Por Iehiel Moscovich

O Mishcan (Tabernáculo) que os judeus foram ordenados a construir, era uma tarefa bastante complexa. Tanto sua construção, como a de seus utensílios, tinham como única finalidade ampliar a conexão entre D'us e o povo judeu. Por isso devemos compreender um pouco mais sua essência.

O Mishcan era constituído por duas coisas básicas: sua estrutura e a criação de seus utensílios. As paredes eram de madeira de acácia, com um teto de peles de cabra. Mas isso não bastava. A Torá também ordena a acrescentar uma outra cobertura feita de pele de Tachash. O que era o Tachash? Era um animal com pele colorida muito bonito, que existiu somente naquela época, com a finalidade de ter sua pele usada como cobertura do Mishcan.

Vemos então que existem três coisas que completam o Mishcan: seus utensílios, sua estrutura, e a cobertura adicional de pele de Tachash. E cada uma delas simboliza algo diferente em nosso serviço divino.

Os utensílios simbolizam as mitsvot, pois como são a parte principal, as Mitsvot são o nosso principal objetivo. As paredes e a cobertura simbolizam a cavaná (intenção) necessária no cumprimento de nossos preceitos. E a pele de Tachash colorida simboliza o hidur mitsvá (embelezamento das mitsvot) e os costumes de nosso povo.

Poderíamos pensar que o embelezamento das mitsvot ou nossos costumes não são tão importantes, bastando que as mitsvot sejam simplesmente cumpridas. E aqui aprendemos que é justamente o contrário: são tão importantes que vemos que as peles de Tachash eram o que cobria todo o Mishcán.

Assim também quando nós nos dedicamos às mitsvot, tanto em seu cumprimento quanto em seu hidur, causamos que D'us se orgulhe e paire dentro de cada um de nós, aproximando a tão esperada construção do terceiro Beit Hamicdash, que será em breve em nossos dias.


Parashá Terumá
Arie Leib Ysroel Moscovich

*1) Quando Hashem ordenou בני ישראל (seu povo) para construir o משכן**(o tabernáculo)?

Há 3 opiniões:

  1. Entre מתן תורה (entrega da Torá) e o חטא העגל (o pecado do bezerro de ouro).
  2. Entre חטא העגל (o pecado do bezerro de ouro) e יום כיפור (Dia do Perdão).
  3. Após יום כיפור (Dia do Perdão), que foi o dia do recebimento das segundas לוחות (Tabuas da Lei).

*2) Qual era a situação espiritual de בני ישראל (seu povo) quando Hashem deu esta ordem?*

Relacionando às opiniões acima:

  1. *Tsadikim (justos)*, pois tinham acabado de ver os milagres em *Mitzraim (Egito)*e o recebimento da sagrada Torá.
  2. *Reshaim (perversos)*, pois acabaram de cometer o pecado do bezerro de ouro.
  3. *Baalei teshuvá*, pois acabaram de receber o perdão de Hashem.

*3) O que podemos aprender do fato de Hashem ter dado esta ordem justo nesta situação espiritual?*

  1. Que até mesmo os *Tsadikim* devem se ocupar com מצוות (mitzvot) materiais como por ex. a construção do משכן (tabernáculo), e não apenas com assuntos espirituais.
  2. Que até mesmo os *Reshaim* devem estudar תורה, pois a luz da תורה vai influencia-los para que façam תשובה (retorno para a Torá).
  3. Que mesmo que um *Baalei teshuvá* no começo deve se afastar das coisas materiais, seu objetivo final é conseguir elevar (santificar) o material para קדושה (santidade).