A família de Yitrô, os Kenim, mereceram bênçãos eternas.

"E ele previu [o destino] dos Kenim [descendentes de Yitrô], e declamou sua parábola e disse: Quão firme é seu local de habitação desde que você colocou seu ninho sobre a rocha."

Bilam exclamou: Vejo que você escapou das artimanhas do yêtser hará (má inclinação) tal um pássaro escapa de uma armadilha. Você fez teshuvá, converteu-se e uniu-se firmemente a Rocha, o D'us do povo judeu.

Prevejo que colherá bênçãos por isso, pois seus descendentes sentarão no San'hedrin (Corte Suprema) junto com a elite dos judeus.

"Mesmo se os Kenim se desencaminharem, quão longe a Assíria te carregará cativo?"

Bilam continuou a dirigir-se aos Kenim, afirmando: Vocês fizeram bem em unirem-se firmemente ao povo judeu. Mesmo se forem exilados por Sancheriv, rei de Assíria, junto com as Dez Tribos, não ficarão perdidos eternamente. Voltarão do Exílio, para Israel junto com os judeus.

"E declamou sua parábola e disse: Oh!, quem viverá quando D'us concederá redenção a Seu povo, recompensando os tsadikim e punindo os perversos."

A profecia de Bilam refere-se ao grande e temível Dia do Julgamento na época de Mashiach, quando D'us imporá justiça à humanidade.

"E uma flecha das mãos dos Kitim [romanos] afligirá Assíria e afligirá Ever [os judeus], porém eles [os romanos] também serão destruídos para sempre."

Bilam profetizou que os assírios seriam atacados pelos romanos, que afligi-los-ão, e a seus judeus cativos. Finalmente, no fim dos dias, Roma cairá nas mãos de Mashiach, e nosso exílio chegará a um fim.

Quando Bilam terminou essas profundas declarações proféticas, levantou-se, pois estava deitado, prostrado, enquanto D'us comunicava-se com ele. O espírito de D'us que imbuiu-Se nele em honra aos judeus partia dele para sempre. Passou o resto de sua vida como um mágico comum.

Bilam partiu para retornar a sua terra, Aram Naharayim. Antes de partir, supervisionou a construção de grande número de tendas e barracas, nas quais postou as filhas de Midyan, com o propósito de seduzir os homens judeus.

© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.
 E-mail
Inicie um Debate
1000 Caracteres restantes