Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato

Artigos

Artigos

Artigos Sobre a Parashat Beshalach

 E-mail
O Shabat, que encontramos pela primeira vez na parashá desta semana, é uma das maiores instituições que o mundo jamais conheceu. Mudou a maneira de o mundo pensar sobre o tempo.
Por quê foi necessário que o Faraó enviasse os judeus para fora do Egito? Por quê nós não estávamos ansiosos para sair?
A paixão é uma faca de dois gumes: pode ser a energia que nos impulsiona do sonambulismo na vida para a liberdade; ou pode ser a força poderosa, aquele empurrão gravitacional, que nos mantém num ciclo autodestrutivo.
A palavra hebraica para tâmara é tamar, cuja raiz significa mudança ou transformação. O significado profundo da tâmara, que representa malchut – o renovado e aperfeiçoado Reino de Israel – é seu poder de autotransformação. Os 70 Anciãos representados pelas tamareiras dão às pessoas o poder de contínua autotransformação, que é o objetivo de malchut.
A leitura da Torá desta semana contém a "Canção do Mar" entoada pelos Filhos de Israel por ocasião de sua libertação dos egípcios, quando o Mar Vermelho se abriu para eles passarem e depois afogou os seus perseguidores. Por isso o Shabat é chamado Shabat Shirá, o "Shabat da Canção".
As pessoas compartilham coisas, idéias, histórias, experiências – tudo que faz parte da aventura de ser uma pessoa. É por isso que fico um tanto descrente assim que as pessoas começam a dizer: "Você sabe o que há de único em nossa fé, que ninguém mais tem?"...
Pêssach é um feriado judaico de origem bíblica com oito dias de duração. Marca o nascimento dos judeus como um povo há mais de 3.300 anos, e também seu surgimento como nação, sob a liderança de Moshê (Moisés), devotada a cumprir a vontade de D'us...
Entendendo muito bem a psicologia humana (óbvio, pois Ele a criou), D'us jamais deixou a tarefa de tirar o exílio de nossas psiques inteiramente em nossas mãos. Ele construiu determinados estágios no ano que nos tiram de nossas restrições ao tirar nossas restrições para fora de nós.
Por Jeff Jacoby – colunista do Boston Globe
De repente o mar estava diante deles, e os exércitos do faraó estavam fechando o cerco atrás. O Egito estava vivo e o mar, também, parecia alheio ao destino da nação recém-nascida.
A história de Pêssach é bem conhecida: o povo judeu era escravo do Faraó no Egito... Moshê (Moisés) o libertou da servidão para receber a Torá no Monte Sinai... e, após quarenta anos no deserto, entrou na Terra Prometida...