Entre em contato
Mashiach é a palavra hebraica para Messias. Messias significa um salvador ou “esperado como libertador”. Na verdade, a palavra Mashiach em hebraico significa “ungido”. Em hebraico bíblico o título Mashiach era concedido a alguém que atingisse uma posição de nobreza e importância. Por exemplo, o Sumo Sacerdote é mencionado como o Cohen Hamashiach.
No 25º ano do exílio da Babilônia, D'us mostrou uma visão do futuro Templo ao profeta Yechezekel…
Por Rabino Shamai Ende - BC News 6
Em todas as gerações os judeus tinham esperança na vinda de Mashiach até o último momento de suas vidas. Essa esperança não foi em vão. Apesar de eles não presenciarem a vinda de Mashiach, eles conseguiram aproximá-la com sua espera, e com certeza foram muito recompensados por isto.
A humanidade é obrigada a criar um Santuário para D'us dentro do contexto de nosso mundo material. Depois que isso for completado na plenitude de nosso potencial humano, a essência interior do Beit Hamicdash será revelada – que é “o Santuário de D'us”.
A iluminação pode ser fornecida de duas maneiras. A pessoa pode ser uma fonte de luz, ou pode refletir a luz vinda de outro local, como um espelho.
Este cenário atual: revoluções acontecendo no mundo todo, uma incrível reviravolta em mega escala, seja econômica, científica, política, popular, sem um dia de trégua a meus olhos só pode ser Mashiach. Mas como podemos nos preparar para o próximo cenário, a sua chegada e o início de uma nova era, conforme está previsto?
Se todos os grandes sábios, místicos e povo santo de gerações passadas não foram capazes de trazer Mashiach durante suas vidas, como podemos imaginar que seremos capaz de fazer isso acontecer?
Há três estágios no desenvolvimento da Terra para tornar-se moradia Divina: A Era Presente, a Era Messiânica e a Era da Ressurreição.
Na literatura talmúdica o título Mashiach, ou Melech Hamashiach (o Rei Messias) está reservado para o líder judaico que redimirá Israel no Final dos Dias.
Com a chegada de Mashiach o mundo permanecerá o mesmo; nossa perspectiva é que mudará.
D'us não tem forma física. É infinito e ilimitado, e jamais aparece na forma humana. D'us também não tem "parceiros". Somente Ele é o e Eterno.
Ela estava mencionando todas as coisas boas que tinha feito naquele dia. Quando terminou a lista, inclinou o corpo para um lado e gritou: "O lado da mitsvá ganhou! Mashiach, você precisa vir agora!"
O que pessoas bem-sucedidas, que levam vidas realizadas, seguras e confortáveis têm a ver com Mashiach? Por que deveria um cirurgião ou um astro do basquete ansiar pela Redenção?
Quando finalmente chega o dia da viagem, é aquela alegria! Tudo pronto, malas, passagens, passaportes, sacolas, em resumo: "toda tranqueira".
A lei da vaca vermelha desperta enorme curiosidade. Os ouvintes se espantam, exclamando: "Vaca vermelha? Como ela ficou vermelha? Impossível! É lenda!"
O Lubavitcher Rebe enfatizou a maneira pela qual cada um deve se preparar para esta fabulosa era
Um simples ato positivo seu pode "inclinar a balança" e decidir o futuro da humanidade. Acrescente boas ações no que se refere aos seus semelhantes e a D’us, colocando uma ênfase especial em que isto influa para apressar o fim do Exílio, iniciando a Gueulá (Redenção).
Um pensamento sobre Mashiach
Chegará logo um momento, muito próximo, quando veremos milagres tão grandes, que as dez pragas e a abertura do Mar Vermelho parecerão comuns como a própria natureza. Tão grandes que nenhuma mente pode imaginar; tão poderosos, que transformarão a própria estrutura do mundo, elevando-o num modo que as maravilhas do Êxodo do Egito nunca conseguiu alcançar...