Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato
Domingo, 27 Tevet 5778 / 14 Janeiro, 2018

Tehillim do Dia - Salmos

Tehillim do Dia - Salmos

Capítulos 120-134

 E-mail
Mostrar conteúdo em:
Salmo 120
Os quinze Salmos seguintes (120-134), conhecidos como os Cânticos de Ascensão (ou dos Degraus), eram cantados no Templo, onde o judeu era levado a alturas espirituais cada vez mais elevadas. No Templo, Israel declarava que o ser humano não deve permanecer espiritualmente estagnado. O mundo é composto por infinitos degraus de bondade, e a missão do ser humano é galgar as alturas espirituais, que partem da terra e vão até os céus.
  1. Um cântico de ascensão. Em minha angústia clamei ao Eterno e Ele me atendeu.
  2. Livra minha alma, ó Eterno, de lábios mentirosos e línguas enganadoras.
  3. O que ganharás e o que Te será acrescido por teres uma língua enganadora?
  4. Calúnias são como as flechas aguçadas dos guerreiros, que transportam brasas vivas.
  5. Ai de mim, que tive que peregrinar em Méshech e habitar nas tendas de Kedar.
  6. Minha alma, por bastante tempo, teve que morar entre os que odeiam a paz.
  7. Não quero a guerra, mas mesmo quando lhes falo de paz eles preferem a guerra.



Salmo 121
Este cântico descreve os meios pelos quais Israel encontra forças para atingir as alturas espirituais e ascender até a Sua gloriosa Presença. Trata da proteção constante de Deus, e recitá-lo é particularmente apropriado em épocas de crise.
  1. Um cântico para ascensão. Ergo meus olhos para o alto de onde virá meu auxílio.
  2. Meu socorro vem do Eterno, o Criador dos céus e da terra.
  3. Ele não permitirá que resvale teu pé, pois jamais se omite Aquele que te guarda.
  4. O Guardião de Israel jamais descuida, jamais dorme.
  5. Deus é Tua proteção. Como uma sombra, te acompanha a Sua Destra.
  6. De dia não te molestará o sol, nem sofrerás de noite sob o brilho da lua.
  7. O Eterno te guardará de todo mal; Ele preservará tua alma.
  8. Estarás sob Sua proteção ao saires e ao voltares, desde agora e para todo o sempre.



Salmo 122
Este Salmo descreve Jerusalém como a cidade onde o indivíduo experimenta o encontro com a santidade. Não importa quantos peregrinos venham, cada um deles tem uma sensação de mérito e elevação.
  1. Um cântico de ascensão de David. Regozijei-me quando me disseram: “Vamos à casa do Eterno”.
  2. Chegaram nossos pés às tuas portas, ó Jerusalém.
  3. És uma cidade edificada e coesa para unir
  4. todas as tribos do Eterno que a Ti se dirigiam como um testemunho de todo Israel, para erguer graças ao Nome do Eterno.
  5. Ali foi estabelecido o tribunal de justiça, o trono da casa de David.
  6. Rogai ao Eterno pela paz de Jerusalém! Prosperem os que te amam, ó Jerusalém!
  7. Haja paz em teus baluartes e segurança em teus palácios.
  8. Por amor a meus irmãos e companheiros, rogarei por Tua paz.
  9. Por amor à casa do Eterno, nosso Deus, buscarei sempre o Teu bem.



Salmo 123
O salmista escreve a partir da perspectiva dos judeus no exílio, cuja trágica experiência ensinou-os que somente Deus pode ajudá-los.
  1. Um cântico de ascensão. Elevo meus olhos a Ti que nos céus habitas!
  2. Assim como se fixam os olhos dos servos na mão de seus senhores e os da serva nas de sua senhora, voltam-se nossos olhos para o Eterno, nosso Deus, e Nele permanecerão fixos até que de nós Se compadeça.
  3. Compadece-Te de nós, ó Eterno! Concede-nos Tua compaixão, pois estamos exaustos de suportar tanto opróbrio.
  4. Nossa alma está saturada de sofrer escárnio dos faustosos e desprezo dos soberbos.



Salmo 124
Somente o cuidado e proteção de Deus salvaram Israel da extinção.
  1. Um cântico de ascensão de David. Se não tivéssemos por nós o Eterno - seja isto proclamado por Israel -,
  2. se não tivéssemos por nós o Eterno quando malévolos contra nós se levantaram,
  3. teríamos sido devorados vivos ao se acender contra nós
  4. seu furor; ondas violentas nos teriam afogado.
  5. Torrentes impetuosas teriam submergido nossa alma.
  6. Bendito seja o Eterno, que não permitiu sermos nós uma presa para suas garras e dentes.
  7. Como um pássaro que escapa do laço com que o tentam prender caçadores, escapou nossa alma. Rompeu-se o laço e fomos libertados.
  8. Nosso socorro foi e é o Nome do Eterno, o Criador dos céus e da terra.



Salmo 125
Os que confiam em Deus estão sempre seguros. Ele os protege tanto dos ataques físicos quanto espirituais feitos pelos iníquos.
  1. Um cântico de ascensão. Os que depositam sua confiança no Eterno serão firmes como o monte de Tsión, que permanecerá inabalável para todo o sempre.
  2. Assim como um colar de montanhas contorna Jerusalém, a proteção do Eterno envolve Seu povo perpetuamente.
  3. Não permanecerá o cetro dos ímpios com poder sobre a terra dos justos, para que não sejam tentados a se deixar seduzir pela iniqüidade.
  4. Faze o bem, ó Eterno, aos justos e aos retos de coração.
  5. Quanto aos que se desviam para caminhos tortuosos, que o Eterno os conduza junto com todos os malévolos à destruição. E que haja paz sobre Israel.



Salmo 126
A longa missão de Israel no exílio será finalmente completada. Deus nos conduzirá de volta à Terra de Israel, rejuvenescidos física e espiritualmente.
  1. Um cântico de ascensão. Quando o Eterno nos trouxer de volta a Tsión, a nós, seus exilados, nos parecerá estar sonhando.
  2. Nosso semblante então estampará somente alegria e nossa boca vibrará em cânticos. Dirão então todas as nações: “Quão extraordinário é o que fez o Eterno por este povo!”
  3. Imenso será nosso regozijo pelas maravilhas que fará por nós o Eterno.
  4. Traze-nos de volta do cativeiro, ó Eterno, como correntes d’água que se espalham e penetram na terra sedenta.
  5. Certamente os que ora semeiam em lágrimas, hão de chegar à colheita com alegria.
  6. Os que a chorar vêm trazendo as sementes, em júbilo retornarão carregando os frutos da colheita tão esperada.



Salmo 127
Uma pessoa não deve chegar a extremos para prover habitação e sustento para o seu lar, pensando que tem o poder de garantir resultados, pois somente Deus coroa os esforços com êxito. É o que Ele fará para os que Nele confiam, bastando apenas fazer a parte que lhes cabe.
  1. Um cântico de ascensão de Salomão. A não ser que o Eterno edifique a Casa, trabalham em vão os que a querem construir. Se Ele não guardar a cidade, vã será a vigília da sentinela.
  2. Os que retardam seu sono até alta noite, acordam antes do amanhecer e dedicam-se arduamente a ganhar seu sustento, não alcançarão os bens que o Eterno concede aos que O amam, mesmo quando estes estão a repousar.
  3. Quanto a seus filhos, são uma doação do Eterno; sua descendência é a recompensa que recebem.
  4. Como flechas na mão de um guerreiro, assim são os filhos de sua mocidade.
  5. Bem-aventurado o homem cuja aljava deles está repleta! Mesmo por seus inimigos serão respeitados, quando com eles dialogarem junto às portas da cidade.



Salmo 128
Este Salmo apresenta uma descrição do judeu genuinamente justo, reto, temente a Deus e fiel seguidor de Seus mandamentos. Ele experimentará a verdadeira bem-aventurança, não só no mundo vindouro como neste também.
  1. Um cântico de ascensão. Feliz é aquele que reverencia o Eterno e trilha Seus caminhos.
  2. O trabalho de suas mãos proverá seu sustento, feliz será e tudo lhe correrá bem.
  3. Em seu lar, sua esposa será como uma fecunda videira e seus filhos como ramos da oliveira em volta de sua mesa.
  4. Assim será abençoado o homem que reverencia o Eterno.
  5. E lhe dirão: Que de Tsión te abençoe o Eterno e que possas contemplar a prosperidade de Jerusalém por todos os dias de tua vida.
  6. Que alcances a felicidade dos filhos de teus filhos e a paz sobre Israel.



Salmo 129
Decorridos séculos e milênios, Israel lança um olhar retrospectivo para sua história. A capacidade dos judeus sobreviverem a todos os esforços para destruí-los atesta a mão de Deus conduzindo o curso da história de Israel e protegendo os judeus de todos os perigos.
  1. Um cântico de ascensão. Muito me afligiram desde minha juventude - podes declará-lo, ó Israel! -
  2. muito me combateram desde a minha mocidade, mas contra mim não prevaleceram.
  3. Como lavradores que aram a terra abrindo profundos sulcos, feriram-me e quiseram me imobilizar meus inimigos.
  4. Mas o Eterno é justo, e cortou as cordas dos ímpios.
  5. Retrocedam humilhados os que odeiam Tsión!
  6. Sejam como a relva exposta nos telhados, que seca antes mesmo de florescer.
  7. Dela não quer o segador encher sua mão, nem buscá-la quer o atador de feixes.
  8. Os transeuntes não dirão, como diante de belas flores, que “seja sobre vós estendida a bênção do Eterno, em cujo Nome vos abençoamos!”



Salmo 130
Como pode o ser humano atormentado, carregado de culpa por seus pecados, transpor a barreira que percebe separá-lo de Deus? Ele não deve se desesperar. Deus, em Sua misericórdia, procura os filhos perdidos que desejam retornar. Este Salmo é recitado em tempos de crise.
  1. Um cântico de ascensão. Das profundezas do abismo clamo a Ti, ó Eterno!
  2. Ouve minha voz e permita que estejam atentos os Teus ouvidos a meu brado suplicante.
  3. Se mantivesses diante de Ti a imagem de todas as nossas iniqüidades, quem mereceria subsistir?
  4. Mas Tu manténs aberta a porta do perdão, para que possas ser reverenciado com amor e respeito.
  5. Pelo Eterno aguardo esperançoso, por sua palavra de perdão espero, por Ele minha alma anseia.
  6. Mais que o vigia noturno busca a chegada do alvorecer, sim, mais do que ele anseia pelo amanhecer, deseja minha alma o Eterno.
  7. Ó Israel, põe no Eterno toda a tua esperança pois Nele está a benignidade e com Ele vem a redenção.
  8. Certamente Ele redimirá Israel de todas as suas iniqüidades.



Salmo 131
O justo não se torna arrogante por causa de suas realizações, nem com ciúmes dos maiores que ele, porque sabe que todo êxito é concedido por Deus a cada pessoa segundo sua necessidade e sua missão.
  1. Um cântico de ascensão de David. Ó Eterno, não é altaneiro meu coração, nem altivo meu olhar, e não tenho a pretensão de lidar com assuntos que estão acima de minha compreensão.
  2. Sosseguei minha alma para que não fosse soberba, e como uma criança acalentada por sua mãe se sente minha alma.
  3. Espere tranqüilo e confiante no Eterno, ó Israel, agora e por todo o sempre.



Salmo 132
Às vezes, a tarefa de uma pessoa é preparar as bases de um edifício, e não administrar a sua construção. Embora pareça menos glorioso aos olhos humanos, quem desempenha tal missão será devidamente recompensado, e por seu mérito a meta será atingida.
  1. Cântico de ascensão. Lembra-Te, ó Eterno, de David e de todas as aflições que o acometeram.
  2. Como votos solenes e juramentos, fez, ao Eterno, o Poderoso de Jacob, afirmando:
  3. Na tenda em que moro não entrarei , nem em meu leito buscarei repouso;
  4. não concederei sono a meus olhos, nem cerrarei minhas pálpebras
  5. até encontrar um lugar para o Eterno, uma morada digna para o Poderoso de Jacob.
  6. Ouvimos que seria em Efrat, e a encontramos nos campos de Iáar.
  7. Entremos em Seus tabernáculos e prostremo-nos diante da base de Seus pés.
  8. Ergue-Te, ó Eterno, e vem ao lugar de Teu repouso, Tu e a Arca de Tua glória.
  9. Que de justiça se revistam Teus sacerdotes, e de regozijo cantem Teus fiéis.
  10. Por amor a David, Teu servo, não rejeites Teu ungido.
  11. Fez o Eterno a David uma promessa da qual não se retratará: “Um de teus descendentes farei ascender a teu trono.
  12. Se guardarem teus filhos Meu pacto, e Meus mandamentos cumprirem, segundo o que lhes hei de ensinar, também seus filhos, perpetuamente, sentar-se-ão em teu trono.”
  13. Pois o Eterno elegeu Tsión como o lugar preferido para Sua morada, dizendo:
  14. “Aqui para sempre hei de morar, pois esta é Minha escolha.
  15. Abençoarei abundantemente seus suprimentos; fartarei de pão seus necessitados.
  16. Vestes de glória e salvação fornecerei a seus sacerdotes e seus fiéis cantarão em regozijo.
  17. Farei florescer a dinastia de David, e uma luz prepararei para guiar Meu ungido.
  18. Seus inimigos cobrirei de vergonha, enquanto sua coroa farei sempre resplandecer.”



Salmo 133
Como tratou do Templo no Salmo anterior, David continua louvando o idílio que existirá quando os seres humanos viverem juntos como irmãos. e também estiverem unidos em seus corações.
  1. Cântico de ascensão de David. Como é bom e agradável viverem irmãos juntos em harmonia.
  2. É como o óleo precioso que unge a cabeça de Aarão, e do qual escorrem gotas para sua barba e daí para a orla das suas vestes.
  3. É como o orvalho do Hermon que vem cair sobre as montanhas de Tsión, como bênçãos ordenadas pelo Eterno. Sejam elas perpetuadas em sua vida!



Salmo 134
O Salmo anterior descreveu o idílio de uma humanidade cujos membros vivem juntos como irmãos. Aqui, somos provocados a manter nossa pureza espiritual mesmo na melancolia do exílio e dispersão, construindo “casas para Deus” – cumprindo nossa missão como seres humanos – onde e como pudermos.
  1. Cântico de ascensão. Bendizei ao Eterno, todos vós, Seus servos, que permaneceis em Sua casa pelas noites adentro.
  2. Estendei para o Santuário vossas mãos e bendizei ao Eterno.
  3. E que de Tsión vos responda o Eterno, que criou o céu e a terra com Sua bênção.




© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.

A Parashá
ParasháBô
Esta página em outros idiomas