Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato

Rabi Shemuel Schneersohn - O " Rebe Maharash"

Rabi Shemuel Schneersohn - O " Rebe Maharash"

2 de Iyar, 5594 (1834) - 13 de Tishrei, 5643 (1882)

 E-mail

Liderança

O quarto na sucessão da liderança de Chabad foi Rabi Shmuel, filho do Tsemach Tsêdec. Rabi Shmuel continuou a divulgar os ensinamentos de Chabad entre o povo judeu, e ao mesmo tempo a se engajar nas atividades comunitárias para melhorar as condições materiais e espirituais dos judeus dentro e fora das fileiras do Movimento Chassídico.

Em 5615 (1855), aos vinte e um anos, o pai de Rabi Shmuel pediu-lhe que participasse ativamente no trabalho comunitário. Junto com um colega, Rabi Shmuel viajou à capital da Rússia para tomar parte numa conferência promovida pelo governo russo para discutir os problemas ligados à publicação de livros escolares com uma tradução alemã, para uso na instrução das crianças judias. Esta conferência foi feita sob a direção de um dos assistentes do Ministro do Interior. Apesar de sua pouca idade, Rabi Shmuel manifestou sua opinião de maneira clara e vigorosa aos funcionários do governo czarista.

Entre os anos de 5616 e 5626 (1856-1866) ele viajou extensivamente por todo o país e fora dele, para conhecer e influenciar importantes líderes judeus. Os amigos que fez e a confiança que inspirou nessas reuniões seriam de grande ajuda ao Judaísmo nos anos que viriam.

Após a morte do Tsemach Tsedec na primavera de 5626 (1866), Rabi Shmuel foi eleito para sucedê-lo como líder dos chassidim de Chabad. Sua liderança, entre os anos 5626 a 5643 (1866-1882), coincidiu com um dos períodos mais tempestuosos do anti-semitismo na história da Rússia, originando-se nos círculos mais altos da corte czarista em S. Petersburgo. Muitos príncipes estavam entre os mais violentos oponentes dos judeus, e constantemente tramavam para causar problemas às comunidades judaicas e instigavam pogroms.

Rabi Shmuel, profundamente cônscio de sua responsabilidade, estava entre os mais destacados guerreiros na batalha pela sobrevivência e defesa dos judeus. Ele era o espírito inspirador em todas as ações empreendidas para salvar as massas de judeus ou defendê-las contra os maldosos ataques dos círculos governamentais.

Em 5629 (1869) Rabi Shmuel organizou um conselho permanente de líderes da comunidade judaica de S. Petersburgo. A tarefa do conselho era estar bem informado sobre todos os assuntos referentes ao povo judeu, e estar em guarda constante para defender seus interesses e direitos.

De 5630 a 5640 (1870-1880), Rabi Shmuel novamente viajou a diversas partes do Império Russo e para o exterior, com total desconsideração pela sua segurança pessoal.

© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.
 E-mail
Inicie um Debate
1000 Caracteres restantes