Entre em contato

O Shemá

O Shemá

Declare a Sua Crença

 E-mail

Habitamos uma miragem cósmica. Notamos milhares de criações, todas aparentemente seres autossuficientes e independentes. Mas, como judeus, acreditamos que na verdade há somente uma entidade verdadeira. Um D'us que é a essência de tudo. Um D'us manifesto numa quantidade infinita de criações.

Gravar essa ideia contra-intuitiva em nossa psique é nosso maior desafio, mas essencial para desenvolvermos uma verdadeira apreciação e um relacionamento com nosso Criador. Para esse fim, toda manhã e toda noite recitamos o Shemá – três parágrafos bíblicos (Devarim 6:4-9; 11:13-21; Bamidbar 15:37-41), que começam com a declaração que define o Judaísmo: Ouve, ó Israel, o Eterno é nosso D'us, o Eterno é Um. O Shemá então discute algumas bases do Judaísmo: amor a D'us, estudo de Torá, o princípio da Divina recompensa e punição, e nosso êxodo do Egito.

O Shemá é parte das preces matinais e noturnas. Recite o Shemá, mesmo que você não esteja recitando as preces.

Quando

“Quando te deitares e quando te levantares” – Devarim 6:7. Manhã: durante a primeira quarta parte do dia – começando quando houver luz suficiente para reconhecer alguém a uma curta distância. Noite: a partir do instante em que as estrelas aparecem, até o amanhecer. De preferência, antes da meia-noite.

Como

Recite o Shemá em seu idioma se você não entende hebraico. Certifique-se de que seu ambiente está limpo e recatado, e articule e pronuncie cuidadosamente cada palavra. Não faça interrupções durante a prece.

Cubra os olhos com a mão direita enquanto recita o primeiro verso – bloqueando estímulos externos que o possam distrair. Recite o verso em voz alta, pelo mesmo motivo. O ideal é que os homens coloquem talit e tefilin para o Shemá matinal.

Cobrem-se os olhos com a mão direita ao recitar o primeiro versículo do Shemá.

Shemá Yisrael, A-do-nai E-lo-hê-nu, A-do-nai Echad.
(Em voz baixa:) Baruch shem kevod malchutô leolam vaed. (descobrem-se os olhos)

Veahavtá et A-do-nai E-lo-hê-cha, bechol levavechá uvchol nafshechá, uvchol meodêcha. Vehayu hadevarim haêle, asher Anochi metsavechá hayom, al levavêcha. Veshinantam levanêcha vedibartá bam, beshivtechá bevetêcha, uvlechtechá vadêrech uvshochbechá uvcumêcha. Ucshartam leot al yadêcha vehayu letotafot ben enêcha. Uchtavtam al mezuzot betêcha uvish’arêcha.


Ouve, Israel, A-do-nai é nosso D-us, A-do-nai é Um.

(Em voz baixa:) Bendito seja o nome da glória de Seu reino para toda a eternidade.

Amarás a A-do-nai, teu D-us, com todo teu coração, com toda tua alma e com todo teu poder [tuas posses]. Estas palavras que Eu te ordeno hoje ficarão sobre teu coração. Inculca-las-ás diligentemente em teus filhos e falarás a respeito delas, estando em tua casa e andando por teu caminho, e ao te deitares e ao te levantares. Ata-las-ás como sinal sobre tua mão e serão por filactérios entre teus olhos. Escreve-las-ás nos umbrais de tua casa e em teus portões.

© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.
 E-mail
Participe da discussão
Classificar por:
10 Comentários
1000 Caracteres restantes
Valmir Pereira da Silva Filho Itaquaquecetuba- SP 12 Setembro, 2017

Maravilhoso ter esta porta de entrada para o entendimento sobre Judaísmo. Meu sincero obrigado, pois tenho buscado muito, pois me faz bem. Reply

Roza S.G. Nascimento Recife 3 Setembro, 2017

Sou de origem africana. Também professo o mesmo D'us, único D'us e suficiente Salvador. Reply

Ribeiro Passos Juiz de Fora, Brasil 19 Agosto, 2017

Não sabia de minha origem judaica, tanto por família materna, quanto paterna.
Desde então venho tentando aprender sobre os costumes outrora "escondidos" por algumas gerações, de minha origem, e de quem sou REALMENTE. Ótimo esclarecimento !
Algumas condutas, mesmo antes de saber que eu sou Judeu, eu já adotava intuitivamente.... hoje sei que D'us me intuia a tomar alguns cuidados, de acordo com a minha raiz familiar, sem que eu sequer desconfiasse de minha herança judaica.
Muitos Sefarditas, acredito, que por perseguição, medo, acharam por bem não repassar a seus filhos seus ensinamentos, acreditando que assim os protegeria.
Contudo, perante D'us, jamais deixamos de ser seus filhos, e filhos de Israel, que a um simples lampejo, reencontram o caminho de sua tribo, e família. Reply

Marcos Rio de janeiro 14 Dezembro, 2016

Eu nao sabia que era descendente de Judeus de parte de mae e pai, isso e tudo muito novo pra mim! D-us é a minha força e que ele me ajude na minha Jornada. Reply

Diego Cohen São Paulo 29 Abril, 2016

Monoteísmo D-us é único. Não há outro. Ele é tudo e tudo é Ele. Reply

Carla Arlene dos Santos Fidelis Maceió 15 Julho, 2015

Eu declaro que só creio em um único D-us, assim como meus primeiros ancestrais e espero que meus também. Reply

Realda Mentges Jaragua do Sul , SC/Brasil 10 Setembro, 2013

Tive a oportunidade de ouvir o Shemá em hebraico na cidade Nazareth no hotel Plaza Nazareth e senti a presença de D'us. Inesquecível. Reply

Moshê Shalom Brasília-DF 28 Agosto, 2013

Unidade de HaShem Shemá, me dá força e vigor para continuar minha jornada. Reply

Alberto de Souza Neto 14 Agosto, 2013

Sem assunto Sou Católico Apostolico Romano, admiro muito o povo Judeu. Reply

Ligia Maria Schwan Batista SP - Brasil 19 Julho, 2013

Shemá Após recitar pela primeira vez o Shemá inteiro, a Palavra que veio à minha mente foi "Tiferet Ha Nefesh"

Obrigado! Reply