Entre em contato

A Fé em D'us Está Dentro de Nós

A Fé em D'us Está Dentro de Nós

 E-mail

O Professor Reuven Feuerstein, que faleceu aos 92 anos de idade em abril de 2014, foi um dos melhores psicólogos para crianças do mundo, um homem que transformou vidas e levou crianças com sérios problemas cerebrais a conquistarem aquilo que ninguém julgava possível. Eu o conheci e o admirava, e estava registrando um tributo a ele quando seu filho me contou uma história maravilhosa.

Feuerstein estava trabalhando com um grupo de índios nativos americanos e eles queriam mostrar gratidão a ele. Portanto o convidaram, juntamente com sua esposa, para visitar a reserva. Eles foram levados até a casa do chefe indígena onde os líderes da tribo estavam sentados em círculo.

Quando começou a tradicional cerimônia de boas-vindas, o professor, um judeu ortodoxo de Jerusalém, ficou abismado pela incongruência. Voltou-se para sua esposa e disse a ela, em yidish: “O que diria minha mãe se pudesse me ver agora?” Para seu assombro, o chefe indígena voltou-se a ele e respondeu em yidish: “E o que ela diria se soubesse que entendi o que você acaba de dizer?”

O chefe indígena que falava yidish contou sua história a Feuerstein. Fora criado na Europa como judeu religioso, mas tendo sobrevivido aos horrores do Holocausto, decidiu que queria passar o resto da vida o mais distante possível da civilização ocidental, portanto juntou-se aos índios e tornou-se seu médico. Feuerstein foi o primeiro judeu que ele encontrava em seu exílio auto-imposto.

Existem algumas pessoas para quem coisas estranhas acontecem e Reuven Feuerstein era uma dessas. Nascido na Romênia, estudou Psicologia em Bucareste, mas foi forçado a fugir por causa da invasão nazista. Mudou-se para Israel depois da guerra, e começou tratando crianças sobreviventes traumatizadas pelo Holocausto. Voltando à Europa, completou sua educação em Genebra e na Sorbonne. Mais tarde voltou para Israel, onde criou o Instituto para Aumento do Potencial de Aprendizagem.

Dedicou a vida a crianças com desvantagens, algumas físicas - autistas, problemas cerebrais e Síndrome de Down - e outras culturais ou sociais. Seus métodos foram adotados em mais de 80 países. Era um gênio, um mágico, um homem pequeno e magro com olhos tremeluzentes. As crianças se abriam para ele como flores ao sol.

Conto a sua história porque ele foi um judeu profundamente espiritual. Seus métodos eram elaborados e suas teorias complexas, mas vendo-o no trabalho você sabia que existiam três razões para ele conseguir milagres. Primeiro, a base de seu trabalho era o amor. Ele amava as crianças e elas o amavam. Segundo, ele tinha uma fé transformadora. Sob ele as crianças desenvolviam talentos que ninguém achava possível, porque ele acreditava que elas podiam. Ele tinha mais fé nelas que qualquer outra pessoa.

Terceiro, ele se recusava a dispensar alguém. Insistia para que as crianças com incapacidades deveriam ser incluídas na sociedade como qualquer outra. Elas também eram a imagem de D'us. Elas também tinham direito ao respeito. Podiam levar uma vida plena e significativa.

Aprendi com o Professor Feuerstein que a fé realmente muda vidas. A única coisa que nos pode tirar do desespero e fracasso em cumprir nosso potencial é o conhecimento de que alguém acredita em nós mais do que acreditamos em nós mesmos.

É isso que D'us faz. Ele acredita em nós mais do que acreditamos em nós mesmos. Não importa quantas vezes erramos, Ele nos perdoa. Não importa quantas vezes caímos, Ele nos levanta. E Ele nunca desiste. Como dizemos em Le-David Hashem ori ve-yishi: “Meu pai e minha mãe poderiam me abandonar, mas D'us vai me recolher.” (Salmo 27:10).

No coração do Judaísmo há uma crença profundamente transformadora: nossa fé na fé de D'us em nós. Isso, como Reuven Feuerstein mostrou, pode nos levar a grandezas que jamais pensamos ter.

Por Rabino Jonathan Sacks
Lord Rabino Jonathan Sacks, antigo Rabino Chefe da Grã-Bretanha e da Comunidade Britânica, além de famoso escritor e palestrante sobre Chassidismo. É fundador e diretor do Meaningful Life Center (Centro para uma Vida Significativa).
© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.
 E-mail
Participe da discussão
Classificar por:
4 Comentários
1000 Caracteres restantes
Fabio Alexandre Pereira 22 Outubro, 2014

Prefiro pensar que Feuerstein foi uma dessas pessoas maravilhosas com que D´us presenteia a humanidade, de tempo em tempo, para nos lembrar que é possível o encontro da ética com a inteligência, e que ciência e fé não são antagônicas, mas complementares. O seu legado nunca morrerá
. Reply

Madalena Lapa , SP 21 Outubro, 2014

O amo muito mais. Já o amava muito, pois através de seu sistema consegui ajudar meu filho a vencer a dislexia e motivá-lo nos exercícios. Que maravilha! Vou me esforçar para divulgar mais esse sistema, pois é fabuloso e poucos psicopedagogos o conhecem! Reply

Juliana Joinville 20 Outubro, 2014

Ahabah Serviu como uma luva para mim!!!!!!!!! Reply

Anônimo Rio de Janeiro 20 Outubro, 2014

Excelente artigo Eu já havia agradecido a meu psicanalista/psiquiatra por acreditar em mim, pois é assim que eu entendo a sua profissão. Este artigo foi oportuno para eu me lembrar de agradecer a D'us, quem acreditou em mim primeiro. Reply