Entre em contato

Os Humanos São Especiais?

Os Humanos São Especiais?

 E-mail

Os humanos são os únicos seres conscientes do universo?
Certamente não!

Em primeiro lugar, os Sábios dizem que os animais também sentem dor, baseados na proibição bíblica de causar-lhes sofrimento desnecessário. Em segundo, a Torá está repleta de narrativas dos anjos superiores, que estão conscientes de um âmbito da realidade muito além da nossa.

Além disso, Maimônides e outros escrevem sobre os corpos celestiais como seres conscientes – e não simplesmente num sentido alegórico. Se alguém perguntasse: "Como uma bola de hélio e hidrogênio pode conter consciência?" simplesmente pergunte de volta: "E uma massa quente de carne cinzenta ter consciência é razoável?"

A singularidade da raça humana não está na consciência, mas na maneira que a consciência tem de entrar nos âmbitos do bem e do mal, tomar decisões e distinguir entre eles.

O que diz a tradição judaica sobre vida no espaço?

O Rebe dizia que há apoio na Torá para a noção de que existe vida em outros planetas. Além disso, podemos conhecer algo sobre aquela vida através de dedução daquilo que a Torá nos diz. Aqui está seu argumento: No Livro dos Juízes 5:23, a profetisa Devorah canta sobre a vitória de Barak sobre Sisera. Em sua canção, ela diz: "Amaldiçoado seja Meroz! Malditos, malditos sejam seus habitantes, diz o anjo de D'us!"

Onde fica Meroz, e quem são seus habitantes?

O Talmud dá duas explicações, uma delas que Meroz é uma estrela ou planeta. Os corpos celestiais também tinham ido ajudar os israelitas, como Devorah declarou apenas um versículo antes: "Dos céus eles lutaram, as estrelas das suas órbitas…" Esta estrela, no entanto, que era a estrela dominante de Sisera, aparentemente não foi em sua ajuda. E assim, o General Barak penalizou Meroz – e seus habitantes.

Estes habitantes são inteligentes?

A inteligência é definida pela Torá como a capacidade de tomar decisões pela própria vontade. O livre arbítrio somente é possível onde existe a Torá, por meio da qual o Criador oferece a Suas criaturas mais de uma possibilidade e pede que façam a escolha adequada.

Portanto, se houvesse vida inteligente em algum outro lugar do universo, aquelas criaturas teriam de ter a Torá.

Poderiam ter uma Torá diferente da nossa?

Isso não é possível, pois a Torá é verdade, e não pode haver duas verdades.

Poderiam eles então ter a mesma Torá que nós?

Isso também parece impossível, pois a própria Torá descreve em detalhes como a Torá foi revelada nesse planeta, e a própria narrativa tem um forte impacto sobre como a Torá deve ser cumprida.

Portanto parece que, embora seja possível haver vida em outros planetas, que a vida não seria inteligente de maneira semelhante à vida e cultura humanas.

Devemos procurar vida no espaço?

O Dr. Velvl Greene é um biólogo que foi contratado pela NASA em seu projeto para determinar se havia vida em Marte. Ele perguntou privadamente ao Rebe se isso era algo que deveria ser feito.

O Rebe respondeu: "Dr. Greene, procure vida em Marte! E se não encontrá-la ali, procure em algum outro lugar do universo. Pois você sentar-se aqui e dizer que não há vida fora do planeta Terra é colocar limites no Criador, e isso não é algo que nenhuma das Suas criaturas possa fazer!"

Por Tzvi Freeman
Rabino Tzvi Freeman, editor sênior de Chabad.org, também lidera nossa equipe Pergunte ao Rabino. É autor de Trazendo o Céu para a Terra. Para inscrever-se e receber atualizações regulares sobre os artigos de Rabino Freeman, visite os Freeman Files.
© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.
 E-mail
Inicie um Debate
1000 Caracteres restantes