Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato

Adam Solitário

Adam Solitário

 E-mail

Pergunta:

Meu marido simplesmente parece não entender. A noite passada ele chegou em casa uma hora atrasado, sem ao menos ligar para dizer que não chegaria na hora. Esta é a quinta vez que ele faz isso, e estamos casados há apenas três meses! Pode parecer bobagem, mas isso me incomoda muito. Não quero que ele me veja como uma mulher criadora de casos, o que devo fazer?

Resposta:

Pode parecer desapontador, mas seu marido está agindo como um sujeito bastante normal. E você parece bastante normal também. É por isso que está tendo este problema.

Existe uma coisa que você precisa saber sobre os homens. Eles são solitários. Estar num relacionamento não é natural para eles. Não pensam automaticamente sobre como suas ações afetam outra pessoa. O estado de negligência emocional de um homem é solidão.

Isso não se aplica às mulheres. A mulher tem um senso inato de relacionamento, de conexão com outros. Uma mulher naturalmente compratilha ela mesma e cria um vínculo com os outros. Um homem não. Ela é um ser de relacionamento, ele é um ser solitário.

Obviamente, é uma grande generalização dizer que todos os homens são solitários e todas as mulheres são conectoras, e as generalizações nunca são acuradas. Mas dizer que as generalizações nunca são acuradas é por si mesma uma generalização, e portanto também não é acurada. Então vamos generalizar: embora obviamente existam muitas exceções, falando de maneira geral, o estado natural do homem é ser solteiro, e o estado natural da mulher é estar num casal.

Há uma base sólida para essa teoria. Remonta até o início dos tempos, ao primeiro homem e à primeira mulher, Adam e Eva.
Adam foi criado sozinho. Seu estado original era de um solteiro. Porém Eva foi criada a partir de Adam. Ela nunca foi solteira. Eva, pela própria natureza, era um ser de relacionamento, porque foi criada com seu parceiro perto dela. Tinha um senso inato de interconexão; sabia intuitivamente que não estamos sozinhos neste mundo, que nossa ações causam impacto nos outros, e que podemos e devemos ser sensíveis àqueles que nos rodeiam. Isso era inato à psique de Eva, pois ela nunca esteve sozinha. Mas tudo isso era novo para Adam. Ele teve de aprender o que um relacionamento significa e como estar consciente do outro, pois em seu âmago ele era um ser sozinho.

Adam é o homem essencial, e Eva a mulher essencial. E assim é até hoje, as mulheres são seres de relacionamento, e os homens são seres sozinhos. Nem todas as mulheres são boas nos relacionamentos, e nem todos os homens são ermitões sem esperança. Porém, as mulhres são mais propensas a saber como se ligar a outros, e os homens são mais inclinados a manter as próprias emoções dentro de si mesmos.

Portanto seu marido não tem ideia de que você se aborrece quando ele chega tarde em casa. Ele pode estar pensando: “Por que ela não pode se ocupar até que eu chegue? Ela é tão insegura que não pode cuidar de si mesma por uma hora extra ou pouco mais?” O que ele não entende ainda é que embora ele seja um solitário, você é uma conectora. Você não precisa que ele esteja fisicamente com você o tempo todo, mas emocionalmente, ele deve estar com você o tempo todo. Se ele ao menos ligasse para dizer que está atrasado, você não se sentiria sozinha, porque ele demonstrou que se importa, que está ligado a você.

A missão de Eva foi ajudar Adam a sair de seu isolamento e aprender como se conectar. Você também precisa fazer isso. Explique ao seu marido que não é o atraso dele que a incomoda; é que ele não teve suficiente consideração para comunicar o atraso a você. Ajude-o a entender que ele não está mais sozinho, e mostre como o mundo é belo quando compartilhado com alguém. Dê tempoa ele. Você não pode curar a solidão existencial da noite para o dia. Mas se perseverar, com gentileza e amor, ele abrirá aquele local solitário dentro dele e a deixará entrar. Então vocês poderão partilhar a vida em seu próprio Jardim do Éden, e jamais serão solitários outra vez.

Por Aron Moss
Rabi Aron Moss ensina Cabalá, Talmud e Judaísmo prático em Sydney, Austrália, e contribui frequentemente com Chabad.org.
© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.
 E-mail
Participe da discussão
Classificar por:
6 Comentários
1000 Caracteres restantes
Flávio Belo Horizonte 25 Março, 2015

No início do meu casamento foi assim. Não que chegava tarde sem avisar. Mas gostava de um certo isolamento ao chegar do trabalho cansado e com fome. Queria somente ver ao jornal e tomar um café sem falatório na minha cabeça. Até compreender que minha esposa ficava a tarde toda sozinha, pois chegava do trabalho e não tinha ninguém para conversar. Ela me esperava para contar todo o seu dia; com minucias. O que fiz? Passei a ouvi-la primeiro, ai sim, ela ia dormir e poderia curtir meu momento sozinho. Reply

Marcelo Costa Rio de Janeiro 14 Março, 2015

Não somente as mulheres deveriam ler esse artigo. Os homens também devem lê-lo. O auto-conhecimento e o reconhecimento dessa solidão intrínseca da natureza masculina pode evitar conflitos desnecessários. Lamento apenas não ter recebido essa luz em minha vida antes, mas tenho certeza que o Eterno sabia exatamente o que estava fazendo ao "fechar meus olhos" para esse conhecimento até agora.
É para que eu o aplique com sabedoria a partir de agora. Eu e minha esposa colheremos melhores frutos a partir de agora. Reply

Marcia de Oliveira Dias Serra, ES/Brasil via chabadpoa.org 13 Janeiro, 2014

É por isso que a mulher se sente mais segura, quando o marido está presente. Mesmo ela sendo forte, resolver problemas, mas, sempre sente-se frágil, principalmente quando está grávida. Amém, Shalom!!!!! Reply

Mayra Moreira São Luís, MA/Brasil via chabadpoa.org 14 Abril, 2013

E mais uma vez devo agradecer ao Senhor por me ter ensinado tanto... Desde bem pequena o Senhor me vem falando dessas coisas. E aqui apenas se confirma e eu agradeço. Espero um dia poder colocar tudo em prática. Reply

Francisca Míriam Costa Fortaleza, Ceará/Brasil 7 Março, 2012

Muitas vezes não sabemos o motivo a razão ou as circunstâncias de um pequeno atraso ...No entanto se é um fato isolado e não algo repetitivo talvez seja o caso de entendermos que às vezes sentimos necessidade de ficarmos sozinhos é tudo muito natural...Receba seu marido com tranquilidade e abrace-o calorosamente e ele sentir-se-á deveras num porto seguro. Apreciei o sábio conselho de Aron Moss; muito oportuno... Reply

Elisa Kozlowsky Ribeiro Niterói, RJ/Brasil 6 Agosto, 2011

Devo dizer que jamais ouvi um conselho tão precioso e sábio como este no que se trata da relação de um casal. Um conselho muito sóbrio e de grande utilidade. Todos os casais deveriam refletir sobre isso antes mesmo do casamento. Reply