Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Entre em contato
Para visualizar os horários de Shabat clique aqui para configurar a sua localização

Quarta-feira, 29 Março, 2017

 E-mail
Horas haláchicas (Zmanim)
Para visualizar horários haláchicos Clique aqui para configurar a sua localização
História Judaica

Em 2 de Nissan, um dia após a inauguração do Tabernáculo, Moshê preparou a primeira Novilha Vermelha, a fim de purificar a nação judaica em preparação para a oferenda do cordeiro pascal no recém-erigido Santuário.

Quinto Rebe de Lubavitch, Rabi Shalom DovBer Schneersohn (Rashab), nasceu na Rússia Branca, em Lubavitch em 1860. Após o falecimento do seu pai, Rabi Shemuel (em 1882), ele assumiu a liderança de Chabad-Lubavitch. Famoso por sua mente fenomenal e tratamento analítico do Chassidismo de Chabad, Rabi Shalom DovBer escreveu e pronunciou cerca de 2000 maamarim (discursos de ensinamento chassídico) nos 38 anos de sua liderança. Em 1897, ele estabeleceu a Yeshivá Tomchei Temimim, a primeira instituição de estudo judaico a combinar o estudo do “corpo” da Torá (estudos talmúdicos e legais) com sua “alma mística (os ensinamentos do Chassidismo); foi esta sua yeshivá que produziu o exército de inspirados, devotados e instruídos chassidim que, nas décadas que se seguiriam, literalmente dariam a vida para manter o Judaísmo vivo sob o governo soviético. Em 1915, Rabi Shalom DovBer foi forçado a fugir de Lubavitch por causa da aproximação da Primeira Guerra Mundial, e dirigiu-se à cidade russa de Rostov-sobre-o-Don. Em seus anos finais, começou sua heróica batalha contra os esforços do novo regime comunista para destruir a fé judaica em toda a União Soviética./p>

Rabi Shalom DovBer faleceu em Rostov a 2 de Nissan de 1920. Suas últimas palavras foram: “Estou indo para o Céu; deixo para vocês os escritos.”

Leis e Costumes

Na leitura Nassi de hoje (veja ‘Nassi do dia’) em 1o de Nissan lemos sobre a oferenda levada pelo Nassi da tribo de Issachar, Nethanel ben Tzuar, para a inauguração do Mishcan.