Entre em contato

Evolução vs. Criação

Evolução vs. Criação

 E-mail

Pergunta:

Meu filho e eu estávamos conversando sobre as origens da humanidade. Ele disse que estava ofendido pela crença de que o homem descende do macaco, e foi categórico ao dizer que todos viemos de Adam e Eva. Eu, por outro lado, acredito na teoria de Darwin como sendo uma explicação mais razoável da nossa evolução, e penso que é ridículo continuar ensinando o mito da criação às crianças. Obviamente, essa discussão pode se estender para sempre. Você consegue lançar alguma luz sobre o assunto?

Resposta:

Um rabino idoso estava certa vez num avião indo para Israel, sentado perto de um professor ateu. Conversaram amigavelmente durante toda a viagem.

De vez em quando, o neto do rabino, sentado em outra fileira, vinha conversar com ele, trazendo-lhe uma bebida, ou perguntando se poderia fazer alguma coisa para deixá-lo mais confortável. Depois que isso aconteceu diversas vezes, o ateu suspirou: “Gostaria que os meus netos me tratassem com tanto respeito, Eles mal me cumprimentam. Qual é o seu segredo?”

O rabino respondeu: “Pense a respeito disso. Para meus netos, estou duas gerações mais próximo de Adam e Eva, os dois indivíduos feitos pela mão de D'us. Portanto eles me respeitam. Porém segundo a filosofia que você ensina aos seus netos, você está duas gerações mais perto de ser um macaco. Por que então eles deveriam respeitá-lo?”

Crenças têm consequências. Se as crianças hoje não têm respeito e deixam de honrar os mais velhos, se a tradição é desprezada e os valores do passado são esquecidos, isso não é uma consequência da educação moderna? Se ensinarmos aos nossos filhos que eles são meramente animais adiantados, então eles agirão dessa maneira. E tratarão os pais e professores como as versões obsoletas da humanidade que são.

Temos de estar conscientes dos efeitos de nossas crenças. Se acreditarmos que os seres humanos surgiram por acidente, então a vida não tem significado. Não pode haver significado em algo que acontece por acaso. Uma explosão aleatória ou uma mutação não pode nos dar um objetivo. Minha vida, sua vida e toda a história humana não tem um significado real, seja qual for. Se levamos uma vida de bem ou repleta de mal não faz diferença. É tudo um grande acidente, de qualquer forma.

Somente temos um propósito se formos criados com propósito. Nossas vidas somente têm um significado se fomos criados por um ser significativo. Se ensinarmos aos nossos filhos que fomos criados de propósito com um propósito, então eles saberão que é esperado mais deles que de um animal. A história de Adam e Eva precisa ser ensinada, não apenas porque é verdadeira, mas porque é a base da moralidade.

Tanto o criacionismo quanto o darwinismo precisam de fé. Aceitar que D'us criou o homem e a mulher exige fé. Aceitar que um organismo com uma única célula passou por mutações bilhões de vezes para formar o ser humano também exige fé. Porém somente uma dessas crenças ordena que levemos uma vida moral. É essa que quero ensinar aos meus filhos.

Por Aron Moss
© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.
 E-mail
Inicie um Debate
1000 Caracteres restantes