Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato


Por que uma bênção?


Antes de ingerir qualquer alimento devemos pronunciar uma bênção. Através deste ato demonstramos reconhecer que D-us criou todo o universo e que Ele é a fonte da vida e da existência. Segundo nossos sábios, esta é uma forma de pedir “permissão a D-us” para ter proveito do Seu mundo.

No judaísmo até um ato físico pode ser uma forma de se espiritualizar, se realizado com a intenção adequada.
Depois de comer agradecemos a D-us por nos ter proporcionado a alimentação, recitando as “Brachót Acharonót”, ou “bênçãos finais”.



Pão

Antes de comer pão, “Matsá”, pita ou pizza (feitos à base de um dos cinco cereais – trigo, cevada, centeio, aveia ou espelta) recitamos a bênção de "Hamotzí" ( mas se a base da massa tiver sido feita com algum outro líquido que não água, vide “4. Mezonót”).

Primeiro deve-se banhar as mãos, vertendo água de uma caneca ou copo três vezes consecutivas sobre cada uma, até o pulso, iniciando pela mão direita (o canhoto inicia pela mão esquerda).

Antes de enxugar as mãos, esfrega-se levemente uma na outra. A bênção é recitada com as mãos erguidas juntas, enxugando-as em seguida:


Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mélech haolam, asher kideshánu bemitsvotav, vetsivánu al netilat yadáyim

Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D-us, Rei do Universo,que nos santificou com Seus mandamentos, e nos ordenou sobre a ablução das mão

Em seguida, sem interrupções, é recitada a bênção do pão:



Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mélech haolam, hamôtsi lêchem min haárets.

Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D-us, Rei do Universo, que faz sair pão da terra



Alimentos ingeridos com pão

A bênção do pão isenta a pessoa de recitar todas as outras bênçãos anteriores a alimentos (exceto as de vinho, frutas e sobremesas).

 



"Mezonót"

Antes de ingerir produtos à base de um dos cereais mas que não seja pão (como bolo, torta, macarrão, biscoitos etc.) recita-se:

Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mélech haolam, borê minê mezonot

Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D-us, Rei do Universo, que cria diversas espécies de alimentos.


Se a base da massa tiver sido misturada a um suco de frutas em lugar de água, esse pão é considerado “pão Mezonót”.






Vinho

O vinho tem um significado especial no judaísmo, e assim mereceu uma bênção exclusiva. Antes de tomar vinho ou suco de uva natural, recita-se:



Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mélech haolam, borê peri hagáfen.

Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D-us, Rei do Universo, que cria o fruto da vinha.





Frutas

Antes de ingerir uma fruta que nasce em árvore recita-se:



Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mélech haolam, borê peri haets.

Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D-us, Rei do Universo, que cria o fruto da árvore


Antes de ingerir frutas que nascem em árvores que não renovam seus galhos (caso da banana) ou que crescem muito próximas ao solo (caso do morango e melão) recita-se:



Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mélech haolam, borê peri haadamá.

Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D-us, Rei do Universo que cria o fruto da terra






Vegetais

Antes de ingerir legumes, verduras, hortaliças ou frutas que nascem na terra recita-se:



Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mêlech haolam, borê peri haadamá.

Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D-us, Rei do Universo que cria o fruto da terra






"Shehakol"

Antes de ingerir um alimento não incluído nas categorias acima, como chocolate, bala, pipoca, sorvete, cogumelo, queijo, ovo, peixe, carne etc. ou antes de beber qualquer líquido (fora vinho ou suco de uva), recita-se:


Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mêlech haolam, shehacol nihyá bidvarô.

Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D-us, Rei do Universo, que tudo vem a existir por Seu verbo.






Bênção após as refeições – “Bircat Hamazon”

A Torá ordena: "Abençoe D-us após comer e sentir-se satisfeito" (Deuteronômio 8:10). Em adição às “bênçãos anteriores” que foram instituídas por nossos sábios, a Torá nos ordena agradecer ao Todo Poderoso e abençoá-Lo após comer pão e concluir uma refeição, expressando assim nossa gratidão a Quem “alimenta o mundo inteiro com Sua bondade, com graça, com benevolência e com compaixão" (excerto do "Bircát Hamazón").

O “Bircát Hamazón” consiste de quatro bênçãos primárias. A primeira (bênção “Hazán”) foi composta por Moisés no deserto quando o Maná caiu do céu; a segunda (bênção “Al Haáretz Veál Hamazón” foi redigida por Josué quando os filhos de Israel comeram os frutos da primeira colheita após entrar na Terra Santa; a terceira (bênção pela reconstrução de “Yerushalayim”) pelos reis David e Salomão, e a quarta (bênção “Àquele que é bom e faz o bem”) por nossos sábios nos tempos da “Mishná”.

O "Bircát Hamazón" só deve ser pronunciado após uma refeição que incluiu pão, e sua recitação abrange todos os alimentos ingeridos durante a refeição.





Bênção após as refeições – “Al Hamichiyá”

A seguinte bênção possui três versões, e é recitada após terem sido ingeridos:

1) Alimentos feitos com qualquer um dos cinco tipos de cereais — trigo, cevada, centeio, aveia ou espelta (exceto os que se enquadram no “Bircát Hamazón”) – versão “Al Hamichiyá”;

2) Vinho e/ou suco de uva natural – versão “Al Haguéfen”;

3) Frutos de qualquer uma das cinco espécies pelas quais a Terra de Israel é louvada – azeitona, tâmara, uva, figo ou romã – versão “Al Haêtz”.

Caso estes alimentos tenham sido ingeridos com pão, o “Bircát Hamazón” isenta a recitação desta bênção.

Mas atenção: só é preciso recitar a “bênção posterior a alimentos” após uma ingestão mínima de 1 “Kezáyit” (28,8 g) de alimento sólido ou de 1 “Reviít” (86 ml) de líquido.






Bênção após as refeições – “Borê Nefashót”

A seguinte bênção deve ser recitada após ingerir frutos, verduras, legumes ou quaisquer alimentos ou bebidas em geral (exceto aqueles incluídos nas bênçãos logo acima, "Al Hamichiyá" ou "Bircát Hámazón"). Caso estes alimentos tenham sido ingeridos com pão, o “Bircát Hamazón” isenta a recitação desta bênção:


Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mélech haolam, borê nefashot rabot vechesronan, al col ma shebaráta, lehachayot bahêm nêfesh col chai. Baruch chê haolamim.

Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D-us, Rei do Universo, Criador de inúmeros seres vivos e suas necessidades, por todas as coisas que criastes para sustentar a alma de cada ser vivo. Bendito O que provê Vida aos mundos.



© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.
Participe da discussão
1000 Caracteres restantes
Envie-me e-mail quando novos comentários forem postados.
Ordenar por:
Discussão (7)
6 Dezembro, 2016
shalom meus queridos, agradeço ao Eterno(Bendito Seja Ele),por vossa causa. Vocês tem me abençoado com seus ensinamentos, agora que li sobre as bençãos sobre os alimentos vou começar a praticar.
helena
brasil
28 Dezembro, 2014
SHALOM A TODOS, MORO EM GENEBRA E DESEJARIA OBTER LO LIVRO ANENI EM FRACES E PORTUGUES. ESTAREI VIAJANDO PARA ERETZ ISRAEL EM FEVEREIRO 2015 E VOU PARA JERUSALEM, VOCES TEM ENDERECOS DE LIVRARIAS ONDE EU POSSA ENCONTRAR ESSES LIVROS?
QUERO AGRADECER A TODA EQUIPE PELO TRABALHO DE TODOS VOCES PELOS ESTUDOS QUE NOS E FORNECIDO, TENHO DESEJADO EM MEU CORACAO DE ME APROXIMAR MAIS E MAIS DO JUDAISMO E ESTUDAR E VIVER MAIS O QUE HASHEM ME ENSINA ATRAVES DA TORAH,ESTOU COMENCANDO DE POUCO A POUCO , IMPRIMI AS BARACHOT (ALIMENTOS) PARA RECITAR TODAS AS VEZES QUE EU FOR INGERIR ALGO.
BENDITO SSEJA O NOME DO ETERNO POR TUDO QUE ELE CRIOU.
CLEIDE MERCERAT.
GENEBRA / SUICA.
Cleide Mercerat
7 Dezembro, 2014
Meus parabéns... Baruch Hashem por ter esta página, pois muitas vezes faço minhas orações das refeições utilizando esta página. ..shalom
Silverio Oliveira
Manaus
23 Julho, 2014
Feliz por estar aprendendo tudo isso! Gratidão por compartilharem preciosos conhecimentos, Shalom!
Anônimo
RJ
beitlubavitchrio.org
10 Janeiro, 2014
Berachot são muito importantes para elevar os alimentos
Anônimo
Rio de janeiro, RJ
14 Novembro, 2012
Shalom! Que a paz do Eterno esteja com vocês.
Sou grato ao Eterno pelas Brachot, e sei que elas servem para nos colocar em nosso lugar e respeitar Hashem, pois temos que ser humildes e pedir permissão para o Eterno em tudo. Shalom.
Gemerson
Manaus, Brasil
10 Março, 2012
Revista Semanal
Shalom aleichem, gostaria de receber a revista semanal. Pois os conteúdos de chabad são os mais confiáveis, pois tem muito lixo e distorções na internet para nos Judeus!
Obrigado!
Anônimo
Criciuma, SC/Brasil