Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato

E Se Der Tudo Errado?

E Se Der Tudo Errado?

 E-mail

O que o divórcio ensina sobre casamentos

Por que D'us diz a você como se divorciar se Ele acredita no casamento?

Não apenas Ele acredita no casamento, como acredita que você deveria estar casado, e Ele deseja que você fique casado com a pessoa com quem se casou.
Por que, então, Ele permite que você se divorcie? Não apenas o permite, como lhe diz como fazê-lo?

Como ocorre com todas as instruções de D'us na Torá, divorciar-se é uma mitsvá, um Mandamento Divino. De fato, Suas instruções sobre o divórcio são muito explícitas. Mas por quê?

Porque, tendo dado Suas instruções sobre o casamento, D'us não o abandona quando você está em dificuldades. Por ser Ele misericordioso e compassivo, bom e atencioso, Ele lhe dá um segundo conjunto de instruções no caso de você não seguir o primeiro.

É como um livro de receitas que ensina o que fazer se você estragar a receita. Duas de minhas crianças estavam certa vez seguindo as instruções de um pacote de mistura para biscoitos. Uma delas lia as instruções em voz alta, enquanto a outra preparava a mistura. A criança que estava lendo disse: "Agora você deve mexer a massa cinquenta vezes." A outra exclamou: "Mas já mexi cem vezes! O que fazemos agora?" Então a primeira criança disse: "Não sei. Deixe-me voltar e ver o que dizem." Procurou na caixa, mas as instruções não diziam coisa alguma a respeito de mexer a massa vezes demais. As duas vieram me procurar para perguntar o que fazer. "Devemos jogar tudo fora? Começar de novo? As instruções não dizem o que fazer se fizermos tudo errado."

D'us não é assim. Não é dessa forma que a Torá - Seu conjunto de instruções - está escrita. Ele diz a você o que fazer se estragar a receita. É como se D'us lhe dissesse: "Esta é a pessoa que selecionei para você, a pessoa com quem quero vê-lo casado. Não pode? É muito sofrimento? Então não o faça. Deixe-a. Mas quando o fizer, por favor, feche a porta atrás de você."

Portanto, Ele não apenas nos diz que podemos nos divorciar, mas diz-nos como: "Aqui está o Mandamento Divino sobre como entrar, e aqui está outro Mandamento Divino sobre como sair."

D'us fala conosco dessa forma porque Ele está casado conosco.

Como tudo o mais que existe neste mundo, o casamento é um reflexo daquilo que existe no mundo espiritual. Há um casamento absoluto que existe entre a humanidade e D'us. O casamento exige que algo que você leve muito a sério e com rigor aquilo que faz, e seja bastante leniente e conciliador com as coisas que outra pessoa faz. D'us está casado conosco, e isso Ele leva muito a sério. Ele está comprometido com este relacionamento. Portanto, é leniente e conciliador quando nem sempre correspondemos às Suas expectativas.
D'us nos diz: "Fez tudo errado? Tente outra vez. Eis aqui o que precisa fazer. Esqueceu? Na próxima vez, tente lembrar-se. Esqueceu mais uma vez? Tente uma terceira." É assim que sabemos que Ele está comprometido com o casamento.

Às vezes D'us faz ainda melhor que isso. Ele pergunta quais eram nossas intenções. Por exemplo, Ele nos diz para não misturar carne e leite. O que acontece se o fazemos? "Bem," diz Ele, "depende da quantidade de leite, e de quanta carne havia. Você o fez de propósito? Ou foi um acidente? Se foi um acidente, é assim que pode consertar isso. Se foi propositadamente, tente não deixar que aconteça outra vez."

D'us espera que você esteja casado, e com a pessoa que Ele escolheu para você. Mas Ele é compassivo e compreende quando você Lhe diz que é difícil demais. Talvez Ele tivesse a intenção de que você se casasse e depois caísse fora; talvez as leis para o divórcio sejam sua "válvula de escape."

Não.

D'us deseja que você fique casado. Mas se não puder, se é muito difícil para você, Ele entende, e Ele o ajudará.

Isso quer dizer que o casamento foi um erro? Você apostou, perdeu, agora admite isso e sai do casamento? Você cometeu um engano e agora D'us está lhe dizendo como consertá-lo?

Errado de novo.

Seu casamento não foi um erro. Estava programado desde o início dos tempos. Quando D'us criou sua alma, há seis mil anos, Ele criou seu "prometido" junto com você. Dizer que você casou-se com a pessoa errada é como dizer que deu à luz ao bebê errado. Seria possível ter o bebê de outra pessoa? Uma mulher certa vez disse-me algo parecido: "Quantos filhos o senhor tem, mesmo?" perguntou incrédula. Não me lembro quantos tínhamos na época, talvez dez ou doze. "Não sabe que existem pessoas que não podem ter filhos?" Ela estava indignada. Era como se estivesse dizendo: "Dê uma folga para outra pessoa. Divida um pouco. Não tenha tantos filhos; deixe os outros terem alguns também." Isso não acontece desta forma. Você não tem os filhos dos outros. Os filhos que você tiver estavam destinados a serem seus.

Como disse Einstein: "D'us não joga dados com o Universo."
Se D'us não joga dados com átomos ou moléculas, então Ele não joga dados com corações, mentes ou almas.

Você está casado com a pessoa com quem desejava estar. D'us arranjou isso. Ele arrumou tudo: Ele predestinou isso desde o começo. Em outras palavras, Ele tem certeza de que esta é a maneira que Ele deseja.

Você não quer isso? Tudo bem. Como Ele é casado com você, Ele diz: "Seja da maneira que você quiser." Isso arruinará "algum vasto, eterno plano," como pergunta Tevye em "Um violonista no telhado?" A resposta é sim. Sim, se você se divorciar, estragará algum vasto, eterno plano, o plano de D'us. Mas Ele permitirá que você faça isso? Ele o ajudará? Sim, Ele permitirá, e Ele o ajudará.
A razão pela qual D'us permite o divórcio, e ordena o divórcio, é porque ao fazê-lo, Ele o está ensinando como estar casado.

Portanto, embora D'us tenha regras, embora Ele tenha leis, embora Ele tenha os Mandamentos Divinos, quando você peca, Ele lhe diz; "Fez tudo errado? Tente outra vez. Cometeu um erro e o admite? Não se preocupe: fará melhor na próxima vez. Já errou dez vezes? Peça perdão, e Eu o perdoarei dez vezes."

É exatamente assim que você deveria ser casado - tratando seu cônjuge do modo que D'us trata você. Com toda aquela misericórdia e compaixão; toda aquela bondade e consideração.

Sua esposa fez isso a você outra vez? Perdoe-a novamente. Ela o fez dez vezes? Perdoe-a dez vezes.

Seja tão comprometido em fazer este relacionamento durar como D'us tem estado comprometido em fazer Seu relacionamento com você durar. A moral é, oferecendo ajuda quando você se divorcia, D'us está ajudando você a estar casado para sempre. Da mesma maneira que Ele permanece casado com você.

Por Manis Friedman
Rabino Manis Friedman, famoso filósofo chassídico, escritor e palestrante, é reitor do Instituto de Estudos Judaicos Para Mulheres Beit Chana.
© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.
 E-mail
Participe da discussão
Classificar por:
4 Comentários
1000 Caracteres restantes
Andreia Springfield, EUA 26 Setembro, 2012

D'us faz tudo certo, e ele sabe o que faz sempre. Nós é que nos precipitamos em fazer da nossa maneira, por isso D'us permite que aconteça esse tipo de coisa. Sou casada e já tive várias provações, mas não desisti; perdoei e fui perdoada. Vou estar casada 'até que a morte nos separe', mas com D'us, nem a morte pode nos separar. É muito maravilhoso. Reply

Efráim Jacareí, SP/Brasil 30 Agosto, 2012

Isso com certeza terá muito efeito esta semana, pois existem milhares de casais que precisam entender o que é o casamento de verdade. Reply

Francisca Miriam Costa Fortaleza, Ceará/Brasil 7 Janeiro, 2012

É impressionante a clareza como esse artigo foi redigido. Nunca antes havia sequer cogitado a Ideía de um cordão tríplice que sabemos não será prontamente rompido. Mas admito após está breve leitura agora sei o que devo fazer.Mui Grata. Reply

Marcia Carmona Gruc S. Paulo, SP/Brasil via mishcanmenachem.com.br 11 Dezembro, 2011

Adorei a página nova do MISHCAN!!!!Está o máximo!!!!PARABÉNS!!!!Adoraria receber em meu e-mail as maravilhas que estou lendo!!!!!
Obrigada. Reply