Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato

Bar & Bat Mitsvá

Bar & Bat Mitsvá

Entrando na Idade Adulta

 E-mail

Bar-mitsvá
A expressão "Bar-Mitsvá" se origina parcialmente do aramaico, a língua do Talmud. "Bar" significa literalmente "filho de", e "mitsvá" significa "mandamento". Assim, um "bar-Mitsvá" é um "filho do mandamento".

A ocasião mais importante na vida de um judeu chega quando ele atinge a idade para entrar na aliança com D'us e no compromisso de manter, estudar e praticar todos os mandamentos da Torá, aos treze anos de idade.

O sagrado livro Zôhar explica que no dia do décimo terceiro aniversário de um menino, a alma Divina é revelada com maior intensidade, e exerce uma maior influência. Neste momento os jovens tornam-se aptos a responder pelo cumprimento das mitsvot. Esta é a razão de se fazer uma comemoração especial neste dia.

Uma Seudat Mitsvá (refeição completa com pão e carne) é preparada por ocasião do Bar-Mitsvá. Durante a refeição, o rapaz pronuncia um Devar Torá (um breve, mas profundo comentário sobre algum aspecto da Torá).

Costumes
• A partir desta data o jovem deve colocar Tefilin diariamente (exceto em Shabat, Yom Tov e Chol Hamoêd) e cumprir todas as leis judaicas.

• Jovem deve ser chamado à Torá para recitar as devidas bênçãos, na primeira oportunidade.

• A partir desta data o jovem deve colocar Tefilin diariamente (exceto em Shabat, Yom Tov e Chol Hamoêd) e cumprir todas as leis judaicas. jovem deve ser chamado à Torá para recitar as devidas bênçãos, na primeira oportunidade.

• Após a cerimônia faz-se uma refeição, denominada Seudat Mitsvá, que deve conter pão e carne.

• Nesta refeição, o jovem faz um discurso baseado na Torá.

• Na conclusão da refeição, recita-se Bircat Hamazon, a Bênção de Graças.

• É costume no dia do Bar-Mitsvá o jovem e seus pais fazerem maior doação do que o habitual para caridade, para que este ato lhes traga uma bênção especial.

Bênção recitada pelo pai do jovem:

Após ser chamado à Torá pela primeira vez, quando o filho conclui a segunda bênção, o pai recita uma bênção na qual agradece a D'us pela chegada deste momento tão feliz e por isentá-lo da responsabilidade pelos atos do filho, transferindo tudo ao próprio filho, através da seguinte declaração testemunhada por todos os presentes:

Baruch shepetaráni meônesh halazê.

"Bendito é Ele que me livrou de ser punido por este menino."


Bat-mitsvá
"Bat" significa literalmente "filha de", e "mitsvá" significa "mandamento". Assim, uma "Bat-Mitsvá" representa uma "filha do mandamento".

Uma das ocasiões mais importante na vida de uma menina judia chega quando ela atinge a idade para entrar na aliança com D'us e no compromisso de manter, estudar e praticar todos os mandamentos da Torá, aos doze anos de idade.

O sagrado livro Zôhar explica que no dia do décimo segundo aniversário de uma menina, a alma Divina é revelada com maior intensidade, e exerce uma maior influência. Neste momento as jovens tornam-se aptas a responder pelo cumprimento das mitsvot.

No caso da menina é positivo, não uma obrigação, reunir suas amigas e familiares onde algumas palavras de Torá deverão ser proferidas, seguida de uma seudat mitsvá, refeição festiva.

Ao contrário da cerimônia de Bar-Mitsvá do menino, que implica na colocação dos tefilin e sua chamada pela primeira vez à Torá, esta data não requer nenhum ato religioso específico, já que o Bat-Mitsvá ocorre um ano antes do menino, pois D'us abençoou as mulheres com um grau maior de compreensão e ligação com o Criador.

Costumes
• As meninas, ao completarem doze anos, chegam à idade da maturidade, e têm a responsabilidade de assumir o cumprimento das mitsvot.

• É uma mitsvá fazer uma refeição festiva no dia do Bat-Mitsvá, de forma discreta, conforme nossos sábios explicam que a discrição é uma das maiores virtudes da mulher.

• É costume no dia do Bat-Mitsvá a jovem e seus pais aumentarem a doação que habitualmente reservam para caridade, ato que lhes traz uma bênção especial.

Todos reconhecem que algo está muito errado, mas ninguém discute a respeito do modo ostensivo como vêm sendo celebrados os Bar Mitsvot dos nossos filhos, distorcendo o real significado desse marco tão importante na vida de um judeu
Inicie um Debate
1000 Caracteres restantes
Mais nesta seção