Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato

Artigos

Artigos

Artigos Sobre o Rebe

 E-mail
Celebrar Tishrei com o Rebe, Rabi Menachem M. Schneerson de abençoada memória, era embarcar numa empolgante jornada espiritual. Cada novo dia trazia novos momentos de reverência, visão,
A Rebetsin Chaya Mushka me ensinou – ensinou a nós todos – que a verdadeira beleza vem de dentro, e que aqueles que são mais merecedores de respeito, honra, reconhecimento e reverência, são aqueles que não procuram nem querem isso.
Kalmenson, rabino e diretor executivo de Chabad de Belgravia em Londres, diz que o livro será importante para uma vasta gama de pessoas lidando com perda e tragédia, bem como aqueles que querem ajudar os que sofrem.
Mas na segunda-feira (2 de março de 1992) o Rebe sofreu um derrame que paralisou seu lado direito e, de forma devastadora, roubou-lhe a capacidade de falar. Dois anos e três meses mais tarde, nas primeiras horas da manhã de 3 de Tamuz de 5754 (12 de junho de 1994), a alma do Rebe ascendeu ao Alto, deixando órfã uma geração.
Hoje, anos depois, podemos dizer que o espírito do Rebe certamente está conosco. Quando o Rebe Anterior faleceu, o Rebe nos garantiu que “o pastor nunca abandona seu rebanho”. Hoje, podemos extrair dessas palavras muita força e encorajamento. É esse conhecimento que dá a nós, os chassidim do Rebe, a vontade e a força para continuarmos com a obra que o Rebe tanto valorizava.
Este é o “Êxodo de Mitzrayim” que cabe a toda e cada geração: o desafio individul de negociar os canais estreitos do seu “pescoço” interior, superar as tentações materiais, a subjetividade emocional, o ego e o auto-interesse que mina a autoridade da mente sobre o coração e impede sua influência sobre o caráter e comportamento da pessoa.
O Rebe de Lubavitch, Rabi Menachem Mendel Schneerson, o líder espiritual do Movimento Chabad, é um homem sábio, instruído, mas acima de tudo, ele acredita. E se a fé é a arte da verdade, ele é também um artista.
Uma amostra dos revolucionários ensinamentos e iniciativas do Rebe
No aniversário de falecimento de um tsadik, toda a luz que ele plantou neste mundo - seus ensinamentos, boas ações, e tudo no qual ele investiu sua vida e ser - tudo isso reluz fortemente para que todos conectados a ele possam receber bênçãos de vida, felicidade e sabedoria.
Quando você pensa na Sibéria, o que vem à mente é o frio terrível, a área remota onde os prisioneiros eram enviados ao exílio sob o regime czarista e os comunistas.
Na véspera de 28 de Nissan, 5751 (11 de abril de 1991), o Rebe fez um apelo emocionado aos seus seguidores, e à comunidade judaica em todo o mundo, para aumentarem os esforços para trazer Mashiach e a suprema Redenção.
Embora Hashem tenha nos dado o intelecto para usarmos, nem todo tipo de uso do intelecto é desejável. A pessoa poderia usá-lo de maneira prejudicial, ou simplesmente desnecessária. Em vez disso, o intelecto deve ser usado construtivamente, para o estudo de Torá e buscando o cumprimento das mitsvot, não desperdiçado em distrações tolas.
A singularidade de Israel é que é natural para os judeus viverem ali, e os cidadãos sentem um apego inato uns com os outros. Fora de Israel, porém, as pessoas estão mais preocupadas com as próprias vidas, e se sentem menos apegadas aos seus correligionários.
Embora hoje a visão do Rebe seja aceita, e tenha sido adotada e adaptada por tantos grupos judaicos agora imitando a obra de sua vida e fazendo contato com judeus não afiliados, o sonho nem sempre foi popular, para dizer o mínimo, e foi recebido com incredulidade até pelos próprios seguidores do Rebe.
Joseph é a primeira pessoa mencionada na Torá como “um homem de sucesso”. Mas em que parte da sua vida isso acontece? Quando ele era o filho amado na casa de seu pai ou quando era vice-rei no Egito?
Confiar no Único Acima não significa esperar por milagres. Significa ter confiança naquilo que você está fazendo agora mesmo – porque você sabe que Ele o colocou no caminho certo e tudo que você fizer estará repleto com energia Divina e bênçãos do Alto.
Havia algo mais, algo muito mais simples, mais facilmente compreensível, mais conectado com a existência simples de carne e osso do Rebe que tinha grande poder em minha vida. Era meramente a expectativa de que eu veria o Rebe novamente. Ou, para ser mais exato, de que ele me veria...
“A Torá nos ordena estarmos sempre felizes. Mas diante de tudo que enfrento na vida, como posso sempre estar bem e feliz?” Existem ensinamentos capazes de causar uma mudança positiva da personalidade humana e do mundo em geral: no Tanya.
“Deixe-me definir amigo para você, e então diga-me quantos amigos tem. Um amigo é alguém em cuja presença você pode pensar alto sem ter medo de ser prejudicado. Um amigo é aquele que sofre quando você sofre e fica alegre quando você se alegra. Na verdade, um verdadeiro amigo é como uma extensão de você mesmo.”
Tudo que existe no mundo, ensinou o Rebe, espera por nós. Chama-nos para redimi-lo e usá-lo para seu verdadeiro propósito. Se o mundo coloca algo em suas mãos – teccnologia, conhecimento, talento, oportunidade – procure uma maneira de usá-lo para o bem.
Quando um judeu encontra-se distante do judaísmo, não devemos mostrar-lhe uma visão parcial da Torá. Mesmo que ele escolha uma boa ação para introduzir a sua prática, devemos mostrar-lhe sua totalidade: dimensão verdadeira e infinita de sua fonte.
O Rebe certa vez disse que este é o motivo pelo qual ele dá moeda corrente em ótima condição. A nota novinha de um dólar deveria servir como um lembrete de que dar para caridade, ou qualquer boa ação, é mais bem feito com um sorriso, e da maneira mais pura, e então a mitsvá vai brilhar.
Um rabino responde a perguntas, um Rebe responde às pessoas. Um rabino ouve o que você diz com sua boca, um Rebe escuta aquilo que você está dizendo com sua alma.
Chabad é a ideia de que toda pessoa tem de usar a própria mente para despertar seu coração e conectar-se com sua alma Divina. Um Beit Chabad é um local que facilita isso para todo aquele que busca e deseja fazer aquela conexão.
Ao assumir a liderança de Chabad em 1950, o Rebe estabeleceu para si uma meta: atingir todas as pessoas na face da terra e inspirá-las a se voltar para a Torá como a luz guia através da qual atingiria a redenção pessoal e global. Para chegar a este objetivo, o Rebe inventou o shaliach.
Um princípio fundamental da fé judaica é que não há intermediários entre D'us e Seu mundo; nosso relacionamento com Ele não é facilitado por quaisquer terceiras partes. Tendo isso em vista, existem algumas declarações de nossos Sábios que exigem explicação.
Na comunidade Chabad-Lubavitch, o 5º dia de Tevet é marcado como um dia especial e festivo. Esta data celebra a "vitória dos sefarim" – a vitória dos Livros da Torá.