Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato
Shabat, 26 Tevet 5778 / 13 Janeiro, 2018

Tehillim do Dia - Salmos

Tehillim do Dia - Salmos

Capítulo 119, Versículos 97-176

 E-mail
Mostrar conteúdo em:
Verso 97-176
  1. Ah! como são por mim amados Teus mandamentos! Eles são permanentemente o tema de minha meditação.
  2. Eles me tornam mais sábio que todos os meus inimigos, pois sempre os tenho ante mim.
  3. Mais percepção que meus mestres alcancei, pois Teus estatutos vivo a estudar.
  4. Por cumpri-los, alcancei mais entendimento que os anciãos.
  5. Desviei meus passos dos caminhos que conduzem ao mal, para guardar a Tua palavra.
  6. Não me apartei de Teus juízos, pois de Ti os aprendi.
  7. Ó, quão doces são as Tuas palavras ao meu paladar, mais que o mel para minha boca!
  8. Por Teus mandamentos alcanço compreensão; por isso repudio todas os caminhos de iniquidade.
  9. Tua palavra é uma lâmpada para os meus pés e uma luz para o meu caminho.
  10. Jurei, e hei de cumprir, guardar Teus justos decretos.
  11. Sinto-me imensamente aflito; preserva minha vida, ó Eterno, conforme Tua promessa.
  12. Aceita favoravelmente as oferendas de meus lábios e ensina-me Teus juízos.
  13. Em constante perigo está minha vida, mas jamais esqueço Tua lei.
  14. Uma armadilha montaram contra mim os ímpios, mas de Teus preceitos não me afastei.
  15. Eles constituem minha eterna herança e são o deleite de meu coração.
  16. Dediquei-o a guardar com perfeição Teus estatutos, agora e para todo o sempre.
  17. Abomino os homens de coração hesitante, pois à Tua lei dedico totalmente o meu.
  18. És meu refúgio e meu escudo protetor; em Tua palavra deposito minhas esperanças.
  19. Apartai-vos de mim, malfeitores, pois a guardar os mandamentos de meu Deus me dedicarei.
  20. Guarda-me, ó Eterno, conforme Tua promessa, e não permita que seja frustrada minha esperança.
  21. Ampara-me e serei salvo, e com Teus estatutos ocupar-me-ei.
  22. Rejeitas os que de Teus ensinamentos se afastam, porque vivem em mentira e falsidade.
  23. Purgaste da terra como escória todos os ímpios, por isso amo os Teus decretos.
  24. Estremece meu corpo com temor de Ti, e Teus juízos reverencio.
  25. Agi com justiça e integridade; não me abandones na mão de meus opressores.
  26. De Teu servo sê fiador, para que lhe alcance o bem; não permitas que malévolos me oprimam.
  27. Anuviam-se meus olhos na ânsia por Teu socorro, e por Tua promessa de que Justiça será feita.
  28. Dispensa a Teu servo a bondade que Te caracteriza, e ensina-me Tuas leis.
  29. Teu servo sou, dá-me pois inteligência para compreender Teus testemunhos.
  30. É chegado o tempo da intervenção do Eterno, pois eles infringiram Tua lei.
  31. Amo por isso Teus mandamentos, e os valorizo acima do ouro mais puro.
  32. Reafirmo a retidão de todos os Teus preceitos e abomino todas as trilhas da falsidade.
  33. Admiráveis são Teus preceitos e por isto os guarda minha alma com integridade.
  34. A exposição de Tuas palavras ilumina os caminhos e traz inteligência até aos mais ingênuos.
  35. Abri minha boca para aspirá-las, porque por elas anseio.
  36. Volta-te para mim e tem piedade de mim, como fazes com os que amam Teu Nome.
  37. Conduz meus passos por Tua vereda, para que de mim não se apodere iniqüidade alguma.
  38. Livra-me da opressão dos homens e me dedicarei a cumprir Teus preceitos.
  39. Faze sobre Teu servo resplandecer Teu rosto, e ensina-me Teus estatutos.
  40. Derramam meus olhos torrentes de lágrimas por saber que há homens que não guardam Tua lei.
  41. Ó Eterno, Tu és justo, e fidedignos são Teus julgamentos.
  42. Plenos de retidão e fidelidade são os mandamentos que ordenaste.
  43. Meu zelo por eles me faz sentir revolta contra meus opressores, por terem ignorado Tuas palavras.
  44. Tuas palavras são tão puras e o Teu servo as ama.
  45. Mesmo sendo jovem e olhado com desprezo, jamais esqueci Tua lei.
  46. Eterna é Tua justiça e constantes e verdadeiros Teus estatutos.
  47. Angústia e aflição me acometeram, mas Teus mandamentos me confortaram.
  48. Eterna é a justiça de Tuas prescrições; faze-me compreendê-las para que proporcionem vida.
  49. Do fundo do meu coração por Ti clamei; responde-me, ó Eterno, para que eu consiga guardar Teus estatutos.
  50. Invoquei Teu Nome; salva-me para que Teus mandamentos eu cumpra.
  51. Levantei-me antes de amanhecer para implorar a Ti, ansiando por Tua palavra.
  52. Meus olhos se anteciparam às vigílias da noite para que, sobre Teu mandamento, eu pudesse meditar.
  53. Escuta minha voz conforme a Tua bondade; preserva minha vida segundo Teu julgamento.
  54. Perseguidores tramando intrigas de mim se aproximam; distanciados estão de Tua lei.
  55. Tu, porém, estás perto de mim, e verdadeiros e justos são todos os Teus mandamentos.
  56. De há muito sei que estabeleceste Tuas prescrições, para durarem pela eternidade afora.
  57. Vê minha aflição e liberta-me, pois Tua lei não esqueci.
  58. Pleiteia minha causa e traze minha redenção; preserva minha vida conforme Tua palavra.
  59. Longe dos ímpios está a salvação, porque Teus estatutos não buscam cumprir.
  60. Muitas são Tuas mercês, ó Eterno; guarda minha vida segundo Teus julgamentos.
  61. Embora muitos fossem meus opressores e perseguidores, não me desviei de Teus testemunhos.
  62. Enfrentei os traidores que encontrei em meu caminho, porque a Tua palavra não observavam.
  63. Vê como amo Teus preceitos, ó Eterno, e mantém minha vida conforme Tua misericórdia.
  64. Verdadeira é Tua palavra e eternos Teus juízos.
  65. Sem motivo me perseguiram príncipes, mas meu coração temeu somente afastar-se de Tua palavra.
  66. Com ela me alegro, como aquele que acha um tesouro.
  67. Rejeito e abomino a falsidade, e amo imensamente Tua lei.
  68. Sete vezes ao dia Te dirijo meu louvor, pela retidão de Teus julgamentos.
  69. Completa é a paz dos que amam Tua lei, e não há para eles obstáculo intransponível.
  70. Espero por Tua salvação, ó Eterno, e Teus mandamentos tenho cumprido.
  71. Guarda minha alma Teus mandamentos e lhes dedica muito amor.
  72. Tenho observado Tuas ordens e Teus testemunhos, pois perante Ti trilho meus caminhos.
  73. Que Te alcance a melodia de minha prece, ó Eterno; concede-me compreensão conforme a Tua palavra.
  74. Que chegue a Ti minha súplica; resgata-me conforme Tua promessa.
  75. De meus lábios transbordarão louvores, quando me ensinares Teus estatutos.
  76. Minha língua proclamará Teu pronunciamento, pois justos são todos os Teus preceitos.
  77. Que por tê-los escolhido, esteja pronta Tua mão para me amparar.
  78. Anseio por Tua salvação, ó Eterno, e em Tua lei está todo o meu prazer.
  79. Que viva a minha alma para louvar-Te, e que me dêem assistência Teus juízos.
  80. Como uma ovelha perdida estive desgarrado; busca Teu servo, ó Eterno, porque Teus mandamentos jamais esqueci.


© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.

A Parashá
ParasháVaerá
Esta página em outros idiomas