Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato
Para visualizar os horários de Shabat clique aqui para configurar a sua localização

Quarta-feira, 12 Abril, 2017

 E-mail
Pêssach - 2º Dia
Horas haláchicas (Zmanim)
Para visualizar horários haláchicos Clique aqui para configurar a sua localização
Ômer: 1º dia - Chessed sheb'Chessed
Hoje Conte 2
História Judaica

As perversas cidades do Vale de Sodoma, incluindo Sodoma, Gomorra, Admá e Zevoim, foram destruídas como punição de seus pecados. Somente Lot, sua esposa e duas filhas foram salvos. A mulher de Lot, porém, foi transformada num pilar de sal quando deixou de respeitar a advertência Divina de não olhar para trás, para as cidades em chamas.

Em 16 de Nissan do ano 2488 (1273 AEC), seis dias antes de os Filhos de Israel entrarem na Terra Santa sob a liderança de Yehoshua, o suprimento remanescente do miraculoso “pão do céu”, que os tinha sustentado desde seu êxodo do Egito 40 anos antes, terminou. (O maná tinha parado de cair no dia 7 de Adar, data de falecimento de Moshê). Após levar a Oferenda do Ômer ao Santuário que eles erigiram em Gilgal, o povo preparou seu pão (não-fermentado) pela primeira vez com a produção da terra.

No 3º dia do jejum proclamado por Mordechai a seu pedido, a Rainha Ester apareceu sem ser chamada perante o Rei Achashverosh – uma ofensa capital. O rei, no entanto, estendeu seu cetro real para ela, significando seu consentimento para que se aproximasse. Ester pediu que Achashverosh comparecesse a uma festa particular com ela e Haman (segundo uma opinião no Talmud, seu plano era deixar Achashverosh invejoso de sua aparente amizade com Haman, para que ele matasse a ambos, salvando assim o povo judeu do decreto de Haman).

Durante a segunda festa que ela fez para o rei Achashverosh e Haman, a Rainha Ester revelou sua identidade ao rei e começou a suplicar por seu povo, apontando Haman como o perverso que tinha tramado destruí-los. Quando Charvoná, um servo real, mencionou o cadafalso que Haman preparara para Mordechai, o rei ordenou que Haman fosse enforcado nele, abrindo a porta para a salvação dos judeus do decreto de Haman (Livro de Ester, cap. 7).

Leis e Costumes

Nas preces da Tarde, começamos a substituir a frase “Ve ten Berachá” (“E concede bênção..”), no lugar da versão da prece de inverno (“Concede orvalho e chuva...”) na nona bênção da Amidá similarmente ao que ocorre na segunda bênção da Amidá de Mussaf, no primeiro dia de Pêssach.

Amanhã é o 2º dia da Contagem do Ômer. Como no calendário judaico o dia começa ao anoitecer do dia anterior, contamos o Ômer para amanhã hoje à noite, após o anoitecer. "Hoje são 2 dias da contagem do Ômer." (Se você perder a contagem esta noite, pode contar o Ômer durante todo o dia de amanhã, mas sem a bênção precedente).

A Contagem de 49 dias do Ômer refaz a jornada espiritual de sete semanas dos nossos antepassados, do Êxodo ao Sinai. A cada noite recitamos uma bênção especial e contamos os dias e semanas que passaram desde o Ômer; o 50º dia é Shavuot, a festa que celebra a Outorga da Torá no Sinai.

Sefirá desta noite: Gevurah sheb'Chessed – "Restrição na Bondade"

Os ensinamentos da Cabalá explicam que há sete "Atributos Divinos" – Sefirot – que D'us assume para Se relacionar com nossa existência: Chessed, Guevurá, Tiferet, Netzach, Hod, Yesod e Malchut (Amor, Força, Beleza, Vitória, Esplendor, Fundação e Soberania). No ser humano, criado à imagem de D'us, as sete sefirot estão espelhadas nos sete "atributos emocionais" da alma humana: Bondade, Restrição, Harmonia, Ambição, Humildade, Conexão e Receptividade. Cada um dos sete atributos contém elementos de todos os sete – i.e., "Bondade na Bondade", "Restrição na Bondade", "Harmonia na Bondade", etc. – perfazendo um total de quarenta e nove traços. A Contagem de 49 Dias do Ômer é, portanto, um processo de 49 etapas de auto-refinamento, com cada dia devotado à "retificação" e aperfeiçoamento de uma das 49 sefirot.