Entre em contato

Cabalá & Misticismo

Cabalá & Misticismo

 E-mail
A alma possui sexo ou religião? Como ocorre o processo de reencarnação, há algum tipo de planejamento? A alma se divide?
Você pode descrever a alma?
Um animal pode ter uma alma humana?
A astrologia pode prever nosso futuro?
O supremo propósito no estudo da Cabalá é o auto-aperfeiçoamento. Fazer de si próprio uma pessoa melhor - mais Divina, mais sintonizada com sua essência e raízes. É isso que a Cabalá tem para oferecer àqueles que realmente desejam recebê-la.
Gostaria de saber de um lugar confiável para me iniciar no estudo da Cabala. Poderiam me auxiliar?
Como podemos admitir a existência de lúcifer, uma vez que sua energia é totalmente antagônica e contrária a de D'us e como Ele permitiria uma força oposta, provocar caos, já que D'us é harmonia, paz, sucesso, prosperidade e tudo o que há de melhor?
Como o espiritismo é visto e tratado pelo judaísmo?
Você optaria por isso? Ficaria satisfeito com uma cópia exata de seu irmão? Sua morte seria revertida quando você encontrasse seu clone? Isso acabaria com a sua dor?
Sempre ouvi dizer que a Guilgul Neshamot (reencarnação das almas) é plenamente aceita no judaismo. É verdade?
Queimarei no inferno?
Qual é a maneira judaica de meditar?
Qual é o tema do Tanya? Acabo de ser apresentado a esse livro por um vizinho Chabad, e estou pensando em explorar essa nova área.
A Divina Providência (Hashgachá) significa que podemos ir além do sistema. Podemos implorar ao Criador do sistema, ou fazer teshuvá (nos arrepender) e transformar a nós mesmos, até mudar nosso passado.
O conceito de guilgul (reencarnação) é originado no judaísmo, sendo que uma alma deve voltar várias vezes até cumprir todas as Leis da Torá.
Sou uma judia secular e tenho medo de ir para o inferno. O que diz a Torá sobre inferno, e irei para lá simplesmente porque não observo o Shabat, as festas judaicas ou as leis de casher? De maneira geral, sou um ser humano muito decente - mas é claro que ninguém é perfeito.
Dissipar as fronteiras entre as nações, gêneros e indivíduos significa evitar encarar o desafio que se encontra no próprio propósito da Criação – encontrar a unidade nas nossas diferenças.
Qual a opinião do Judaísmo sobre os videntes?
No Judaísmo, o profeta (alguém que é capaz de prever acontecimentos futuros com perfeita acuidade e precisão ímpar) é merecedor da maior admiração. Porém o vidente, possuidor de habilidade aparentemente idêntica, é na melhor das hipóteses visto com apreensão.