Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato

17 de Tamuz

17 de Tamuz

O início das Três Semanas

 E-mail

O jejum de 17 de Tamuz será dia 11 de julho de 2017 (Terça-feira)
Horários do Jejum

O dia 17 de Tamuz é marcado por tristeza e luto; um dia de jejum e introspecção para o povo judeu. Marca a data em que os romanos romperam as muralhas de Jerusalém para darem início à destruição do Segundo Templo, no ano 70 EC. Nessa mesma data Moshê quebrou as tábuas ao ver o povo judeu adorando o bezerro de ouro.

As três semanas mais tristes de nosso calendário vão do dia 17 de Tamuz até 9 de Av -Tishá BeAv. São marcadas por um período de luto pela destruição do Templo Sagrado e o consequente exílio físico e deslocamento espiritual - no qual ainda nos encontramos: a galut.

É chamado de ben hametsarim - "entre os apertos", baseado no versículo (Echá 1:3) que declara: "Todos seus perseguidores alcançaram-na dentro dos apertos." Os Sábios (Echá Rabá 1) explicam que 'dentro dos apertos' refere-se a dias de aflição que ocorreram no período entre 17 de Tamuz e 9 de Av. Nesse período, muitas calamidades abateram-se sobre o povo judeu através das gerações. Foi durante este período, dentro dos apertos, que tanto o primeiro quanto o segundo Templos foram destruídos. Este período foi portanto estabelecido como um tempo de luto pela destruição dos Santuários.

Durante essa época, diminuímos a extensão de nosso júbilo. Casamentos não são realizados, abstemo-nos de ouvir música, dançar, fazer viagens recreativas, e de cortar os cabelos ou barbear-nos. Segundo o costume sefaradita, que é baseado na opinião de Bet Yossef, cortes de cabelo são permitidos até a semana na qual Tish'á Beav realmente cai.

Costuma-se não recitar a bênção Shehecheyanu nesse período. Dessa maneira, não vestimos roupas novas ou ingerimos frutas que ainda não tenham sido comidas nessa estação, para que não tenhamos que recitar Shehecheyanu. Entretanto, quando confrontados com uma oportunidade de cumprir uma mitsvá que passará - como por exemplo, uma circuncisão ou um pidyon haben - então é feita a bênção. Da mesma forma, se uma fruta nova estiver disponível nesse período de três semanas e talvez não esteja depois, Shehecheyanu é recitada. Como é costumeiro permitir que seja recitada a bênção no Shabat, é preferível guardar a nova fruta até o Shabat. Uma mulher grávida que tenha vontade de comer a fruta, porém, ou uma pessoa doente que necessita dela para sua saúde, pode recitar Shehecheyanu durante as três semanas.

Costuma-se ser ainda mais cuidadoso que o normal ao se evitar situações perigosas. Pessoas devotas separam um período de tempo para reflexão e luto pela destruição de ambos os Templos. Em algumas comunidades costuma-se recitar o Ticun Chatsot mesmo ao meio dia.

Reflexões sobre o mês de Tamuz

Há alguns fatos que ocorreram nessa data e que merecem ser citados.

  • O dia 17 de Tamuz é um dia de jejum em lembrança à cinco tragédias que assolaram o povo judeu em diversas épocas de sua história. O primeiro desses foi o fato de Moshê ter quebrado as Tábuas da Lei. Nas preces de Selichot, rezadas nesse dia, há menção à quebra das Tábuas, sem referência ao motivo (o bezerro de ouro). Isto porque a milagrosa escrita Divina gravada nas Tábuas nunca mais foi recuperada. Foi perdida para sempre essa forte revelação Divina cujas letras estavam gravadas de fora a fora, de forma legível sob qualquer ângulo e cuja mensagem podia ser claramente transmitida, sem qualquer possibilidade de distorção.
  • O número 21 (soma dos dias das Três Semanas) forma a palavra hebraica Ach, que significa apenas; 17 (de Tamuz) tem o valor numérico da palavra hebraica Tov, bem. Ambas iniciam um versículo que diz: "Ach tov Leyisrael", "Apenas o bem para Israel". Isto mostra que, de modo mais profundo, os acontecimentos desagradáveis das Três Semanas, na realidade, levarão somente a coisas boas.
  • Número três, no judaísmo, representa perfeição e eternidade. E assim está escrito: "A corda tríplice não se desmanchará facilmente". De fato, esse número é recorrente: há três Patriarcas, três Festas de Peregrinação, a Lei Escrita é composta de três partes (Torá, Neviim e Ketuvim), entregue no terceiro mês após a saída do Egito, ao povo judeu formado por três grupos (Cohen, Levi e Yisrael) etc.
  • Se o número três é tão significativo, por que então tantas tragédias recaíram sobre o povo judeu durante as Três Semanas? A resposta é que todo esse sofrimento são etapas que levam à Era Messiânica. Isto é aludido ao fato de os dois jejuns, 17 de Tamuz e 9 de Av, sempre coincidirem com o mesmo dia da semana do Sêder de Pêssach, quando comemoramos a saída do Egito e nossa libertação.
© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.
 E-mail
Participe da discussão
Classificar por:
9 Comentários
1000 Caracteres restantes
Maria Machado Nederland, NL via beitchabad.org.br 22 Julho, 2016

mercesserafins@hotmail.com Gostei muito do texto é muito emocional e graças a Hashem hoje podemos aprender sobre o judaísmo e viver a historia de coração eu sou muito grata pelo conhecimento. Agradecimentos. Que nosso Rei da gloria como Hashem e um Rei também no Salmo 24, que acho tão lindo que abençoe vocês.
Reply

Vera Henrique Belo Horizonte, MG via beitchabad.org.br 19 Julho, 2016

Elogio Amo muito seus ensinos. São orientadores e iluminados. Obrigada Chabad por esse tesouro tão grande de informações sobre o judaísmo que antes estavam tão longe de nós. Reply

Samua de Brito Paiva Rio de Janeiro via beitlubavitchrio.org 23 Junho, 2013

Muita sabedoria, Muita Luz O texto contém muita sabedoria e vemos sua luz se irradiar pelos comentários. D'us continue a abençoar vocês. Reply

Ivan de Oliveira Ferreira Macaé, RJ/Brasil 11 Julho, 2012

Salvação "Ma tôvu ohalêcha Iaacov mishkenotêcha Yirael..." Sou agradecido pela vossa existência; Sinto-me seguro com a vossa sabedoria e ensinamento, tenho confiança plena de que o que foi escrito para nosso aperfeiçoamento vem da vossa boca; O Eterno me impulsiona ao vosso encontro; Não sei se sou judeu, mas sinto-me interiormente como quem "o" É, e isso me dá ânimo ... Sou primogênito e filho único de mãe Oliveira e pai Ferreira, (gostaria de conhecer a minha árvore genealógica se assim for conveniente) por hora, até aqui é isso. No mais;
"O Eterno te abençoe e te guarde, faça o Eterno resplandecer o seu rosto sobre ti e te dê a paz" . - Bamidbar 6 24-26 Reply

Anonymous Jerusalem, Israel 10 Julho, 2012

Primeiro comentário A conversão é aceita no judaismo senhora, e os convertidos tem o mais alto nivel. Basta realmente querer e ir ao lugar certo.
Fico feliz por voce. Mas antes de tudo, saiba que ser judeu é muito mais do que parece, e como uma princesa, saiba que vai encontrar responsabilidades. Beatslacha (boa sorte). Reply

Anonymous Jaguaquara , BA/Brasil 6 Julho, 2012

Gratidão Muito bom, esse povo é Luz de verdade. Grato ao Eterno até pelas dificuldades... Reply

Anonymous S. André, SP/Brasil 4 Julho, 2012

Obrigada Há 6 meses conheci este site e mesmo não sendo judia, não conhecendo pessoalmente nenhum judeu mas amando ao D'us de Israel e seu povo há mais de 30 anos, minha vida tem recebido um novo significado. Esforço-me diariamente para praticar os ensinamentos Chassídicos e sinto-me mais próxima do Criador. Tenho um desejo forte em conhecer/conversar com um rabino mas tenho medo de ser rejeitada, então admiro anonimamente.
Obrigada pelo site. Reply

Anonymous RJ, RJ/Brasil 17 Julho, 2010

Duvida Da para colocar as datas do calendario ocidental entre parenteses quando voces estiverem citando as datas em hebraico? Facilitaria muito: 17 de tamuz(... de julho).Ok? Reply

Anônimo 17 Julho, 2010

Tishá Be Av Obrigada,mas vocês adivinham o que precisava saber, sem nem ao menos perguntar?
Estou precisando: cortar os cabelos e fazer as unhas, mas tinha dúvidas quanto ao período.Eu estava muito confusa, portanto, o artigo veio a calhar. Reply

Mais nesta seção
Esta página em outros idiomas